sexta-feira, 12 de outubro de 2012

TEXTO RECUPERADO: SHAMBALA, A RESPLANDESCENTE

de Nicholas Roerich (1874-1947)
tradução: Lygia Cabus


O LAMA E O LAGO

...Sabemos que Pan-chen-rinpoche é muito estimado em todas as partes, em diferentes países, não somente entre os budistas, mas entre povos de muitas nações, temos notado que falam favoravelmente de Sua Santidade. 

Dizem que muito antes de sua partida já estavam traçados, em todos os detalhes, suas futuras viagens. Sabemos que Pan-chen-rinpoche segue os costumes de todos os grandes lamas. Ouvimos falar que ele e seus seguidores escaparam de muitos perigos.

Sabemos que em uma época, seus perseguidores de Lhasa estavam sobre ele quando uma grande nevasca lhes bloqueou o caminho. Em outro dia, Pan-chen-rinpoche chegou a um lago nas montanhas e se viu com um difícil problema. Seus inimigos estavam próximos e, para escapar seria necessário rodear ou transpor o lago. Pan-chen-rinpoche sentou-se a meditar profundamente durante algum tempo. 

Quando se levantou, deu ordens para que, não obstante o perigo, toda a caravana passasse a noite às margens do lago. Foi então que aconteceu o extraordinário: durante a noite o lago congelou-se e cobriu-se de neve. 

Antes do amanhecer, quando ainda estava escuro, o Lama Tashi deu ordens para que sua gente se movesse depressa e cruzou o lago com seus trezentos seguidores, caminhando sobre as águas congeladas, fazendo uma rota mais curta, escapando ao perigo. Quando seus inimigos chegaram ao mesmo lugar o sol estava alto e o calor havia derretido o gelo. Eles teriam de contornar o lago... 


OS HABITANTES DE SHAMBALA

...Os habitantes de Shambahla a vezes "emergem" a este mundo. Se encontram com os auxiliares terrenos de Shambahla. Pelo bem da Humanidade, enviam dádivas preciosas, notáveis relíquias. 

Posso contar muitas histórias dos maravilhosos presentes que receberam através do "espaço". Até mesmo Rigden Gyeppo aparece, em certas ocasiões, em corpo humano. Surge de repente em lugares sagrados, monastérios e, no momento predestinado, anuncia suas profecias. ...


Nenhum comentário:

Arquivo do blog