quinta-feira, 31 de março de 2011

Poltergeist de Conventry: Caso Encerrado



UK – Paranormal: O Caso de Conventry. No dia 29 (março, 2011) o Daily Mail publicou o caso de uma pequena família de Conventry/UK que pedia socorro por contadas pertubarções, fenômenos inexplicáveis e destrutivos que vinham assombrando a casa para qual haviam se mudado, há seis meses.

Mrs. Lisa Manning, relatou ao jornal que tendo colocado câmeras escondidas em toda a casa, conseguiu flagrar a atuação do misterioso agente (veja na reportagem anterior, neste blog). A resposta veio rápido.

Já em 30 de março, dia seguinte à divulgação do apelo, o mesmo Daily Mail publicava outra matéria contando que um famoso ghost-buster, caçador de fantasmas que chegou a ser apresentador de um programa de TV sobre o tema, o Most Haunted, um especialista portanto, Mr. Derek Akorah, 61 anos (em 2011), colocou-se à disposição e foi até Conventry desvendar o caso e eliminar o problema.

Lisa Manning, 34 anos e seus filhos Ellie, 11 e Jaydon, seis anos (foto acima), chegaram a abandonar a residência, no Bairro de Holbrooks, por causa do terror inflingido pelos bizarros eventos que tomaram conta do lugar.

Panelas e outros utensílios eram arremessados das prateliras nas paredes da cozinha, protetores de janelas subiam e desciam sozinhos, luzes acendiam e desligavam sem que ninguém as acionace.

Certa ocasião,a força oculta trancou a família em um aposento. Foram obrigados a sair pela janela, rapidamente, antes que também esta fosse trancada.

Mrs. Manning ,manteve-se cética o quanto pôde mas mudou de idéia quando seu cão de estimação apareceu morto misteriosamente, em outubro de 2010. O animal foi encontrado aos pés da escada, como se tivesse sido empurrado; e não havia ninguém em casa.




Consultaram um padre. Este, aconselhou usarem crucifixos, especialmente depois que a câmera flagrou a ação do intruso invisível. Foi quando Mr. Acorah (foto acima), o caça-fantasmas entrou em campo. Explicou ao periódico The Sun que o poltergeist, freqüentemente, estabelece ligação como campo de energia de uma criança.

Depois de se inteirar dos detalhes do caso, Acorah sugeriu que um espírito irado foi atraído pela menina porque no quarto dela os ataques eram mais freqüentes. Então, naquele quarto, o especialista acendeu três velas e colocou-as no chão. Também usou um conjunto de cristais, que foram dispostos no peitoril da janela.

Fechou os olhos, concentrou-se e, enfim, descreveu o fantasma responsável pelos transtornos: Chama-se Jim. É um homem que está muito, muito irritado. Morreu por volta de 1900 mas nunca passou para o mundo espiritual.

Acorah explicou que o lugar estava limpo. Disse que conseguiu fechar a porta que o espírito utilizava para agir no mundo dos vivos.

Mrs. Manning está confiante. Diz que a casa, agora, é um lugar completamente diferente. Até retirou o pedido de transferência que havia feito à imobiliária Whitefriars. Ela conta: Ele sabia muito sobre o quê vinha acontecendo. Sabia até sobre a morte do cão. Disse que sentiu a presença do homem que esteve aqui e que ele havia ferido o cão. Ele sabia que eu dizia a verdade e foi bom ouvir isso dele.


FONTE: TV ghostbuster Derek Acorah banishes poltergeist 'terrorising' family home (his name was Jim and he died in 1900). IN Daily Mail/UK, publicado em 30/03/2011 [http://www.dailymail.co.uk/news/article-1371477/TV-ghostbuster-Derek-Acorah-banishes-poltergeist-terrorising-family-home.html]




quarta-feira, 30 de março de 2011

Tesouro Histórico: Os Evangelhos de Chumbo da Jordânia



Rolos (de manuscritos), tabuletas e outros artefatos incluindo

um vaso de incenso foram encontrados no mesmo local (acima).


ISRAEL/JORDÂNIA – Há cinco anos atrás (em 2006) um beduíno descobriu ocultos, em uma caverna da Jordânia, um conjunto de estranhos livros. Este beduíno, já instruído sobre o valor daquele tipo de "velharia", manuscritos, escondidos em cavernas do oriente Médio, logo achou comprador para as relíquias: outro beduíno, este, israelense que contrabandeou o material para seu país natal: Israel; e lá o tesouro histórico permanece até hoje.

Ao que tudo indica, os israelenses, muito reservados com os assuntos da tradição religiosa, nunca permitiram que a descoberta destes livros fosse tão alardeada quanto foram as descobertas dos manuscritos de Nag-Hamadi (1945) e do Mar Morto (1947-1956).




Mas o fato é que no passado, o lugar, aquela caverna tinha abrigado cristãos refugiados da queda de Jerusalém, em 70 d.C. São 70 livros. Suas páginas, pouco maiores que um cartão de crédito, são feitas de chumbo e encadernadas com arame (fios de cobre) e sem dúvida seu conteúdo relaciona-se com os primórdios do Cristianismo.

Estão repletos de símbolos, imagens e palavras que parecem referir-se ao Messias, sua crucificação e ressurreição. Por causa de sua austera confecção, posto que parecem ter sido selados, especula-se que os 70 livros poderiam ter relação com o livro dos sete selos mencionado no Apocalipse de João. No caso, cada livro seria um selo.

Testes preliminares determinaram que o metal pertence ao seculo I d.C.. Outros documentos importantes do mesmo período foram encontrados no mesmo local. A estimativa é baseada na análise do grau e modo de corrosão. Se a data estiver correta, Os Evangelhos de Chumbo são anteriores aos escritos de Paulo, o apóstolo tardio.




A expectativa é de este achado possa revelar dados sobre a real biografia de Jesus. Todavia, os peritos são cautelosos porque falsificações refinadas já enganaram cientistas antes. O estudioso britânico de Historia religiosa antiga e arqueologia, David Elkingtom, um dos poucos que examinou os livros, acha que é grande a possibilidade de serem autênticos: A grande descoberta da História cristã.

O professor emérito de estudos bíblicos da Sheffield University, Philip Davies, acredita que são fortes as evidências de que os livros têm origem cristã. Neles, encontra-se, inclusive, um mapa de Jerusalém. Davies relata: Assim que vi, fiquei mudo. Isso me pareceu tão obviamente uma imagem cristã... Há uma cruz em primeiro plano e, por trás dela, um pequeno edifício com uma abertura (o túmulo de Jesus?); ao fundo, um plano geral das muralhas da cidade. Outras páginas reforçam a narrativa de uma crucificação realizada fora dos muros da cidade.


Em meio ao mistério, a própria trajetória dos livros, entre sua descoberta e disponibilização para estudos científicos é incerta. A equipe inglesa que trabalha na investigação sobre a descoberta teme que o "guardião" dos livros, radicado em Israel, seja tentado a vender algumas das peças no mercado negro ou, ainda, que possa danificá-los ou destruí-los. Mas o guardião não nomeado nega qualquer risco e afirma que os códices de chumbo estão com suafamília a 100 anos!

No entanto, os estudiosos nem começaram a vislumbrar as revelações dos 70 livros e eis que emerge uma querela sobre seu paradeiro, o lugar exato e data de sua descoberta e sua pátria de direito. Supondo que estejam em Israel ou sob sua custódia, ocorre que o governo da Jordânia está negociando nas altas esferas para repatriar as peças.


FONTE: MACRAE, Fiona. Could this be the biggest find since the Dead Sea Scrolls? Seventy metal books found in cave in Jordan could change our view of Biblical history. IN Daily Mail/UK, publicado em 30/03/2011 [http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-1371290/Could-biggest-Dead-Sea-Scrolls-70-metal-books-cave-Jordan-change-view-Biblical-history.html]


terça-feira, 29 de março de 2011

Suspeita de Poltergeist em Coventry/UK




UK – Na cidade de Conventry, uma família acredita que sua casa está sendo assombrada. Lisa Manning alugou a propriedade há seis meses. Mudou-se, então, com seus filhos, Ellie, onze anos e Jaydon, de seis. Desde então, segundo estes novos moradores, têm havido uma série de acontecimentos inexplicáveis.

Na esperança de desvendar o mistério, Mrs. Manning instalou câmeras escondidas em todos os cômodos. Uma dessas câmeras, enfim, registrou o movimento anormal. No quarto, aparentemente vazio, a porta abre-se sozinha e uma poltrona movimenta-se por si mesma.

É uma seqüência bem curta e, evidentemente, os especialistas de plantão já estabeleceram que que as imagens são meros truques. Realmente, este tipo de filme sempre suscita dúvida. O YouTube está repleto de vídeos que são descritos como registros de algo sobrenatural. O filme da família Manning pode ser apenas mais um. Questiona-se: se os fenômenos são tão freqëntes, Hell! – por quê as outras câmeras também não captaram outros flagrantes?


FONTE: Terrorised family capture 'poltergeist' on camera. IN Telegraph/UK, publicado em 29/03/2011 [http://www.telegraph.co.uk/news/newstopics/howaboutthat/8414540/Terrorised-family-capture-poltergeist-on-camera.html]



Maias: A Estela Seis


Monumento maia semelhante a Estela 6 este, exibido no Parque Museu La Venta


MÉXICO – Recentemente, foi divulgada a descoberta, em Tabasco (um dos 31 estados mexicanos. Capital: Villahermosa) de uma supostamente nova peça arqueológica maia: a Estela nº 6, uma pedra profética que conteria informações sobre sinais do fim do mundo.

Os midia anunciaram o fato mas, na verdade, a Estela nº 6 foi encontrada em 1958, nas colinas Tortuguero, em Macuspana. Hoje, está sob a tutela do Museu de Antropologia e História Carlos Pellicer Câmara. A peça jamais foi exibida ao público.

A Estela, que não é uma objeto único mas, um monumento, é o único documento maia do período clássico que se refere especificamente à data 13.0.0.0.0.0 4 Ajaw K'ank'kin 3, significando o equivalente a 21 ou 23 de dezembro de 2012. Por isso, muitos consideram a Estela nº 6 como portadora de uma profecia do fim do mundo.

Todavia, segundo o diretor do acervo iconográfico e hieroglífico Maia (Ajimay-INAH): O que sabemos é que, de acordo com os Maias, é que a Estela indica o fim de um período e não o fim do mundo ou o advento de uma catástrofe.


FONTE: GARCIA, Flor. Estela 6 marca el fin de un periodo. IN Tabasco Hoy, publicado em 28/03/2011 [http://www.tabascohoy.com/noticia.php?id_nota=209840]



Ecumenismo Radical: Congresso de Ocultistas na Catedral


Inglaterra/UK – Em maio, dia 02 (2011) – acontece o festival Spirit of Life, reunindo cartomantes, videntes quiromantes, bolas de cristal, sensitivos, mestres, gurus, todos eles com suas tendas e também workshops, oficinas sobre anjos, massagem oriental, meditação, interpretação de sonhos e até um vigário cuspidor de fogo etc.. O festival de clara temática esotérica new-age será realizado no interior da Manchester Cathedral, sob os auspícios da Igreja Anglicana, Inglaterra.

O evento é polêmico. Em Manchester, os líderes anglicanos decidiram apoiar e hospedar o festival na histórica catedral como uma tentativa de abraçar formas alternativas de cristianismo. O bispo de Manchescter, reverendo Nigel McCulloch, disse que queria celebrar todas as formas de espiritualidade.

Enquanto a evasão dos fiéis cresce na Igreja Católica (Vaticana) por conta do alegado anacronismo de certas tradições, movimento semelhante e contrário ocorre com a Igreja Anglicana. Os protestantes tradicionalistas ingleses, considerando que os Anglicanos afastaram-se demasiado da tradição, retornam ao cristianismo católico apostólico romano como reação (contrária) às concessões recentes de sua antiga Igreja como: ordenação de padres homossexuais e mulheres.

O fato é que Igreja Anglicana está com problemas. Os atendimentos caíram pelo sexto ano consecutivo; as solicitações de casamento (na fé anglicana) também. Neste cenário, a atitude do bispo de Manchester é ainda mais controversa. Ele escolhe contrariar ainda mais o tradicionalismo. O reverendo Nigel insistiu e argumentou que as atividades do festival não são incompatíveis com a fé cristã. Ele diz:

O evento é uma oportunidade para descobrir e explorar antigas e bovas tradições espirituais cristãs, destacando a vida em comunidade, a comunidade da oração diante das imagens, um resgate do espírito franciscano à espiritualidade na música contemporânea. Praticantes de diferentes manifestações da essência cristã estão reunidos para compartilhar seu modo de experiência com Deus. Os ingressos custam 5 libras com entrada franca para menores até 12 anos. Realmente, Meditemos...


FONTE: Church of England row as cathedral opens doors to tarot card readers and crystal healers in 'new age' festival. IN Daily Mail, publicado em 28/03/2011 [http://www.dailymail.co.uk/news/article-1370694/Church-England-row-cathedral-opens-doors-tarot-card-readers-crystal-healers-new-age-festival.html]



segunda-feira, 28 de março de 2011

Lendas da Arte

Histórias de tesouros artísticos perdidos já fazem parte do imaginário (e de um certo folclore) da cultura contemporânea/pós-moderna. 

Obras, entre pinturas, esculturas, manuscritos, etc., que desapareceram; outras que são encontradas nos lugares mais inesperados, peças originais que foram confundidas artesanato vulgar até serem reconhecidas em um bazar qualquer por um especialista, são episódios que fascinam os curiosos e aguçam a cobiça de caçadores dessas preciosidades.

O caso Painel Chinês (publicado abaixo) e outros semelhantes têm sido noticiados e são mais freqüentes do se imagina. Eis duas dessas ocorrências registradas recentemente:




O CASO DO VASO CHINÊS

Em fevereiro de 2011, outra peça da arte chinesa virou notícia ao ser vendida em um leilão, realizado na pequena Casa Bainbridge de Ruislip – Reino Unido, por mais de 82 milhões de dólares (mais de 136 milhões de reais). O preço foi recorde. É um vaso, 41 cm de altura, face dupla que, tal como painel de seda, é da dinastia Qianlong, datado do século XVIII (anos 1700)

Sua existência permaneceu ignorada por quase um século. Estava perigosamente mal guardado, como uma quinquilharia, no alto de uma estante velha e vacilante, em uma casa no subúrbio de Middlesex. Foi achado ao acaso.

O dono da casa morreu. Seus herdeiros, não identificados para os midia, encontraram o objeto enquanto faziam uma faxina no imóvel. Parecia chinês. Supuseram então que tivesse sido, mesmo, comprado na China porque o falecido, amigo da família, era conhecido por ser um tipo explorador que tinha, de fato, visitado a China nos anos de 1930.

Identificado o valor do vaso, a peça foi à leilão alcançando aquele astronômico valor. Dizem que foi uma disputa acirrada. O leiloeiro foi tão enérgico para conseguir encerrar os lances que o martelos espatifou-se em pedaços.

Enfim, o vaso foi comprado por chinês que, como sempre, preferiu manter-se em anonimato. O episódio parecia esgotado mas... Depois da venda, rumores maldosos começaram a circular. O dinheiro... jamais chegou às mãos dos até então sortudos herdeiros.

O chinês teria dado o calote; ou não, o chinês não deu nem dinheiro nem calote. Sumiu sem levar o vaso. Não tardou para que surgisse a especulação inevitável: o vaso seria falso; era bom demais... Alegando sigilo profissional, o leiloeiro Bainbridge recusa dar qualquer informação. Os herdeiros não querem aparecer e a verdade, ninguém sabe.


O CASO DO CEZANNE PERDIDO



2007. Um apreciador da arte (e das pechinchas das lojas de objetos usados) compra um quadro em um brechó em Northamptonshire (Inglaterra, como em uma aventura de Agatha Christie...). 

A peça estava muito suja, coberta por uma grossa camada de poeira sedimentada na umidade dos tempos. Mas, ele achou a moldura bonita. Pagou 100 libras.

O objeto, uma compra sem importância, ficou encostado durante vários anos. Em 2010, o proprietário comprou uma máquina fotográfica digital e resolveu fazer fotos do quadro. Era sábado, 18 de março. 

A tela estava firme, presa nas bordas. Cuidadosamente, ele removeu as décadas de sujeira ali depositadas. Depois disso, olhando a paisagem, reparou em certas marcas; assinatura do artista, possivelmente.


Parecia algo familiar. Ele comprou um livro sobre a arte da pintura pós-impressionista e descobriu a marca semelhante nos trabalhos de Cezanne (1839-1906). Era algo de muito excitante. Enfim, fez fotos da tela e enviou cópias para especialistas. Fez mais: na segunda-feira – dia 20 (março, 2011), levou a peça até a Casa de Leilões Wilford Wellingborough.

O proprietário, Tim Conrad (foto acima), cético à princípio ficou mais interessado assim que viu a tela:  

Os traços parecem com os primeiros trabalhos de Cezanne, que eram (representações) de cenas rurais, como este e era comum ele usar uma variedade de estilos de assinaturas. Aconselhei o dono a ver um especialista o mais rápido possível. É uma pintura refinada e se for autêntica (um autêntico Cezanne) o impacto (da sua descoberta) seria enorme. Estamos falando de 40 milhões de libras (mais de 100 milhões de reais, mais de 60 milhões de dólares), se não mais. Seria um grande acontecimento no mundo da Arte.

O quadro mostra uma paisagem: uma casa com telhado laranja ao lado de um rio e rodeada de árvores. Sob o nome, a assinatura rabiscada, está anotado o ano de 1854.

Peritos dizem que pode ser, de fato, um Cezanne pertencente a um período inicial da criação do artista. Na época, ele seria um aprendiz de 15 anos. Algumas fotos foram enviadas para a National Gallery. O dono do quadro tem, agora, uma reunião com curadores mas o porta-voz da galeria prefere não comentar o assunto.

FONTES:
BLOXHAM,Andy. Mystery over record sale of £51m Chinese vase. 
IN Telegraph/UK, publicado em 28/02/2011. [http://www.telegraph.co.uk/culture/art/artsales/8350376/Mystery-over-record-sale-of-51m-Chinese-vase.html]  
COHEN, Tamara. Bought for £100 from a junk shop, this painting could be a £40m Cezanne! 
IN Daily Mail/UK, publicado em 25/03/2011 
[http://www.dailymail.co.uk/news/article-1369520/Cezanne-painting-worth-40m-bought-man-liked-frame.html?ito=feeds-newsxml]

domingo, 27 de março de 2011

Milhões de Dólares: A Preciosa Arte Chinesa


O painel: milhares de soldados pintados em miniatura. Foto: AP


FRANÇA/CHINA – Um painel gigante, em seda, acondicionado em rolo foi vendido na França por 19 milhões de libras (mais de 30 milhões de dólares). A peça, encontrada em um sótão, em Paris, foi vendida em Tolouse (cidade do sudoeste da França) pelo leileiro Marc Labarbe.

A pintura faz parte de uma série. São quatro painéis que reproduzem cenas de manobras militares. Esta, retrata a revista em uma tropa chinesa do século XVIII (anos 1700). O trabalho, minucioso, mobilizou 20 mil homens em sua produção.

Um colecionador de Hong Kong, que preferiu o anonimato, fez o lance vencedor após uma guerra de ofertas entre sete pessoas. A tela de seda possui 79 metros de comprimento. Pertence à época do imperador Quianlong e foi pintada por volta de 1748.

Sobre os outros painéis, sabe-se que um está no Museu do Palácio de Pequim e outro foi leiloado, em 2008, na Sotheby's, em Hong Kong; este último, foi arrematado por 67 milhões e 860 mil dólares.


FONTE: Giant silk China scroll sells for over £19 million.
IN Telegraph/UK, publicado em 27/03/2011
[http://www.telegraph.co.uk/news/newstopics/howaboutthat/8409647/Giant-silk-China-scroll-sells-for-over-19-million.html]




O Dragão Olmeca



Ícone. Desenho olmeca. Dragão entalhado na pedra encontrado em Chalcatzingo (Foto: INAH)


MEXICO – Em Vera Cruz, Guerreros e Morelos (estados do México), o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH), arqueólogos encontraram representações de um seres míticos que, até então, acreditava-se serem ignorados na região: dragões.

Imagens talhadas na pedra, pinturas e esculturas de barro datados entre os anos 1200 e 400 antes de Cristo indicam a prática de um culto de aforação a esse fantástico animal: o dragão olmeca. Não há equívoco. Não se trata da conhecida serpente emplumada chamada Quetzalcóalt ou Kukulkán. É uma outra criatura muito mais antiga.

O dragão olmeca é figurado como uma quimera, misturando características físicas serpente, ave e jaguar. Também aparece antropomorfo, como homem-dragão.

As imagens têm traços peculiares à cultura olmeca: as sombrancelhas em forma de chama e uma cruz, a chamada cruz de Santo André localizada entre os olhos ou no dorso. A responsável pelas escavações, no sítio de Chalcatzingo, em Morelos, Carolina Meza Rodriguez acrescenta: Outro aspecto interessante do dragão Olmeca é que de sua boca saem signos, combinações de vírgulas. Não se sabe se os sinais representam meros vapores ou se são palavras, nomes de uma linguagem e escrita desconhecidas.

Os dragões olmecas estão sempre relacionados com entradas de cavernas. Especula-se que sejam símbolo de poder de uma antiga linhagem de líderes que governaram o povo olmeca entre os anos de 800 e 500 a.C. Em alguns casos, os elementos iconográficos associados ao dragão são encontrados em diferentes pontos de uma caverna de tal modo que, toda a câmara se converte em um dragão. Os olmecas são o mais antigo povo de cultura sedentária da Mesoamérica do qual se tem registro




FONTE: CRUZ, Antimio. Los Olmecas también imaginaron dragones. IN El Universal/Mexico, publicado em 27/03/2011 [http://www.eluniversal.com.mx/cultura/65110.html]



As Árvores-Casulo do Paquistão


PAQUISTÃO – Neste país, para escapar da morte certa nas águas das enchentes, ocorridas em 2010, milhões de aranhas refugiaram-se nas árvores. 

A migração resultou em um curioso 'efeito colateral'. As aranhas, em sua atividade incessante, cobriram as copas com suas teias conferindo um aspecto de casulo gigante às árvores. Algo entre o belo e o macabro.

Em Sindh, região sudeste do Paquistão, os moradores afirmam que jamais viram esse tipo de fenômeno mas notaram que a presença das aranhas, predadoras de insetos, diminuiu significativamente a população dos nefastos mosquitos transmissores de malária, que certamente iriam proliferar nas águas paradas que ficaram empoçadas depois da enchente.


FONTE: The ghost trees of Pakistan: Spider webs cocoon branches in creepy after-effect of floods. IN Daily Mail/UK publicado em 26/03/2011 [http://www.dailymail.co.uk/news/article-1370181/The-ghost-trees-Pakistan-Spider-webs-cocoon-branches-creepy-effect-floods.html]

sábado, 26 de março de 2011

Trabalho Dormindo


IMAGEM. Retirada do vídeo de monitoramento do sono feito pelos pesquisadores da Université Pierre et Marie Curie-Pari: durante o sono, esta mulher repassa ou ensaia os movimentos com braços e mãos de uma coreografia que estuda durante o período de vigília.

FRANÇA – Pesquisadores da Université Pierre et Marie Curie-Paris confirmam o que o senso comum nos sussurra. Durante o sono, ou ao menos durante parte do período de sono, o corpo ocupa-se em 'repetir' padrões de comportamento aprendidos e/ou praticados em vigília; e os cientistas referem-se a atitudes físicas mesmo, e não somente experiências psicológicas, intelectuais, emocionais.

A pesquisa investiga, monitorando, a atividade cerebral enquanto uma pessoa dorme. Porém, além dos registros gráficos, movimentos corpóreos acontecem. O grupo estudado é composto por indivíduos que sofrem das chamadas desordens do sono. Nestes casos, é comum encontrar pessoas que se movem muito enquanto dormem.


O grupo de teste foi submetido à prática de certas tarefas em vigília. Enquanto dormiam, monitoradas, observou-se que moviam-se, na cama, repetindo os gestos praticados nas tarefas. Em medicina do sono o fenômeno é chamado replay: o cérebro repete as ações do dia durante o sono.

O resultado mostra porque o repouso pode não ser tão repousante quanto se espera e que o repouso pode não ser exatamente aquilo que se pensa: dormir não é um fazer nada... Também explica porque o sono é tão importante em processos de aprendizado, seja lá do quê for.

A evidência mostrou que a atividade do cérebro durante o sono é muito semelhante ao que acontece quando alguém, desperto, está com sua atenção voltada ao aprendizado de alguma coisa. Em vigília, os indivíduos apertavam botões coloridos correspondentes aos apresentados em um monitor de TV. 

Depois, simulavam a tarefa deitados, acordados, na cama. No monitoramento do sono, em muitos casos, as pessoas repetiram os gestos exigidos no teste. Um video da experiência, gravado em 21 de março (2011) mostra uma mulher que reproduz com precisão os movimentos praticados.

Os pesquisadores concluíram: As descobertas representam a primeira demonstração direta inequívoca de repetição comportamental evidente de uma habilidade recém-adquirida durante o sono humano. [São]... informações muito valiosas sobre os processos cognitivos e motores que ocorrem durante o sono... SABEDORIA MILENAR: Eu não durmo demais e trabalho de menos. Eu trabalho dormindo. Meditemos...

FONTE: 
Can you dance in your sleep? French research video shows woman 'replaying' her day's activity in bed.
 IN Daily Mail/UK publicado em 26/03/2011
[http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-1370005/Can-dance-sleep-French-research-video-shows-woman-replaying-days-activity-bed.html]

domingo, 20 de março de 2011

Mundo Condenado: Mensagem de SOS Extraterrestre Foi Enviada Há 80 Mil Anos



UK/USA/CHILE – Um dos documentos referentes a OVNIs e alienígenas, até recentemente secretos e agora liberados pelo ministério da Defesa Britânico registra que extraterrestres enviaram um pedido de socorro à Terra há 80 mil anos. O documento informa que em 1998 a NASA detectou este sinal de socorro proveniente de um planeta, situado além da Via Láctea (galáxia onde fica a Terra). Era um planeta condenado e seus habitantes sabiam do fim próximo daquela civilização.

Na época, a revista Weekly World News publicou um artigo sobre o caso (foto). Durante vários meses, especialistas teriam tentado decodificar a mensagem, baseada em uma linguagem matemática. Porém, somente agora (em 2011) radio-astrônomos e outros cientistas versados em criptografia encontraram a chave do código que está permitindo a tradução do pedido de ajuda.

O cientista espacial russo Victor Kulakov diz que o sinal veio da galáxia conhecida como Andrômeda e foi enviada por seres que deveriam pertencer a uma civilização não muito mais avançada do que a atual Humanidade que habita a Terra.

Kulakov explica:O simples fato de sermos capazes de receber e decodificar a mensagem prova que seus conhecimentos e tecnologia (daqueles extraterrestres) eram possivelmente de nível semelhante ao nosso, atualmente. Apesar de ainda termos anos de estudo pela frente (até entender precisamente o conteúdo da mensagem) podemos já dizer, com certeza, que o fim daquela civilização não se daria por conta de uma catástrofe cósmica. Seria resultado da utilização de tecnologias de produção de energia nuclear.

Kulakov recusou-se a fornecer a transcrição na íntegra do que se obteve até agora sobre o conteúdo da mensagem mas adiantou que começa com o pedido de socorro: Ajudem-nos. E acrescenta que – (na mensagem) uma alusão muito clara a devastação apocalíptica, explosões, mortes, doenças. Os autores da mensagem também parecem assumir a culpa pela situação e, ao que tudo indica, não havia meios para evacuar a população.

Embora possuíssem tecnologia para viajar pelo espaço interplanetário, essa tecnologia era muito limitada para uma empreender a fuga em massa do planeta. Eles estavam presos em seu mundo condenado, concluiu Kulakov. SABEDORIA MILENAR: Tenha medo...

FONTE: Extraterrestres nos mandaron una señal de socorro hace 80 mil años...
IN Quinta Interior/CHILE, publicado em 19/03/2011
[http://www.quintainterior.cl/joomla/tendencias/de-otro-mundo/3879-extraterrestres-nos-mandaron-una-senal-de-socorro-hace-80-mil-anos-y-recien-hoy-nos-damos-cuenta]



sábado, 19 de março de 2011

Guitarra Fantasma



UK/USA – É uma guitarra invisível: não tem corpo nem cordas mas, como uma assombração o som pode ser ouvido. Essa guitarra-fantasma assombra... ou, mais precisamente, mora em uma camiseta. Com design da Fauvel-Khan, projeto executado por dois engenheiros da Swansea University (UK), a invenção, que pode tomar a identidade de uma Fender ou uma Gibson é, de fato, uma peça de vestuário que se transforma em instrumento musical com o auxílio de um computador e um software.

A guitarra fantasma é acionada por uma tecnologia que confere sensibilidade a um código de barras implantado na camiseta, camuflado por uma estampa. O código é equipado uma micro-câmera que capta os movimentos das mãos do usuário movimentando-se por cima da imagem ou símbolo. O software traduz os gestos em sons; sons de guitarra. O programa ainda grava e avalia, em pontos, o desempenho do guitarrista.




Um concorrente da promoção que lançou
a banda The Last Republic e sua
performance no Campeonato da The Air Guitar


À princípio, a idéia foi desenvolvida pelas empresas Lucas Khan e Warren Fauvel para ser usada como um elemento de promoção da banda The Last Republic. Porém, a iniciativa ganhou outras proporções quando a Guitarra Fantasma ou Air Guitar foi selecionada para participar do evento Accelerator SXSW, que acontece esta semana (segunda quinzena de março, 2011) em Austin, Texas (USA), concorrendo na categoria Tecnologias Relacionadas à Música.

FONTE: SLACK, Chris. Are you a guitar hero? Then try the T-shirt you can play.
IN Daily Mail/UK, publicado em 17/03/201
[http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-1366556/Air-guitar-T-shirt-shortlisted-award-prestigious-American-music-festival.html]



sexta-feira, 18 de março de 2011

História de Pirata – O Navio do Barba-Negra


USA Em 1996, no litoral do estado norte-americano de Carolina do Norte, em águas rasas, 25 metros de profundidade e a menos de uma milha e meia da costa, arqueólogos encontraram restos de uma antiga fragata. 

Datada em quase 300 anos e embora sua identificação fosse incerta, estudos preliminares indicavam que a nave naufragada poderia ser a infame Queen Anne's Revenge (Vingança da Rainha Anna) que, no passado, nos tempos da pirataria teria sido capitaneada pelo não menos infame pirata Barba Negra.

Apesar da importância do achado, o navio continuou oficialmente intocado até muito recentemente. Há muito tornara-se habitação de polvos e moréias que fazem toca nos canhões, alguns ainda carregados. 

Assim como em países como o Brasil, também lá, nos Estados Unidos, a burocracia atrasou quase que indefinidamente o trabalho de arqueólogos marinhos e historiadores.

Finalmente, em 2010 as pesquisas e resgates tiveram início. Com a análise de apenas 50% dos objetos agora já recuperados, os estudiosos estão cada vez mais convencidos de que o navio naufragado na Carolina do Norte é, realmente, o Queen Anne's Revenge que aterrorizou o Caribe e chegou a bloquear o porto de Charleston, na Carolina do Sul, um assédio que pôs fim à trajetória da nau pirata, que encalhou em águas próximas em junho de 1718.

Mike Daniel, um bem sucedido caçador de tesouros, foi o primeiro a localizar o navio. Em 1972, ele ajudou a encontrar o Nuestra Señora de las Maravillas, um galeão carregado de ouro e pedras preciosas que naufragou nas Bahamas em 1656. 

Atualmente, a pesquisa sobre a misteriosa nave vem sendo dirigida por Wendy Welsh, do Queen's Anne Revenge Conservation Laboratory, em Greenville, Carolina do Norte.




Barba-Negra (1680-1718), notório pirata inglês, nasceu Edward Teach, provavelmente na cidade de Bristol. Sua vida é cercada de incertezas, a começar por sua data de nascimento e seu sobrenome. 

Foi chamado Teach mas, também, Thatch Thack, Thatche, etc.. Há quem diga (historiadores) que chama-se, na verdade Edward Drummond. Os piratas costumavam trocar de nome quando ingressavam no "negócio".

Biógrafos acreditam que sua trajetória como homem do mar começou nos últimos anos do século XVII (anos de 1800), quando ele contava com pouco menos de 20 anos de idade.

Na época, Bristol era um importante porto internacional e dali partiu o jovem Edward para suas primeiras aventuras oceânicas; no mar do Caribe, em um navio mercante.

Familiarizado com os piratas que dominavam a ilha de New Providence (Flórida, USA), consta que E.Teach tornou-se pirata quando resolveu engajar-se na tripulação do Capitão Benjamin Hornigold, veterano famoso, em 1716. 

No ano seguinte, o Barba-Negra já estava no comando de sua própria tripulação em seu próprio navio, um veleiro capturado em batalha; continuava associado ao Capitão Benjamin Hornigold.


Ainda em 1817, Barba-Negra assumiu o comando do Revenge. O navio pertencia a Stede Bonet, de família rica, que tornou-se pirata mas não conseguia controlar uma tripulação. 

À pedido de Bonet, a missão do Barba-Negra era fazer o Revenge funcionar como navio pirata. O Barba-Negra tinha, agora, uma flotilha com três navios. Mas este não é o Revenge que foi encontrado na Carolina do Norte.

Aquele que Barba-Negra batizou como Queen Anne's Revenge foi uma de suas inúmeras presas de combate. Um navio que antes de ser re-batizado pelo pirata, chamava-se La Concorde Saint-Malo e era um tumbeiro, navio negreiro. A "carga" foi libertada. O Queen Anne's Revenge era equipado com 40 canhões.

Naqueles dias falava-se de um possível perdão real para todos os piratas. O Barba-negra sumiu. Suas atividades no final de 1717 e começo de 1718 são um mistério. Ataques aqui e ali eram atribuídos a ele. O Queen Anne's Revenge acabou seus dias de aventura antes da aposentadoria de seu capitão. Não foi capturado nem sucumbiu à batalha. 

Em 1718, encalhou em banco de areia na costa da Carolina do Norte. Seu mastro quebrou, sua estrutura foi irremediavelmente danificada. Não havia mais nada a fazer. O navio foi abandonado. Submergiu e oculto pelo tempo que passa nas águas, pelos detritos, planctôns e cracas, assim ficou até ser redescoberto na década de 1990.

Em junho de 1818,o Barba-Negra aceitou o perdão real e abandonou a pirataria...Tornou-se...corsário! Ou seja, um pirata quase legalizado à serviço da coroa britânica

O Barba-Negra morreu pirata, em 1718, abatido por numerosos inimigos em uma batalha. Em seu corpo, o tenente Maynard, seu oponente, constatou não menos que cinco ferimentos por arma de fogo e cerca de vinte facadas. O pirata foi decapitado e sua cabeça foi pendurada no mastro da corveta Pérola, capitaneada por Maynard.

FONTE: Did Archaeologists Uncover Blackbeard's Treasure? 
IN SmiyhsonianMagazine, publicado em março de 2011
[http://www.smithsonianmag.com/history-archaeology/116113854.html]

quinta-feira, 17 de março de 2011

OVNIs Gigantes Aproximam-se da Terra


imagem meramente ilustrativa


REPÚBLICA DOMINCANA – Três objetos voadores não identificados de grandes dimensões estão se movimentando rapidamente em rota de aproximação com a Terra. A informação foi divulgada pelo astrofísico Craig Kasnov, que participa do projeto SETI – Search for Extraterrestrial Intelligence. Nas palavras de Kasnov: Alguns objetos de grande tamanho estão aproximando-se da Terra rapidamente.


Craig não está sozinho: em publicações ufológicas e conspiracionistas, outros participantes do SETI asseguram que os objetos são absolutamente reais. Os pesquisadores alegam que têm acompanhado a movimentação desses OVNIs há oito meses. Quanto à NASA e outras agências espaciais governamentais, estariam, como sempre, ocultando os fatos da população.


Todavia, Kasnov afirma que qualquer um pode comprovar o evento visitando o site sky-map.org, introduzindo as seguintes coordenadas, poderá ver os objetos:

Objeto 1: 19 25 12 -89 46 03

Objeto 2,cilíndrico: 16 19 35 -88 43 10

Objeto 3, circular: 02 26 39 -89 43 13

Somente um desses objetos tem um comprimento de dezenas de quilômetros. A chegada à órbita terrestre, calculada pelos cientistas, deve ocorrer em meados de Dezembro de 2012. A data coincide com profecias Maias.


SIBÉRIA – E, ainda: recentemente, na Sibéria, na sexta-feira, 4 de março de 2011, ufólogos registraram um avistamento surpreendente. Um OVNI rasgando os céu a uma velocidade em torno de 9 mil e 600 quilômetros por hora. Os pesquisadores destacam que o evento aconteceu sete dias antes do grande terremoto que atingiu o Japão (em 11/03/2011).

Sobre o terremoto, Ufólogos e esotéricos estão atentos: segundo o geofísico Kenneth W. Hudnut da USGS (United States Geological Survey), o sismo e seus subseqüentes, não só alterou a inclinação do eixo da Terra em 10 centímetros mas, também, propagou-se até a China a uma velocidade de 2,4 metros por segundo e, por conta disso, os dias do planeta, agora, estão um pouco mais curtos. Os Maias prognosticaram essas coisas e outras mais, como as tempestades solares. Seriam os sinais, o preâmbulo do fim da presente Humanidade. Se a profecia está se realizando então, de um ponto de vista bem realista, não há muito o que as formigas humanas possam fazer senão o desfecho do inevitável salve-se quem puder. Meditemos...

Obs. desta Editoria: Esta matéria foi publicada em jornal da República Dominicana. Este blog não se responsabiliza pela veracidade ou não e pelo espantoso das informações divulgadas.

FONTE: MATOS MEJÍA,Luis Hernán. Objetos gigantes se aproximan a la tierra.
IN Massacre.Com/Rep. Dominicana, publicado em 16/03/2011
[http://new.elmasacre.com/?m=opinion&s=opinion&articulo=8412]






quarta-feira, 16 de março de 2011

Nuvem Encantada



Foto: Oleg Bartunov/CATERS. Amplie a imagem aqui.

NEPAL – É um deva, um djin, um anjo talvez; uma deusa! É uma nuvem "encantada". Parece uma criatura sobrenatural feita de luzes multicoloridas reclinada sobre a cordilheira das montanhas Himalaias. Repousa, indiferente às tragédias humanas. A imagem foi capturada pelo astrônomo Oleg Bartunov durante a expedição que realiza na região do monte Everest, Nepal. Aqui, os cristais de gelo suspensos na nuvem, prismáticos, atravessados pela luz branca, criaram essa imagem multicor e extremamente brilhante bem mais excêntrica que um mero arco-íris. Maravilha da Natureza; artes dos Silfos...

FONTE: Telegraph: Pictures of the day: 16 March 2011
[http://www.telegraph.co.uk/news/picturegalleries/picturesoftheday/8385223/Pictures-of-the-day-16-March-2011.html]



terça-feira, 15 de março de 2011

Hong Dong, um Cachorro Caro, Muito Caro



CHINA-TIBETE – Os Mastiffs tibetanos (Do-khyi, no Tibete ou Mastim Tibetano, em português) são cães de guarda de grande porte e podem ser muito ferozes. Durante séculos foram utilizados como vigilantes de acampamentos de nômades e mosteiros. Acredita-se que raça seja uma das mais antigas do mundo e, segundo a lenda, Gengis Khan e o próprio Buda Sakyamuni tinham seus Mastiffs.

Mais recentemente, os Mastiffs tornaram-se símbolo de status social. Na China, atualmente muito valorizados, são procurados pelos novos ricos. Eles são considerados uma raça pura chinesa e raramente são encontrados fora do Tibete. Os preços dos Mastiffs tibetanos dispararam. Um filhote deles que custava cerca de 5 mil yuans (em torno de 1 mil e 300 reais) há cinco anos atrás hoje, vale centenas de milhares ou mesmo milhões de yuans.

Big Splash ou Hong Dong, em chinês [foto], tem 11 meses de idade e pesa mais de 81 quilos. Segundo seu criador, Lu Liang que é diretor do Tibetan Mastiff Garden, em Laoshan, próximo à cidade chinesa de Qingdao, Hong Dong é um espécime perfeito. Ele tem genes excelentes e vai ser um cão muito bem adextrado. Quando comecei este negócio, há dez anos, nunca pensei que (estes cães) alcançariam esse preço.

Hong Dong já tem dono. Ele foi comprado por 10 milhões de yuans, mais de dois milhões e meio de reais. O comprador, cujo nome não pôde ser revelado, é um milionário da mineração de carvão do norte da China. Hong Dong pode produzir lucro sobre o preço de seu custo em poucos anos: alugado para procriar, logo, seu dono poderá cobrar até 100 mil yuan ou 25 mil reais por cada inseminação bem sucedida. O Mastim não é apenas um mimo, é um investimento.

A alimentação de Hong Dong é especial: frango e carne bovina temperados com exóticos complementos como o pepino do mar e abalone (abalone: gastrópode, tipo de molusco muito apreciado na Ásia). O criador justifica, assim, o alto preço: Nós gastamos muito para criar um cão como esse e empregamos muitos funcionários nos cuidados com o animal.

Antes de Hong Dong, outro Mastim Tibetano foi um dos cães mais caros do mundo. Chamado Yangtze River (number two) foi vendido por 4 milhões de yuans (pouco mais de 1 milhão de reais). Foi levado, ou melhor, foi conduzido para sua nova residência, na cidade de Xi'an, China, por um comboio de 30 limousines negras. Coisas dos novos ricos chineses...

FONTE: MOORE, Malcolm. £1 million for 'world's most expensive dog'.
IN Telegraph/UK, publicado em 15/03/2011
[http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/asia/china/8383084/1-million-for-worlds-most-expensive-dog.html]



Estudantes de Magia Negra Fazem Testes de Aptidão na Índia



ÍNDIA – Na cidade de Ghatsila, estado de Jharkhand, estudantes do quê, no Ocidente é considerado Magia Negra, submeteram-se a testes de aptidão em Ioga tântrica, no sábado dia 12 (março, 2011). Os testes consistem na performance de rituais como manter-se em postura iogue, Aasana, suspenso em uma árvore e meditar, durante horas, sobre o próprio nascimento, sobre o encarnar-se, neste mundo, nesta vida.

Ratan Sadhu (sadhu é um título, não um sobrenome), um dos aspirantes a tornar-se Mestre Tântrico explica: Nós temos de executar as Aasanas e as Pranayamas (técnicas respiratórias) na frente do Guruji (o mestre). Depois disso, ele nos abençoa com o conhecimento. Somente depois de atingir esse conhecimento os estudantes podem começar a realizar rituais para curar as pessoas. Durante a prova, enquanto os estudantes testavam suas aptidões, seus mestres tocam instrumentos musicais. Os testes são realizados a cada cinco anos.


FONTE: Black magic students perform rituals to qualify.
IN Thaindian/AU, publicado em 12/03/2011
[http://www.thaindian.com/newsportal/india-news/black-magic-students-perform-rituals-to-qualify_100513300.html]



segunda-feira, 14 de março de 2011

Sinais de Atlântida na Península Ibérica




Março, 2011. A geofísica Laurie Pankratow, de Edmonton – Canadá, segura uma pequena figura da Idade do Bronze encontrada no sudoeste da Espanha. Foto: Paul Bauman. 

Ilha da Páscoa: Moais, Os Últimos Atlantes
Lemúria: O Continente da Terceira Raça
Yonaguni: A Lemúria Submersa do Japão

PORTUGAL/ESPANHA – Uma equipe internacional de pesquisadores anunciou a descoberta de uma formação soterrada ao sul do litoral da península Ibérica onde, acreditam os cientistas, ocultas sob platôs de lama, estariam as ruínas da mítica civilização Atlante. 

O achado está localizado entre o norte da Cadiz, Espanha e ao longo de uma vasta região pantanosa próxima da praia de Dona Ana, (distrito de Lagos) – que fica no Algarve, Portugal. Naquele local, em tempos imemoriais, uma considerável extensão de terra emersa abrigava a metrópole que teria sido engolida e sepultada por um tsunami.



Praia de Dona Ana, Portugal.

O chefe da equipe internacional de cientistas, professor Richard Freund da University of Hartford, Connecticut (EUA) comentou: Este é o poder de tsunamis... ele pode destruir e soterrar tudo o que encontra em seu caminho 60 milhas adentro das áreas costeiras. ...Mas os atlantes que escaparam da tragédia [possivelmente]construíram novas cidades em terras mais recuadas.

Na pesquisa, especialistas utilizaram uma interação de tecnologias: fotos de satélite, radar para águas e solos profundos, cartografia digital, tecnologia submarina. Para Freund, a descoberta é, de fato, ...algo que nunca ninguém viu antes.


O documento histórico mais conhecido (talvez o único) e citado quando se fala da existência da Atlântida é o escrito do filósofo grego Platão, Crítias. Há dois mil e seiscentos anos Platão relatava as lembranças de seu avô sobre o continente perdido. 

Em Platão a Atlântida é descrita como uma ilha situada em frente ao estreito de Gibraltar no trecho denominado Colunas de Hércules. A grande ilha, remanescente de um reino muito mais antigo e extenso, teria desaparecido nas profundezas do mar entre um dia e uma noite.

Freund afirma que tsunamis na região têm sido documentadas ao longo de séculos. Uma das ondas gigantes mais memoráveis, da altura de um prédio de 10 andares, atingiu a região em novembro de 1775 alcançando Lisboa, capital de Portugal.

O geofísico canadense Paul Bauman, membro da equipe, espectômetros, magnetômetros e scanners para investigar o subsolo. Os equipamentos revelaram estruturas feitas pelo homem, como um forno de grandes dimensões e linhas sulcadas que podem ser canais.

Escavações preliminares resgataram estatuetas da Idade do Bronze que apresentam uma estética muito diferentes das peças normalmente pertencentes às culturas mais recentes que se desenvolveram na região.

A busca pela Atlântida em território da península Ibérica começou em 2004, quando o físico alemão Rainer Kuhne percebeu características anômalas em fotos de satélite da área do lodaçal próximo à foz do rio Guadalquivir, Espanha, a noroeste da atual cidade de Cadiz.


A Atlântida já foi "descoberta" algumas vezes. Em 1997 cientistas russos alegavam ter achado o continente perdido (ou parte dele) a 100 milhas (cerca de 160 km) de um lugar chamado Land's End. Land's End é um cabo, braço de terra que avança no mar, localizado no Oeste da Cornualha, na península de Penwith, território inglês.

Em 2000, uma cidade em ruínas foi encontrada ao largo da costa norte da Turquia, no Mar Negro, há 30 metros de profundidade. Em 2007, pesquisadores suecos afirmaram ter encontrado uma cidade atlante da Idade do Bronze submersa no mar do Norte. Estes são apenas alguns exemplos. Outras cidades e ruínas submersas, tanto no Atlântico quanto no Pacífico já foram descobertas sem que os cientistas possam precisar o período histórico e a que cultura pertenceram.

Todas essas ruínas, especialmente aquelas localizadas no oceano Atlântico, de acordo com a tradição do conhecimento esotérico, são ou foram partes de um grande continente, o continente atlante, pátria de uma Humanidade hoje extinta. 

Este continente desapareceu, de fato, mas não de uma só vez. Ao longo de séculos, de milênios, suas terras foram sendo fragmentadas por abalos sísmicos e tragadas pelo mar, completamente destruídas por erupções vulcânicas, terremotos, tsunamis. 

A grande ilha à qual Platão se refere em seus escritos seria uma última porção do grande império, o último reduto da pátria Atlante que sucumbiu à força da Natureza nove mil anos antes do filósofo registrar seu testemunho.



Região de Cadiz e do Algarve (em vermelho) onde ficam os pântanos Dona Ana


Ilha da Páscoa: Moais, Os Últimos Atlantes
Lemúria: O Continente da Terceira Raça
Yonaguni: A Lemúria Submersa do Japão

FONTES
Has the real lost city of Atlantis finally been found... buried under mud flats in Spain?IN Daily Mail, publicado em 14/03/2011
[http://www.dailymail.co.uk/news/article-1365824/Has-real-lost-city-Atlantis-
finally--buried-mud-flats-Spain.html]
Evidence mounting lost city of Atlantis may have been found.IN Vancouver Sun, publicado em 14/03/2011
[http://www.vancouversun.com/Evidence+mounting+lost+city+Atlantis+have+been+found/4434632/story.html]

Vulcanismo: O terror do fim do mundo no Japão



Foto: AP

JAPÃO – Não basta terremoto e tsunami; porque Tudo é um Todo. O vulcão Shinmoedake, 1 mil e 421 metros de altura, situado em Kirishima, principal ilha do arquipélago de Kyush, a sudoeste do Japão entrou em erupção. O Shinmoedake não apresentava nehnuma atividade significativa desde de primeiro de março (2011). As autoridades emitiram alerta para vulcanismo e restringiu o acesso à região da montanha. Em abril de 2010, na Islândia, o vulcão Eyjafjallajökull emitiu uma densa nuvem de cinzas que obrigou o fechamento do espaço aéreo afetando mais de 100 mil vôos e oito milhões de passageiros.

Sem querer ser pessimista mas sendo realista, o fato é que este ano de 2011 começou com a Natureza revolta. A Terra parece estar passando um período de turbulência física. Todavia, os especialistas tratam cada caso como fenômeno isolado. As recentes chuvas torrenciais, tempestades solares, ciclones, enchentes, terremotos, alterações climáticas radicais e outros infortúnios que estão assolando todo o mundo são explicadas como se não houvesse nenhuma relação entre cada uma dessas catástrofes, umas maiores, outras menores.

Porém, não duvido que, nas encolhas as elites econômicas e acadêmicas do mundo não estejam tomando suas pequenas providências para o caso e um gigantesco desastre global. Evidentemente, não há interesse em "disseminar o pânico"... nem informação entre a população. Afinal, no fim das contas, não existe, atualmente, nem Arca de Noé nem SUPRIMENTOS para salvar todo mundo. Cala-te boca. É possível que estejamos vivendo o tempo do Salve-se quem puder. Meditemos... eu, particularmente farei algo mais que apenas meditar porque: Meu Deus! Eu não quero morrer!


FONTE: Japan earthquake, tsunami: Japanese volcano Shinmoedake erupts again.
IN Herald Sun/Austrália, publicado em 14/03/2011
[http://www.heraldsun.com.au/news/special-reports/japanese-volcano-erupts-again/story-fn7zkbgs-1226021096006#]



domingo, 13 de março de 2011

Tsunami: Caricatura Polêmica



Esta caricatura (acima) foi publicada em um jornal da Malásia, o Berita Harian. Nela nem o Ultraman tem coragem de encarar a onda gigante. Os leitores manifestaram-se contra a publicação da caricatura, considerada infeliz, desagradável, uma desconsideração, uma falta de respeito!


FONTE: Malasyan newspaper pokes fun at recent tsunami disasters.
IN Milo Suam Blogspot, publicado em 10/03/2011
[http://milosuam.blogspot.com/2011/03/panas-cnn-laporkan-lawak-bodoh-berita.html]



Mistério: A Reunião dos Peixes no México




MÉXICO – Em Acapulco, neste fim de semana (entre 11 e 13 de março, 2011), cardumes de peixes de espécies diversas estão reunidos nas praias. São sardinhas, anchovas, cavalas e outros agrupados e tal modo que, vistas do alto, delineiam enormes manchas nas águas claras assumindo curiosos formatos.



Pescadores aproveitam. Dispensando varas e redes, estão recolhendo peixes com baldes! Há especulações de que o espantoso fenômeno esteja ligado à tsunami que devastou o Japão nesta sexta-feira (11/03/2011). Eles (os pescadores) acreditam que os cardumes foram arrastados por correntes marinhas incomuns produzidas pela onda gigantesca.

Os cientistas, como sempre, não afirmam coisa alguma. O geólogo da U.S. Geological Survey, Rich Briggs comentou: É possível que haja uma conexão com os dois eventos mas... quem pode saber? Bien, podemos pedir a ajuda-opinião dos universitários, dos antigos profetas, das cartas do Taro, de uma bola de cristal, de Caetano Veloso e Gilberto Gil... Meditemos...







FONTE: Incredible swarms of fish form off coast of Acapulco: But was surge caused by tsunami thousands of miles away?
IN Daily Mail/UK, publicado em 12/03/2011
[http://www.dailymail.co.uk/news/article-1365538/Japan-earthquake-Swarms-fish-coast-Acapulco-caused-tsunami.html]



sábado, 12 de março de 2011

Tsunami chega à Ilha da Páscoa e Além



Especialista analisa a trajetória da Tsunami (março, 2011 – AFP/AP)


CHILE – A Ilha da Páscoa, no coração do oceano Pacífico, foi o primeiro território chileno a sofrer o impacto do terremoto e da subseqüente Tsunami que devastaram o Japão, nesta sexta-feira, 11 de março (2011). Os três mil habitantes da ilha foram buscaram abrigo em um local situado a 45 metros de altura, próximo ao aeroporto internacional de Mataveri. Ali também reuniram-se milhares de turistas em pânico.

O abalo foi sentido bem além da Ilha da Páscoa. Um terremoto de 5,1 graus foi registrado na região norte do Chile, no Atacama. Autoridades chilenas ordenaram a evacuação nas regiões costeiras central e sul. Especialistas previram ondas de 3 metros de altura.

O presidente Sebastián Piñera informou que as atividades de prevenção foram bem planejadas e executadas. O ministro dos transportes, Pedro Pablo Errazuriz solicitou que, em caso de emergência, a rede de proteção deverá usar mensagens de textos via celulares para expandir a capacidade de cobeertura dos fatos e evitar qualquer risco de colapso no sistema de telecomunicações.


PERU – Neste país que, em 2007 sofreu um forte terremoto, o presidente Alan Garcia pronunciou: Qualquer evento sísmico no Japão pode ser um prelúdio de um abalo aqui. Devemos estar preparados, treinados e prontos para a prevenção.


EQUADOR – O governo equatoriano soou o alarme e declarou estado de emergência. O presidente Rafael Correa ordenou a evacuação para terrenos mais elevados, nas ilhas e zonas costeiras e assegurou: Estamos preparados para qualquer eventualidade e qualquer cenário. A COLÔMBIA também aprovou um alereta de tsunami para os departamentos (estados) localizados na costa do Pacífico. No MÉXICO, autoridades comentaram: O tsunami gerado pelo sismo no Japão de 8,9 graus (escala Ritcher) representa um risco moderado para nosso país.


Felizmente, o impacto da tsunami japonesa, até agora, é menor que o esperado nas regiões de alcance da trajetória da onda. Alertas foram emitidos para o Canadá e Estados Unidos. Também estão em alerta as ilhas de Guam, as ilhas Marianas e o Havaí, onde áreas litorâneas foram esvaziadas. Outras localidades estão atentas: Alasca, Washington, Califórnia, Oregon. Portos como os de Los Angeles e San Francisco interromperam as atividades de carga e transporte de petróleo e outros materiais potencialmente perigosos.

FONTE: El tsunami pone en alerta a toda la costa oeste de América Latina.
IN El Periódico/Espanha, publicado em 12/03~2011
[http://www.elperiodico.com/es/noticias/internacional/tsunami-pone-alerta-toda-costa-oeste-america-latina/939513.shtml]



Arquivo do blog