quinta-feira, 10 de março de 2011

Natureza Convulsa: Elefante Antropófago




ÍNDIA – Nas ilhas Sundarban, em Bengala Ocidental, um número alarmante e anormal de pessoas têm sido atacadas, algumas mortas e até devoradas por tigres e... elefantes.

Seres humanos não são presas naturais destes animais porém em alguns lugares do país há relatos de hordas de elefantes que avançam sobre os povoados destruindo casas e machucando residentes. Em 2010, duzentas pessoas morreram, vítimas desses ataques.

Em outros casos, os tigres parecem ter desenvolvido um especial apetite por carne humana. Ainda em 2010, esses poderosos felinos, somente em uma aldeia, chacinaram 14 pessoas. 

Dave Salmoni, zoólogo e treinador de animais especializado em predadores, apresentador de programa de TV sobre vida selvagem, comenta: Em geral, tigres não são comedores de homens. Quando um animal como esse decide começar a atacar para comer as pessoas, isso é uma anomalia.

Um tigre pode chegar a 300 quilos e até 3,3 metros de comprimento. Fisicamente, os tigres estão no topo da cadeia alimentar e, agora, parece que estão expandindo seus territórios ou migrando para novos nichos. No caso, as feras estão se apossando das ilhas Sundarban.

Dave Salmoni está acostumado com o ambiente das selvas e proximidade com animais ferozes mas, em Sundarban ele confessa: É o único lugar no mundo em que, estando na mata, senti que estava sendo perseguido.

A World Wildlife Fund estima que existem apenas 3 mil e 200 tigres no mundo. Ao mesmo tempo a incidência de ataques destes felinos em regiões da Índia aumentou 30% em 10 anos. 

Alguns especialistas acreditam que, de fato, trata-se de uma luta por espaço. Uma reação dos animais ao rápido crescimento populacional nas aldeias. 

Os homens se espalham, com suas casas, campos, sua caça e pastoreio. Ocupam áreas cada vez maiores reduzindo, em proporção, o habitat natural das feras e, ainda aniquilando suas fontes de alimento.

No caso de Bengala, um outro fator está produzindo o avanço das feras: a elevação do nível do mar deverá engolir 17% da região litorânea de Bangladesh até 2050. Florestas de mangue serão inundadas empurrando animais para o interior.


Elefante Antropófago

Os elefantes, normalmente pacatos, estão estressados. Salmoni conta que manadas inteiras têm testemunhado seus nichos sendo destruídos para dar lugar às lavouras. Os grupos são forçados a dividir-se. Os animais ficam cada vez mais exaustos e agressivos.

Em um caso particular, ainda na região de Bengala, um elefante-fêmea, uma aliá, matou numerosas pessoas. Os moradores conseguiram abater o paquiderme. 

A seguir, biólogos que examinaram o animal fizeram uma descoberta macabra: o conteúdo do estômago do bicho continha carne humana, conforme ficou comprovado pelo teste de DNA, foram 17 vítimas humanas diferentes. Ocorre que aquela elefante-fêmea tinha um motivo bem definido para agir com tamanha fúria: vingança. Seu filhote tinha sido morto pelos homens.

FONTES
EFFRON, Lauren, HUBBARD, Jeremy e SINGH, Natasha. Man-Eating Elephants in India?

IN ABC News – publicado em 16/02/2011
[http://abcnews.go.com/International/tigers-elephants-attacking-humans-india/story?id=12932647]
Man-Eating Elephant In India (VIDEO) . IN Huffington Post – publicado em 03/03/2011
[http://www.huffingtonpost.com/2011/02/18/maneating-elephant-featur_n_825345.html]
Freak man-eating elephant eats 17.

IN Korea Times – publicado em 24/02/2011
[http://www.koreatimes.co.kr/www/news/special/2011/02/182_82070.html]

2 comentários:

Anônimo disse...

vc tem alguma materia sobre os nazistas astronautas da segunda guerra?

enyta disse...

Tadinhos dos outros animais :(
O bicho "humano" não perdoa mesmo.

Arquivo do blog