terça-feira, 15 de janeiro de 2019

A PRAGA DOS GAFANHOTOS EM MECCA


ARÁBIA SAUDITA. 7 DE JANEIRO DE 2019. MECCA, a cidade mais sagrada para os seguidores do Islã foi atacada por uma nuvem "apocalíptica" de gafanhotos negros. Segundo alguns relatos outros insetos também apareceram: grilos, cigarras, baratas. Todavia, os gafanhotos foram o transtorno maior: eles estavam em toda parte: no ar, nas residências, nas calçadas, nas paredes da grande mesquita e até nas vestes dos fiéis.




Os relatos e vídeos do fenômeno começaram a ser publicados em 07 de Janeiro (2019). A infestação demandou uma operação de limpeza em larga escala. Autoridades de Mecca colocaram nas ruas 22 equipes compostas de 138 pessoas cada, munidos com equipamentos especiais para conter a infestação.  

Os agentes de saúde trabalharam mascarados pulverizando inseticida na área ao redor da grande mesquita (Masjid al-Haram) de onde partiu a invasão, visando especialmente os ninhos - ou criadouros - localizados nos drenos abertos de água e esgotos a céu aberto próximos ao santuário. Os funcionários tiveram de varrer enormes áreas cobertas por centenas de milhares de insetos mortos.




Embora a situação tenha sido controlada, a causa da ocorrência não foi devidamente esclarecida (nos grandes midia). O aumento da incidência de insetos, em quase todos os lugares do planeta em determinadas estações do ano ou condições climáticas, é normal. Contudo, o que ocorreu na Arábia Saudita foge dos padrões ecológicos da região.

Um residente de Mecca, Abdulwhab Soror - 64, relatou: 'Na noite de sábado (05 de Janeiro de 2019) eu estava rezando na mesquita sagrada e os insetos estavam por toda parte, eles (pareciam) estar sendo atraídos para dentro da mesquita, não apenas nos pátios e mesmo, ao redor da Kaaba. Moro em Mecca toda a minha vida e nunca vi algo assim antes.

O gerente e consultor científico de biodiversidade terrestre da WWF (World Wildlife Fund) e da Emirates Nature - Jack Judas - comentou: 'Esta é a primeira vez que vejo esta espécie (gafanhotos negros) nesse número

(A causa) ...Poderia ser uma falha em alguma unidade de reprodução em cativeiro... (?) - ou seja, os gafanhotos podem ter escapado em enxames de um laboratório ou, '...talvez estejam ocorrendo condições específicas que favoreceram o desenvolvimento e reprodução do insetos mas, eu não sei que condições seriam estas'



É muito possível que esta explosão demográfica de gafanhotos negros seja decorrente das mudança climáticas que têm transformado a paisagem do deserto do Saara, do qual o deserto da Arábia é uma parte. 

Há quase uma década, chuvas torrenciais tem sido regulares na região, provocando enchentes e um posterior florescimento de vastas regiões, antes, completamente áridas. Campos e arvoredos verdejantes cobrem uma grande área enquanto surgem correntes de águas límpidas e rios caudalosos. Fontes brotam das pedras como em um milagre bíblico.



Cachoeira brotando da rocha e um arco-íris no deserto. Tabuk, Arábia Saudita. 08 de Dezembro de 2018. 
FONTE: http://scienceglobalnews.com/uncategorized/desert-turns-green-in-saudi-arabia-in-pictures-and-videos/ - https://twitter.com/RebelYelliex/status/1071487333101375489

Especialmente no que se refere aos episódios de enchentes, o fato é que durante esses anos de altos índices pluviométricos naquelas regiões até pouco tempo completamente e "sempre" desérticas, entre a primavera e o verão, um novo padrão ecológico foi criado. 

Os gafanhotos parecem ter descoberto um novo eco-nicho, um habitat que até pouco tempo atrás não existia. As enchentes e a vegetação resultante, criam verdadeiros berçários para os insetos que depositam seus ovos, seus ninhos - em charcos, poças de lama e mesmo calhas de esgoto a céu aberto - que não faltam na cidade de Mecca.

GRILOS



Mas, enquanto os midia enfatizam a revoada de gafanhotos, os vídeos registram claramente o canto de numerosos GRILOS e nas imagens em close, nas paredes, as criaturas não se parecem com gafanhotos, antes, parecem ser grilos negros. Os grilos ocorrem em todo o mundo e são parentes distantes dos gafanhotos. A espécie filmada parece corresponder ao Gryllus campestris - no Brasil, grilo-preto.


LINK RELACIONADO 02/08/2015
Bíblico. Nuvem de Gafanhotos Gigante Devasta os Campos Argentinos
https://sofadasala-noticias.blogspot.com/2015/08/biblico-nuvem-de-gafanhotos-gigante.html

FONTES
Massive swarm of locusts plagues Mecca
RT, 11 de Janeiro de 2019
https://www.rt.com/news/448614-locust-swarm-plagues-mecca/
Huge swarm of locusts descends on Mecca leaving worshippers covered in insects as cleaners battle to control the bugs at Islam's holiest site
DAILY MAIL, 10 de Janeiro de 2019
https://www.dailymail.co.uk/news/article-6577871/Huge-swarm-locusts-descends-Mecca.html
SNITH, Oli. Biblical PLAGUE? Experts BAFFLED as mysterious swarm of LOCUSTS invade Mecca’s holy sites
EXPRESS/UK, 12 de Janeiro de 2019
https://www.express.co.uk/news/world/1071161/Locust-swarm-Mecca-holy-sites-Islam-Hajj-mysterious

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

VERME-RATO APARECE NA AUSTRÁLIA



Austrália. Bolak Lake, distrito ocidental de Victoria. na segunda-feira, 7 de janeiro (2019), a aparição de uma estranha criatura nas imediações do Lake Bolac - Victoria, Austrália - 90 km a oeste de Ballarat, foi registrada com espanto, nas redes sociais e outros midia: um verme-rato ou verme-salsicha perdeu o rumo do habitat e "caiu na rede" - foi parar em discussões de Facebook.

Embora seja uma criatura pequena, sua aparência horrenda aliada ao natural desconhecimento, por uma maioria de pessoas - sobre sua natureza, sobre o quê poderia ser tão estranho animal, suscitou especulações: seria uma espécie mutante? Híbrida Terrena ou alienígena?  




A publicidade do caso trouxe rápida explicação. Mais de um especialista identificou o animal. Tanya Latty, entomologista da Universidade de Sydney - ou seja, especialista em insetos - esclareceu para o Yahoo News que a criatura é uma larva cauda-de-rato, comum em toda a Austrália - também chamadas larvas de "moscas-drone" (Eristalinus taeniops, band-eyed drone fly) que são agentes polinizadores.

Tanya Latty, entomologista da Universidade de Sydney - ou seja, especialista em insetos - esclareceu para o Yahoo News que a criatura é uma larva de cauda-de-rato, comum em toda a Austrália. Vivem em locais úmidos como poças de água estagnada, podem aparecer em calhas, banheiros, antes de moverem-se para locais mais secos no período de pupação (amadurecimento). 

Eles podem crescer até 15cm de comprimento, incluindo as suas caudas, porém a maioria tem cerca de 2-3cm. "A 'cauda' é, na verdade, um longo tubo que permite que a larva respire enquanto está imersa."


FONTE
FLANAGAN, Tom. Mystery Australian creature filmed by backpacker baffles the internet
https://actualidad.rt.com/viral/301541-australiano-filma-horrible-gusano-rata
YAHOO/AUSTRÁLIA, 08 January, 2019
https://www.youtube.com/watch?v=QkPIRmItZNo
https://actualidad.rt.com/viral/301541-australiano-filma-horrible-gusano-rata

Arquivo do blog