sábado, 31 de outubro de 2009

Fantasmas da Segunda Guerra



A cabeça de um soldado em uma trincheira.
Detalhe da fotografia de Silanov.

Na Rússia, lugares onde ocorreram batalhas da Segunda Guerra Mundial tornaram-se cenário de estranhos fenômenos. São fatos entre o macabro e o fantasmagórico; alguns, relatados pelos chamados black archaeologists, os arqueólogos negros, que procuram objetos que são considerados preciosos troféus históricos.


Fogueiras ─ Em 1997, um grupo de seis pessoas foi até Luban, na região de Leningradsky, onde se encontram as ruínas do Monastério de Makaryvsky, destruído. Aproximando-se daquelas ruínas, o grupo percebeu as chamas de uma fogueira. Era chocante porque a fogueria pairava no ar. Ao se aproximarem mais, o fogo desapreceu. A expedição armou acampamento no lugar. Durante a noite, gritos humanos lancinantes eram ouvidos vindos da direção do bosque. Ninguém se arriscou a verificar o que era. Na manhã seguinte, um dos arquólogos resolveu investigar; embrenhou-se na mata e se perdeu. Voltou três horas mais tarde com as roupas imundas e um olhar insano. Não disse uma palavra. Jamais revelou o que aconteceu naquelas três horas de perdição.


As Minas de Myasnoy Bor ─ Uma das zonas anômalas mais famosas relacionadas à Segunda Guerra Mundial é o pantanoso Vale de Myasnoy Bor, localizado a 30 km de Novorogod. Combatentes soviéticos, outros das divisões do exército alemão e ainda outros mais da Divisão Azul, da Espanha, além de outras tropas, pereceram naquela área durante a chamada Operação Ofensiva de Lyuban, em 1942. Muitos cadáveres ali permaneceram insepultos.

Galina Pavlova, que liderou um grupo de pesquisa da cidade de Engels, região de Saratov, conta sobre incidentes que testemunhou, também no ano de 1997: Os bosques de Myasnoy Bor são assustadores e místicos. Basta ficar sozinho ali e logo você começa a ouvir sons, como brados de guerra longínquos, como vozes de almas sem descanso de soldados que morreram em plena ação de ataque.


No dia em que encontramos as minas, eu estava atrás dos rapazes, na trilha. Parei em um ponto que havia sido escavado muitas vezes antes. Notei que as árvores, estranhamente se inclivam em direção àquele ponto. Não havia vento. Chamei a equipe e encontramos ali uma caixa de madeira deteriorada e velhas minas.


Bryansky ─ outro desses arqueólogos negros que costumava escavar nos bosques próximos a Bryansky, onde ficava um dos fronts de batalha, na Rússia, entre 1942 e 1943, conta sua história: Nós exumamos os corpos de 17 soldados: seis russos e 11 alemães. Dos alemães, quatro pareciam ter morrido em uma trincheira no pântano. Esses quatro tinham as botas muito estragadas e seus ossos projetavam-se para fora. Excavando mais, encontramos ossos de pélvis, espinha dorsal, costelas. Estava escurecendo. Deixamos os esqueletos na trincheira e acampamos em um prado, cerca de 200 metros próximo dali.

À noite, algo aconteceu. Fomos acordados por um dos nossos companheiros, o que estava de vigia. Ele nos alertou sobre barulhos estranhos. Despertos, podíamos ouvir vozes, cantos, risadas e o ruído de tanques de guerra em movimento. Falavam e cantavam em alemão. Pela manhã, voltamos à trincheira. Parecia estar do modo como deixamos mas quando chegamos mais perto percebemos marcas frescas das esteiras dos tanques.


Zheltoyar ─ Outro lugar assombrado é Zheltoyar, a leste da região de Voronezh, próximo à cidade de Novokhopersk. Naquele local, o pesquisador Genrikh Silanov [ou Henry Silanov] liderou uma expedição com objetivos bem específicos. Silanov inventou uma espécie de máquina fotográfica das impressões do passado. Nas fotos de Silanov, onde deviam aparecer somente paisagens desabitadas, surgem figuras de soldados e barracas militares.

Em uma das fotos surgiu um aeroplano fantasma. Outra, mostra um combatente cujo uniforme indicava claramente nacionalidade tcheca; de fato, pesquisadores confirmaram que uma divisão Tcheca, incorparada ao exército soviético foi lotada naquela área. Silanov acredita que essas fotos são miragens aprisionadas ou fixadas em campos mnemônicos, de memória, individuais e coletivos.
Link relacionado:
Como Fotografar Fantasmas

Fonte: Tomb Raiders Digging WWII Graves Witness Inexplicable Phenomena
In Pravda English ─ publicado em 30/10/2009
[http://english.pravda.ru/science/mysteries/110207-0/]


Jungle Woman Quer Voltar Para a Floresta



Camboja ─ Em 1989, na província de Ratanakkiri, fronteira com o Vietnam, Rochom P'ngieng tinha 8 anos. A menina pastoreava búfalos quando desapareceu duarante quase duas décadas [18 anos sumida]. Em fevereiro de 2007, para surpresa de parentes, ela reapareceu. Tinha vivido na floresta durante todo aquele tempo.

Transformou-se no que os cientista chamam de feral child. Sua história apareceu nas manchetes do mundo onde era chamada jungle woman

No caso de Rochom, tudo indica que ela, sequestrada ou perdida, foi adotada por um grupo de macacos. Quando foi resgatada, o pai mal podia reconhecê-la, mas era ela, como comprovava uma cicatriz antiga em seu rosto. Estava nua e muito suja.

Não falava, recusava comida, tinha um comportamento de bicho assustado. Andava curvada, como um macaco e somente foi apanhada porque saiu da floresta em busca de alimento: estava roubando uma plantação. 

Hoje, 2009, nada mudou; ou pior, o estado de animalidade da jovem não diminuiu, ao contrário, intensificou-se. Sal Lou, o pai, explica: A condição dela parece pior do que quando nós a encontramos. Ela recusa usar roupas; está sempre tirando e tenta fugir, de volta à selva. E Ronchom, continua sem saber falar.

Alimenta-se mal, recusa arroz e fica mais magra a cada dia. Várias vezes levada ao hospital da província de Ratanakkiri onde seu caso tornou-se um problema: os médicos não conseguem contê-la nem têm condições de vigilância constante que possa impedir a fuga da paciente. Todavia, tencionavam insistir na recuperação da jovem. Em vão: o pai decidiu ficar com ela em casa contra a vontade da equipe médica.


Fonte: MAcKINNON, IAN. Jungle woman Rochom P'ngieng wants to return to the wild
In Teleghraph publicado em 30/10/2009
[http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/asia/cambodia/6468099/Jungle-woman-Rochom-Pngieng-wants-to-return-to-the-wild.html]

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Anel Luminoso no Céu... da Romênia


ROMÊNIA ─ Entre 10 e 12 de outubro [2009] o disco luminoso sobre Moscou apareceu nos midia de todo o mundo. Os especialistas disseram que era um fenômeno senão comum, normal. 

Um efeito ótico causado pela angulação da incidência da luz solar nas nuvens. Todavia, o fenômeno não tão comum aconteceu de novo; desta vez, registrado em uma estrada na Romênia.

Ufólogos especialistas e amadores estão falando: se o fenômeno é incomum, como, em um espaço de tempo tão curto, ocorreu duas vezes em lugares diferentes? 

Muitos já especulam, abertamente, que as formações [que estão sendo chamadas de gêmeas] são o prenúncio de uma invasão alienígena! 

Em um site ufológico, o internauta comenta: Passem os dois vídeos lado a lado. É muito estranho. Será que eles estão aqui?

Mas os cientistas insistem: os dois vídeos mostram um tipo de formação de nuvens denominada fallstreak hole [algo como abertura de queda]. Ocorre quando o ar, embora frio abaixo de 0°C, não congela normalmente. 

Enquanto esta água super-fria se mantém suspensa, anéis de gelo tomam forma e precipitam-se na terra, deixando um buraco circular na camada de nuvens. 

Fonte: 'UFO cloud formation' filmed in Romania 
In Telegraph ─ publicado em 26/10/2009
[http://www.telegraph.co.uk/news/newstopics/howaboutthat/6438621/UFO-cloud-formation-filmed-in-Romania.html]

Templários: No Meio do Caminho Tinha Uma Pedra


Reino Unido ─ Em Midlothian [distrito eleitoral], cidade de Temple, Escócia, operários que trabalhavam escavando durante uma obra de reforço da parede de um antiga capela descobriram uma pedra esculpida. A igrejinha, ruína histórica, fica ao lado de um cemitério. A pedra parece ser parte de um sarcófago.

Datada entre os séculos XII e XIV, seus símbolos entalhados estão intrigando os arqueólogos do
Historic Scotland and East Lothian Concil. A pedra foi fotografada e filmada. O historiador John Ritchie comentou: É uma escultura crua, completamente primitiva mas eu nunca vi nada igual em minha vida. Os símbolos são únicos: cruzes celtas e as formas circulares que parecem bússolas solares, como as foram usadas pelos vikings.

O especialista Davi Connolly comenta: Este lugar foi um Preceptório [um centro de formação] dos Templários na Escócia. A pedra deve ter estado, um dia, dentro da igreja, porque o edifício era maior. Pode ser de um Templário, pode ser de um Hospitalário, apenas um cavaleiro que quis ser enterrado ali. O que intriga é a heráldica dos símbolos, os signos do brasão de família, que é completamente desconhecido.

A pequena cidade de Temple, localizada no distrito de Midlothian, deve seu nome justamente aos Cavaleiros Templários. O lugar abrigou um dos pontos de abrigo dos Cavaleiros, como um quartel-general. A capela em ruínas, aninhada no vale abaixo da cidade, é tudo o que resta do que foi uma abadia fundada pelos Templários naquelas terras; terras a eles doadas por Davi I da Escócia, em 1127.

Os Templários constituíam uma ordem religiosa de Cavaleiros, criada durante as Cruzadas, cuja missão era, em princípio, proteger os cristãos na Terra Santa. Porém, sua organização foi bem além dos objetivos iniciais. Preocupados com o transporte de valores, inventaram o sistema bancário, introduzindo as Letras ou Títulos de Crédito. A organização enriqueceu; tornou-se poderosa. Muitos acham que a Irmandade se apossou dos tesouros de Jerusalém.

Com as mudanças políticas e econômicas, os Templários caíram em desgraça com a realeza européia e a Igreja católica. Seu poderio era por demais ameaçador. Foram julgados, caçados e condenados à morte na fogueira. Muitos escaparam e, diz a lenda, que boa parte de suas riquezas foi preservada, escondida em diferentes lugares do mundo. Midlothian seria um desses abrigos de Templáriosem fuga que ali teriam escondido a fração do tesouro que tinham consigo. A lenda local diz que essa fortuna está enterrada em Temple. Diz a tradição popular: Entre o carvalho e olmo enterrado está o ouro.


Fonte: SMITH, Clsire. Mystery stone found near church linked to Knights Templar.
In Scotsman ─ publicado em 27/10/2009
[http://news.scotsman.com/scotland/Mystery-stone-found-near-church.5767821.jp]



quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Pokaini - A Floresta Encantada da Letônia


LETÔNIA [Latvia] ─ A Floresta Pokaini, localizada perto de Riga, capital do país, é um lugar misterioso. No passado, Pokaini era considerada local sagrado e muitas lendas se referem ao lugar. 

Dizem que era o ponto de encontro de 30 druidas e que cada druida controlava o tempo de sua própria colina pois, na floresta, existem precisamente 30 colinas; e ali, o clima era sempre muito agradável. Ainda que chovesse ou nevasse nas vizinhanças, a floresta estava sempre ensolarada e primaveril. Pesquisadores confirmaram este fato.

Mas não é só isso. Na floresta, tudo é especial, não somente o clima, mas também as árvores e rochas. As folhagens dos carvalhos brotam de um lado só das árvores e as pedras são o principal mistério. 


Ninguém sabe de onde vieram, posto que não formações locais. Podem ter sido colocadas lá por peregrinos que transportavam-nas com grande esforço para se purificar do peso de seus pecados. Conta-se, ainda, que um estranho objeto está escondido embaixo de uma rocha. Alguns, acham que é um meteorito radioativo; outros, acreditam que seja uma antiga sepultura.

Em busca de respostas, há décadas cientistas examinam a floresta. Arqueólogos fizeram escavações mas não encontraram qualquer sepultura. Medições comprovaram que os níveis de radiação são normais.

Muitos moradores são céticos sobre a a atmosfera paranormal da floresta porém as evidências apontam o contrário. Muitas rochas são quentes ao toque e parecem ter diferentes poderes curativos. Algumas eliminam moléstias comuns, outras são boas para problemas ortopédicos e outras, ainda, para doenças ginecológicas.


Porém, nem todas as rochas são benéficas. Existem as perigosas que provocam eventos negativos na vida de quem as toca. Os turistas que tentaram levar algumas dessas pedras ou pedaços delas, como lembrança, voltaram à floresta para devolver a pilhagem tendo sido vítimas de doenças ou acidentes. 


Outra anomalia ocorre em um prado, sob as folhagens de um velho pinheiro. Nesse local, a temperatura é sempre quente e o calor se espalha em volta da árvore, no ar, no chão. Nenhuma baixa de temperatura no ambiente altera o círculo cálido em torno da árvore.

A floresta também abriga o chamado Vale dos Espíritos, onde circulam no ar estranhas esferas luminosas, invisíveis a olho nu mas perceptíveis para as lentes das câmeras fotográficas. 

Pesquisadores do UFO Latvian Center chamam essas esferas de GOUG, globous objects of unknown genesis [objetos globulares de origem desconhecida]. O cientista Yevgeniy Sidorov acredita que aos GOUGs são inteligentes.

Não bastassem essas estranhezas, outras se somam: máquinas param de funcionar sem explicação, os relógios param, as bússolas enlouquecem. 

Para completar, o acadêmico norte-americano Jim Hurtock, que visitou a floresta em meados dos anos de 1970, constatou que satélites da NASA detectaram um luminosidade anômala, circular, que se estende por 350 km² no perímetro do lugar.

Fonte: 
TROITSINA, Magarita. World's Strongest Anomalous Zone Produces Inexplicable for NASA Radiation
In Pravda English publicado em 21/10/2009
[http://english.pravda.ru/society/anomal/110030-0/]

Dermografismo: Farsa, Doença ou Milagre?



República do Dagestan ─ Neste país do leste europeu, na pequena cidade de Krasno-Oktyabrskoye, um estranho fenômeno vem acontecendo com Ali Yakubov, um bebê de 9 meses [outubro, 2009]. Trechos de escrituras sagradas aparecem na pele da criança. São trechos inteiros ou frases do Alcorão. O primeiro signo a surgir foi a palavra Alá, Deus para os muçulmanos.

A mãe da criança, Madina Yakubova conta que o filho nasceu com hematoma no queixo. Enquanto o machucados e curava, a palavra Ala [Allah] delineava-se no local. O garoto parece sofrer com as inscrições: sua temperatura sobe [tem febre] e ele chora. Os trechos aparecem às segundas e sextas-feiras. Depois, desaparecem devagar dando lugar a novas mensagens.

Os pais mantiveram o caso em segredo até que surgiu uma inscrução que dizia: Mostrem esses sinais às pessoas. O Imã, líder religioso da cidade, acerdita que em sinais de Deus. Mas o representante da congregação muçulmana Dagestan Spiritual Governance preferiu não comentar o caso.

Uma médica local, Ludmila Luss, é uma invenção dos pais de Ali: Eles podem usado substâncias irritantes na pele do menino, como pimenta e sal ou, ainda, medicamentos que causam irritação na pele deixando os traços vermelhos. As inscrições podem também ser uma moléstia conhecida como dermografismo [skin writting], desordem da pele que ocorre em 5% da população do Dagestan. É um tipo comum de urticária e a pele reage a qualquer estímulo de atrito, como a pressão e arrasto de um bastonete. Apesar das explicações científicas, o clero do Norte do Cáucaso não tem dúvida: é uma manifestação de Deus.

Fonte: Quran Inscriptions Appear on Little Boy's Body - New Show for the Masses?
In Pravda English ─ publicado em 19/10/2009
[http://english.pravda.ru/society/anomal/19-10-2009/109970-inscriptions_quran-0
]




quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Thorpe Park: Ouija e Assombração


LONDRES, INGLATERRA ─ No Thorpe Park, parque temático relacionado a temas do terror, localizado em Chertsey, cidade de Surrey, condado a sudeste do país, os executivos do empreendimento, estão assustados. 

Seis funcionários foram suspensos depois de uma macabra sessão noturna marcada por uma série de acontecimentos fantasmagóricos. Os empresários chamaram um exorcista: ninguém menos que o reverendo Lionel Fanthorpe [1935- ...], autoridade norte-americana em fenômenos inexplicáveis e/ou paranormais.

Era a noite de abertura dos eventos de Halloween: as Fright Nights [Noites do Espanto]. Os fenômenos começaram durante a realização de um círculo Ouija, o famoso tabuleiro desenhado para servir à comunicação entre vivos e mortos. A sessão de Ouija faz parte de uma das atrações do parque, O SAW Ride

O ambiente que imita os cenários macabros de tortura do filme SAW [Jogos Mortais], considerado uma das mais assustadoras entre as novas instalações. Foi justamente no ambiente de SAW ─ The Ride [Jogos Mortais] que a brincadeira tornou-se caso sério.

OUIJA

Os participantes do círculo Ouija sentiram uma alteração brusca da temperatura, ouviram passos e outros incidentes incomuns. Um funcionário contou: Podíamos ouvir as portas batendo. 

Foi então que a sessão de Ouija foi encerrada e os membros da equipe responsável acabaram suspensos as funções. Diante dos fatos, os empresários chamaram um exorcista: o reverendo Lionel Fanthorpe, autoridade norte-americana em fenômenos inexplicáveis e/ou paranormais.

Fanthorpe comentou: 

Muitas pessoas acham que a Tábua de Ouija [imagem abaixo] é somente uma brincadeira mas os poderes da Tábua não devem ser o subestimados. Ouija é um instrumento perigoso que pode ser perigoso se não for usado apropriadamente. 

As Tábuas de Ouija podem abrir portais para uma outra dimensão. Quando os operadores [ou participantes do jogo] não são espíritas experientes, entidades malígnas podem se aproveitar e passar para o mundo dos vivos como, ao que tudo indica, aconteceu aqui [no Thorpe Park]. Se alguma coisa está causando terror e perplexidade neste lugar eu realizarei um exorcismo para remover esses espíritos maldosos

Fanthorpe percorreu o roteiro da atração com a Bíblia em uma das mãos e uma cruz na outra. Parecia parte da atração!


Sobre o incidente que deu motivo a essas providências o porta-voz do Thorpe Park explicou: Na tarde da segunda-feira, 12 de outubro, esta sessão de Ouija foi realizada por funcionários, SEM autorização da gerência e depois do expediente, quando não havia mais público nas dependências do Parque. A investigação está em curso e nós convocamos o reverendo Lionel Fanthorpe porque ele é um especialista em fenômenos paranormais.


Apesar do susto, as sessões do Thorpe Park e o Halloween Fhight Nights prosseguirão normalmente. As instalações de SAW ─ The Ride, inauguradas em março deste ano [2009], custaram 13,5 milhões de dólares.


Fonte: 
PYATT, Jamie. Ouija, belive it.
In The Sun, UK ─ publicado em 15/10/2009

[http://www.thesun.co.uk/sol/homepage/news/2683886/Thorpe-Park-bosses-suspend-Ouija-Board-workers.html]

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Orelhada Britânica: Gato Hipnoterapeuta


George, olhar hipnótico para inglês ver

No Reino Unido, Chris Jackson, repórter investigativo, apresentador do Inside Out, programa de TV-internet da BBC, nas edições North East e Cumbria, fez uma curiosa experiência demonstrando a frouxidão da regulamentação e fiscalização da profissão de hipnoterapeuta no país. Jackson registrou George, seu gato de estimação, em três instituições supostamente representativas e fiscalizadoras da profissão. [Algo como registrar o gato como clínico no Conselho Regional de Medicina].

Cada uma das instituições aceitou como credenciais válidas, para o exercício da hipnoterapia, um certificado emitido pela não-existente Society of Certified Advanced Mind Therapists [Sociedade dos Terapeutas da Mente Avançada Autorizados]. O repórter fez uma investigação similar com os psicólogos norte-americanos. Ali, na terra de Tio Sam, o Dr. Steve Eichel suspeitou que as instituições coorporativas da área da saúde não checam com rigor a formação de seus membros. Eichel também conseguiu registrar o gato como psicólogo sem nenhuma dificuldade nas mais proeminentes instituições representativas da profissão nos Estados Unidos.

No Reino Unido, O gato George foi reconhecido hipnoterapeuta competente no British Board of Neuro Linguistic Programming (BBNLP), no United Fellowship of Hypnotherapists [UFH] e na Professional Hypnotherapy Practitioner Association [PHPA].

A United Fellowship of Hypnotherapists [UFH] recebeu a reportagem do Inside Out com gentileza e adimitiu o engano que, informaram, já foi corrigido. O porta-voz da OHPA afirmou que a organização faz um grande esforço para assegurar a legitimidade das qualificações do hipnoterapeutas. Finalmente, a BBNLP admitiu que existe somente para garantir benefícios para os hipnoterapeutas e não para fiscalizar suas credenciais.

Desse jeito, este editor prefere ficar com metodologia de mestre iron-hand Gurdjieff para purificação e crescimento integral do homem: encara tanque de roupa, vassoura e esfregão. Meditemos...

Fonte: Cat registered as hypnotherapist
In News BBC ─ publicado em 12/10/2009
[http://news.bbc.co.uk/2/hi/uk_news/england/8303126.stm]



O Fantasma de Jim Morrison [1943-1971]


Ele está morto a quase quatro décadas. Era cantor, compositor e poeta. Norte-americano, foi aquele que se tornou o mítico vocalista da banda The Doors. 

Há muito circulam boatos de que o artista assombra sua tumba. Encontrado na banheira, sua morte, envolta em mistérios, suscita hipóteses como suicídio e assassinato por conspiração, uma ideia sustentada pelo próprio Morrison.

Foi sepultado na França no Cemitério do Père-Lachaise, o maior de Paris e um dos mais famosos do mundo. 

Sua personalidade polêmica sempre despertou o interesse dos estudiosos e biógrafos da grandes personalidades da música contemporânea. Um desse estudiosos, o historiador do rock Brett Meisner é dos que sustentam que o fantasma de Morrison permanece rondando a própria sepultura.

Como prova da ronda do fantasma, Meisner possui uma foto de 1997. Foi tirada por um assistente de Meisner, sem nenhuma intenção de registrar qualquer coisa de sobrenatural, no Père-Lachaise em frente ao túmulo. 

A princípio, o historiador não notou nada de incomum. Somente em 2002, revendo seus materiais, percebeu, naquela fotografia, uma sombra branca ao fundo, à sua esquerda. Reparando bem, ele pensou ter reconhecido a silhueta do ídolo em uma pose muito característica de Morrison.

A aparição naquela foto foi contestada nos anos seguintes porém, recentemente, pesquisadores sentenciaram: a imagem é autêntica e a silhueta nebulosa no fundo é inexplicável. 

Meisner conta que a fotografia mudou sua vida: Parte de mim queria nunca ter tirado aquela foto. Minha vida nunca mais foi a mesma. Acabou com meu casamento. Um amigo meu morreu de overdose e apareceu todo tipo de excêntrico na minha porta dizendo ter mensagens do deus do rock! Vou doar a foto.

Fonte: ROGULEWSKI, Chaerley. Researchers Say Photo of Jim Morrison's Ghost Is Real
In Spener Music publicado em 12/10/2009
[http://www.spinnermusic.co.uk/2009/10/12/researchers-say-photo-of-jim-morrisons-ghost-is-real#]

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Maias 2012 - A Profecia do Monumento Seis


Tsunamis: Começo do Fim

Mexico City ─ Apolinario Chile Pixtun, um velho índio maia, está cansado de responder as mesmas perguntas sobre o muito falado Fim do Mundo segundo o Calendário Maia. Existe uma idéia fantasiosa e mórbida de que na data prevista, 21 e dezembro de 2012, Tudo estará acabado! Mas o próprio herdeiro dos profetas reafirma: não é o fim do mundo! E, afinal, essas idéias de Juízo Final são idéias dos brancos ocidentais, não dos maias. A mitologia corrente sobre o Fim do Mundo Maia tem origem no estudo do calendário daquela antiga
civilização.

O Apocalipse Maia começou a ser comentado no século XIX com a divulgação do trabalho do padre-arqueólogo francês Charles Etienne Brasseur de Bourbourg, que estudou textos antigos maias e astecas. Os cientistas insistem que a mudança dos pólos não passa de um grau a cada um milhão de anos e não há sinais de que esse evento aconteça bruscamente nem que possa ocorrer repentinamente em 2012. Enquanto a discussão prossegue entre os diferentes pesquisadores do tema, espera-se que um deles, ao menos, faça um estudo confiável sobre as previsões, as tradições e as catástrofes naturais que têm ocupado as manchetes dos jornais. LEIA A REPORTAGEM COMPLETA




Anel Luminoso Sobre Moscou


MOSCOU ─ Na quarta-feira, 7 de outubro [2009], um enorme anel luminoso pairava nos céus de Moscou ─ Rússia, deslumbrando e intrigando o povo e os estudiosos de fenômenos naturais e sobrenaturais. 

Alguns, pensaram logo em extraterrestres, nave espacial; os místicos acham que é um sinal de Deus; mas os cientistas afirmam que o fenômeno é natural.


Falando ao jornal Daily Mail, o porta-voz do serviço meteorológico de Moscou explicou que, recentemente, diferentes e intensas massas de ar têm alcançado a capital do país. 

Especialmente, uma frente fria vinda do Ártico, o choque térmico, a angulação da incidência da luz solar e a ausência de ventos no momento do registro da imagem, teriam causado o belo efeito.  

Bien, pode-se pensar que essa combinação de massa de ar, temperatura, luz e ventos foi uma convergência de fatores bastante feliz. Produziu uma imagem tão deslumbrante que bem poderia ser o resultado das artes de um deus. Meditemos...


Fonte: WILLIS, Amy. Bizarre 'Independence Day' cloud spotted over Moscow
In Telegraph, UK ─ publicado em 11/10/2009
[http://www.telegraph.co.uk/news/newstopics/howaboutthat/6297402/Bizarre-Independence-Day-cloud-spotted-over-Moscow.html#]

domingo, 11 de outubro de 2009

Boriska: Histórias do Passado e do Futuro


Boriska, a criança azul mais famosa do mundo, diz que Marte
é habitado. Na imagem, Marte em fotos da Nasa de 2009.
A figura em destaque, com sua silhueta humanóide causa
polêmica entre os exobiólogos: ilusão de ótica ou marcianos?

As habilidades extraordinárias de algumas pessoas sempre atraíram a curiosidade dos pesquisadores. O ufílogo John Pope acredita que todos os gênios da humanidade são descendentes de aliens.

Aproximadamente entre 30 e 40 mil anos atrás este globo foi visitado por inteligências extraterrestres. Foram eles que criaram as antigas civilizações, miscigenaram-se com seres humanos; tiveram filhos.

Atualmente 50% da população da Terra são descendentes de alienígenas. Mas somente 1% da humanidade tem habilidades e talentos extraordinários. Eles são os herdeiros híbridos de humanos e aliens e possuem material extraterrestre em seu código genético. Para J. Pope, todos os mais destacados cientistas, artistas e pessoas com habilidades psíquicas pertencem a essa categoria. 

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA

Fonte: IN Pravda English ─ publicado em 28/09/2009
[http://english.pravda.ru/society/anomal/109551-1/]

sábado, 10 de outubro de 2009

Las Momias de Guanajuato



─ Que foi, meu? Achô pôco? Tá rindo de quê?
VEJA TODAS AS FOTOS AQUI


México-EUA ─ Estranhas, bizarras mesmo, múmias mexicanas estão em exposição no Detroit Science Center. A mostra, que vai viajar em tournê, chama-se Accidental Mummies of Guanajuato. As 36 múmias foram cedidas [por empréstimo] pelo Museo de Las Momias de Guanajuato. Os corpos, datados em mais de um século, foram mumificados na ocasião de um acidente na região das minas.

Historicamente, a economia de Guanajuato [hoje capital do estado de Guanajuato] foi um centro de mineração na época da colonização espanhola [hoje é um destino turístico e acadêmico, universitário, abrigando a Universidad de Guanajuato, uma das mais antigas e prestigiadas do país]. Esta é a primeira vez que essas múmias são exibidas nos estados Unidos da América do Norte.

A pesquisa científica [micro-biológica e biológica etc.], histórica e cultural das peças forneceu informações sobre a vida daquelas pessoas; não só mineiros mas, também, soldados, camponeses, crianças surpreendidos pela morte, sepultados nas criptas improvisadas doinfortúnio. O professor emérito da Quinnipac University, Connecticut ─ Ronald Beckett, que estuda as múmias de Guanajuato comenta que analisar estes corpos é como ouvir as próprias múmias contarem suas histórias.




Este coisa, sou eu ─ só de pensar em conta de celular. Meditemos...


Em Accidental Mummies, os portões da exposição são uma réplica do portal do cemitério onde a primeira múmia de Guanajuato foi descoberta, em 1865. A partir desta entrada, os visitantes passam para uma sala guarnecida com criptas [ambiente de campo santo mesmo]. Ali pode-se aprender sobre tradições mexicanas relacionadas à morte. No fim cinco múmias estão expostas em virines. Seus rostos e formas congelados são um relato sintético das vicissitudes da vida aprisionadas na expressão do espanto na morte.

O salão principal apresenta 21 múmias, muitas posicionadas de pé. Cada peça é acompanhada por um texto, versões em inglês e espanhol, que informa o nome do defunto, estimativa da idade e outros detalhes sobre oa vida daquela personagem. Segundo a lenda local, os corpos foram preservados porque a água da cidade é rica em minerais e enxofre. Os especialistas, porém, atribuem o estado de conservação das múmias à rápida desidratação causada pelo clima seco da região.




─ Tchau, vovó! VEJA TODAS AS FOTOS AQUI

Fonte: Mexican mummies arrive in USA
In Pravda English ─ publicado em 09/10/2009
[http://english.pravda.ru/photo/report/mummy-4750]




quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Arco-Íris Circular



Imagem rara: um arco-íris circular projetado em uma massa de novens foi fotografado da janela de um avião. o arco-íris é um fenômeno tradicionalmente significativo no contexto da religião e da mitologia. Antes de ser cientificamente explicado, foi descrito na Bíblia como símbolo da Aliança entre Deus e o patriarca Noé, ao fim do Dilúvio. No folclore irlandâs, os leprechauns [espécie de gnomos] encondem seus potes de ouro na extremidade do arco-íris. Esse esconderijo seria impossível no caso do arco-íris circular. Os arco-íris mais comuns de serem vistos são semi-circulares mas essa limitação é ilusória e determinada pela linha do horizonte. O arco-íris visto do avião corresponde, de fato, à verdadeira aparência geométrica do fenômeno.

Fonte: Circular rainbow seen from aircraft window
In telegraph, UK ─ publicado em 06/10/2009
[http://www.telegraph.co.uk/news/newstopics/howaboutthat/6264978/Circular-rainbow-seen-from-aircraft-window.html]




terça-feira, 6 de outubro de 2009

Gigimo: O Sangue das Virgens



EGITO ─ Se Maomé não chega nunca ao século XXI então o século XXI chegará a Maomé [mesmo a contragosto]. No Egito, uma empresa chinesa lançou o Gigimo, um simulador de virgindade. O Gigimo consiste em uma pequena ampola flexível que deve ser colocada, evidentemente, no interior da vagina. A ampola rompe-se durante a relação sexual produzindo um pseudo-sangramento.

No website promocional, o texto redigido em inglês ruim, promete: Perdeu a virgindade? Não se preocupe mais! [Seus problemas acabaram!] Com este produto você poderá ter sua primeira note a qualquer momento. Adicone alguns suspiros e gemidos e o sucesso é garantido!

[Acima, tradução livre deste editor. Texto original: No more worry about losing your virginity. With this product, you can have your first night back anytime... Add in a few moans and groans, you will pass through undetectable]. O Gigimo custa cerca de 53 reais, 19 libras inglesas].

A circulação do produto provocou protestos entre líderes religiosos do país. O Sheik Sayed Askar, membro do partido político Muslim Brotherhood [Irmandade Islâmica] comentou: Permitir a entrada deste produto no mercado será uma marca de vergonha para o governo. Esse protudo encoraja relações sexuais ilícitas. A cultura muçulmana proibe essas relações.

O proeminente intelectual [muçulmano] também condenou o Gigimo: Eu acho que a importação desse produto não deveria ser permitida porque isso trás mais danos que benefícios. Quem importa este produto deveria ser punido.

Todavia, as consumidoras potenciais não pensam assim. Muitas mulheres receberam bem a idéia do Gigimo. A ativista pelos direitos das mulheres, Marwa Rakha escreveu em seu blog: Essa virgindade artificial é um tapa na cara da hipocrisia da cultura árabe que condena, reprime a sexualidade feminina enquanto fecha os olhos para a promiscuidade dos homens.

No contexto dos costumes muçulmanos, sobrevive o gortesco costume da exibição do lençol manchado com o sangue genital da noiva virgem. Toda a família tem de ter certeza de que a mulher era intocada. Um mega-mico! Passar no teste da virginda na noite de núpcias é vital; até porque, uma jovem que não sangrar pode, muito facilmente, ser condenada à morte sem julgamento.

Nos países muçulmanos, a reconstrução cirúrgica do hímen é amplamente conhecida mas este é um método para ricos. O preço é completamente impensável para mulheres pobres: 115 libras ou 325 reais. O Egito, embora seja considerado um país mais liberal que outrosm, muçulmanos, do Oriente Médio, ainda registra um número significativo dos chamados crimes de honra.

* O Gigimo não é exatamente uma novidade. Em tempos primevos, ainda na primeira metade do século XX e além, com certeza, mulheres que escorregaram e caíram no quiabo com/ou de outrem, que não o noivo, na noite de núpcias, utilizavam uma espécie gigimo caseiro paraevitar uma possível desmoralização ou coisa pior pública. Tal gigimo, bolsinha de sangue, era confeccionado com a mais fina pelanca de galinha e recheado com sangue diluído da penosa mesmo. O resto, era cena de cinema.

Fonte: CHIVERS, Tom. Egyptian politicians call for Gigimo Artificial Virginity Hymen kit to be banned
IN Telegraph, UK ─ publicado em 06/10/2009
[http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/africaandindianocean/egypt/6264656/Egyptian-politicians-call-for-Gigimo-Artificial-Virginity-Hymen-kit-to-be-banned.html]






segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Batboy: Ecovisão




Inglaterra ─ Em Dorset [condado situado a sudoeste do país, costa do Canal da Mancha] na cidade de Poole, Lucas Murray [foto], um garoto de 7 anos [em 2009], cego de nascença, aprendeu a enxergar [a se orientar no espaço] através da produção de sons e da subsequente percepção do eco desses sons. O som que ele produz é um estalar da língua no céu da boca. A reverberação das ondas sonoras chocando-se contra os objetos em volta, retornam para Lucas que, rapidamente interpreta o retorno recebido em termos de distâncias, tamanhos, movimentos e formas.

A técnica [ou senso, sentido], chamada ecolocation [algo como localização pelo eco] é semelhante ao sonar utilizado pelos morcegos e pelos golfinhos. Lucas aprendeu a Ecolation em três dias de treinamento intenso quando tinha em torno de cinco anos. Hoje, ele é totalmente independente: não precisa de ajuda para brincar no playground, joga basquete, pratica escalada. Esse garoto vê com a pele, com o tato; e ele não é nem o primeiro nem o único. O intercâmbio e o potencial de interação dos recursos da percepção humana são misteriosos. Meditemos...

VEJA O VÍDEO NO The Sun

Fontes:
IRVINE, Chris. Seven-year-old blind boy 'uses echoes to see'
In Telegraph, UK publicado em 05/10/2009
[http://www.telegraph.co.uk/news/uknews/6260515/Seven-year-old-blind-boy-uses-echoes-to-see.html]
PYATT, Jaime. Blind batboy
In TheSun, UK publicado em 05/10/2009
[http://www.thesun.co.uk/sol/homepage/news/2667257/Blind-batboy-can-see-using-his-ears.html]





sábado, 3 de outubro de 2009

A Boneca de Dorian Grey *




Parece uma múmia mas não é. Trata-se de uma boneca comum, um brinquedo que envelheceu. Não, não ficou gasta. A boneca envelheceu mesmo! Ela foi comprada em boas condições, com a cara lisa como qualquer outra boneca. Estranhamente, coisa macabra! ─ seu aspecto foi mudando com o tempo, como se fosse uma criatura viva! [Pela facas do Brinquedo Assassino, Batman!]

Assustada, a família, que prefere manter-se anônima, guardou o brinquedo no sótão; e lá ficou a coisa durante 11 anos. Ao ser retirada do local, estava murcha, decrépita, enrugada. Sem mais o que fazer, os proprietários colocaram a boneca à venda no eBay. A causa do fenômeno: mistério. VEJA NO YouTube

* Referência ao livro O Retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde. No enredo, um dandi inglês faz um pacto com forças ocultas e enquanto o jovem apronta todas na noite londrina, seu rosto permanece angelical enquanto seu retrato, pintado a óleo, escondido no sótão, toma feições monstruosas e velhacas.

Fonte: The Doll That Aged
In Daily Express, UK ─ publicado em 27/09/2009
[http://www.express.co.uk/posts/view/130179#]



quinta-feira, 1 de outubro de 2009

COROT-7b - O Planeta Inferno


Projeção artística do COROT-7b
Photo: EUROPEAN SOUTHERN OBSERVATORY



Astrônomos da Washington University, Saint Louis ─ estado do Missouri [EUA], descobriram um planeta onde chovem pedregulhos e pedras caídos de nuvens feitas de rochas vaporizadas. O estranho COROT-7b gira em torno de uma estrela anã laranja, na constelação de Monoceros, distante da Terra 490 anos luz. O calor de sua superfície é tão intenso que ali as rochas fervem. Um inferno. O COROT-7b tem cerca de duas vezes o tamanho da Terra porém sua densidade similar a este planeta azul. Sua estrela rainha é muito próxima, situada a 1,6 milhões de milhas de distância: 23 vezes mais perto do que Mercúrio é próximo Sol.

Essa proximidade significa que o sistema gravitacional estabelecido na relação do COROT-7b com seu sol anula o movimento de rotação planetária, tal como acontece com a Lua em relação à Terra: somente uma das faces do planeta recebe a luz da estrela enquanto a outra permanece em eterna escuridão. Deste modo, metade do planeta é uma geleira onde a temperatura chaga a 50º negativos; em contraste, a face iluminada é uma caldeira fervendo a 2800º C [centígrados].

Os cientistas ainda não podem determinar com precisão a composição química do orbe mas é certo que as rochas fervem e evaporam formando uma atmosfera mineral. Quando essa atmosfera recebe o choque de uma frente fria proveniente do hemisfério gelado, a rocha vaporizada se condensa formando pedregulhos que se precipitam como chuva no oceano de lava da superfície no hemisfério infernal. O COROT-7b foi descoberto em fevereiro [2009], pelo telescópio COROT, da European Space Agency. Os cientistas da Washington University foram os primeiros a investigar e desenvolver o modelo da atmosfera.

Fonte: CHIVERS, Tom. Hell planet where rock falls as rain found
In Telegrapg, UK ─ publicado em 01/10/2009
[http://www.telegraph.co.uk/science/space/6250618/Hell-planet-where-rock-falls-as-rain-found.html]




A Vila dos Anões Chineses


CHINA ─ em Kunming, sul da China, uma comunidade nas montanhas é habitada exclusivamente por anões. O lugar foi criado para abrigar aqueles anões que se sentiam discriminados vivendo entre as pessoas grandes

Na comunidade, eles têm sua própria polícia e corpo de bombeiros. São 120 residentes que resolveram transformar seu vilarejo em ponto turístico. Para tanto, trabalharam na arquitetura das casas, que têm forma de cogumelos e investiram em um visual de contos de fadas.

A iniciativa causou polêmica: alguns acham que o auto-isolamento dos anões em um distrito e fazer desse distrito um local de visitação pública, paga, isso, seria um retorno à Idade Média, quando os anões eram tratados como atrações de circo, monstruosidades. Outros, porém, acreditam que a Vila dos Anões Chineses é uma iniciativa empresarial válida especialmente porque foi idéia dos próprios anões.

Fonte: Dwarves found 'theme park' commune to escape bullying
In Telegrapg, UK ─ publicado em 30/09/2009
[http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/asia/china/6245665/Dwarves-found-theme-park-commune-to-escape-bullying.html]

Arquivo do blog