segunda-feira, 11 de outubro de 2021

👹 🚔 🚨 CRIMES DA SUPERSTIÇÃO.MULHERES QUEIMADAS: BRUXAS! ALBINOS: CRIANÇAS ALMADIÇOADAS 🚨

AFRICA. MOSCOU, 10 de outubro
RIA Novosti, Ksenia Marsina. 

Magia, assassinatos rituais, perseguição de albinos e crianças "amaldiçoadas" - tudo isso ainda faz parte do cotidiano da África Negra. 

Oito mulheres suspeitas de bruxaria morreram queimadas recentemente no Congo. As autoridades estão tentando lutar contra os costumes bárbaros; em vão. Os habitantes locais têm certeza de que é assim que honram as tradições de seus ancestrais. 

Mas além da tradição, das crenças, do medo - esses crimes têm um aliado poderoso: o dinheiro. Curandeiros enchem os bolsos, os própios e os das autoridades, para que façam "vista grossa" (relevem, deixem passar) aos crimes. 

QUEIMADOS VIVOS

A ativista de direitos humanos Nelly Adija, da Associação de Mulheres descreve o que está acontecendo na República Democrática do Congo

"De junho a setembro, foram registradas 324 acusações de bruxaria. Oito mulheres foram queimadas vivas, quatro foram levadas em uma direção desconhecida pelas chamadas milícias de autodefesa".

As mortes aumentaram na problemática província oriental, onde grupos armados operam há muitos anos. Os ataques foram provocados pelos badjakazis, autoproclamados curandeiros. 

"Esses médiuns manipulam as pessoas, jogam com sua credulidade, tentando ganhar autoridade em suas aldeias. No Congo, contradições étnicas e sede de poder se entrelaçaram tragicamente", disse o jornalista sudanês Maaz Alnugomi em uma entrevista à RIA Novosti.

A situação é semelhante na Tanzânia. Mulheres com mais de 60 anos são perseguidas lá. Desde o início do ano, ocorreram seis assassinatos. 

Os siloviki reclamam que é quase impossível encontrar os culpados. A cada ocorrência, os anciãos garantem que foi a multidão que fez. Ninguém cita nomes.

Na Gâmbia, com a mudança de governo, a "caça às bruxas" diminuiu, mas não completamente. Há dez anos, no governo do presidente Yaya Jammah, pessoas com vestes vermelhas com rabo de vaca e chifres podiam prender qualquer pessoa escoltados por soldados e policiais armados. 

De acordo com a Anistia Internacional, os suspeitos pegos pela "milícia" foram forçados a beber uma poção alucinógena e confessar sua feitiçaria. Milhares sofreram nos expurgos; alguns morreram.

CAÇA AOS ALBINOS
Mulher albina na ilha de Ukerewe, na Tanzânia

Na África central e sul do continente, nascer albino é maldição. Para a família significa um desastre: problemas. 

Os albinos são caçados: partes do corpo de albinos são muito procuradas por curandeiros da Tanzânia, Quênia e Congo que fazem amuletos com elas. Alguns órgãos custam cerca de mil dólares, uma pequena fortuna em termos de África.

Anteriormente, pessoas de pele clara eram mortas e, na maioria das vezes, impunemente. As vítimas eram dadas como desaparecidas. Agora, sob a ameaça da pena de morte, eles evitam matar mas, continuam mutilando pessoas.

“Esses crimes são promovidos por indivíduos que se autodenominam curandeiros tradicionais. Dizem receber “espíritos ” aque conselham quem os procura desde que a sessão seja paga. Fazem rituais nos quais cabras ou galinhas, geralmente, são sacrificadas. Quando isso não ajuda, mais "ingredientes" e "taxas" são exigidos - explica Alnugomi.

Eles rejeitam crianças com deficiência e aquelas cuja mãe morreu no parto acreditando que estão fazendo uma boa ação: eles dizem, o bebê foi para os deuses ou espíritos - isto é, "para casa dos verdadeiros pais".

GÊMEOS
Na Nigéria, se com o tempo eles não forem mais parecidos, eles acreditam que um deles morrerá em breve. Os pais começam a se vestir e pentear os cabelos da mesma maneira, apenas para enganar o destino maligno. “Em nosso país, eles pensam que os gêmeos têm uma alma e um destino para dois", explicou o analista político nigeriano Victor Asige à RIA Novosti.

Naquele país, a feitiçaria é proibida por lei e é punível com prisão. Até as crianças podem ser culpadas. Nos últimos anos, de acordo com dados oficiais, cerca de 15 mil pessoas foram reconhecidas como feiticeiros e bruxas, entre as quais há muitos adolescentes e crianças pequenas. A maioria foi expulsa de casa.

Em Angola, crianças órfãs são suspeitas de estarem “possuídas por demônios”. Estas, são espancadas, acorrentadas, não alimentadas, enviadas para abrigos ou jogadas na rua. 

Em algumas "famílias", muitos menores são declarados feiticeiros somente para que a "família" se livre da "boca extra".

Ativistas locais de direitos humanos são contra essa brutalidade. O humanista nigeriano Leo Igwe ficou gravemente ferido ao tentar resgatar dois adolescentes acusados ​​de bruxaria no estado de Akwa Ibom, no sul do país. Ele foi preso e espancado. Leo Igwe considera tudo isso uma consequência da superstição.

DINHEIRO
Menino acusado de feitiçaria e agredido pelos pais em uma enfermaria do Centro Pediátrico Kimbondo, na República Democrática do Congo.

As autoridades dizem que tentam educar a população (🤡🎪Na África inteira tem uns 100 anos que 'otoridades, especialistas, pilantropos, a ONU tentam... estão tentando...). 

Existem unidades policiais especiais para combater os assassinatos rituais. Mas, na maioria dos casos, isso é inútil, já que muitos policiais também têm medo dos feiticeiros e são propen💲o💲 a fechar os olhos para os crimes.

Os líderes tribais, que julgam os casos, também ganham dinheiro com os "feiticeiros". Muitas vezes, os  julgamentos de "bruxas" são arranjados. Praticamente não há punição. 

O suspeito deve pagar ao líder uma quantia considerável e trabalhar para ele por cerca de um mês de graça. Os curandeiros locais prosperam, vendendo vários rituais e removendo "resíduos" (maldição, baixo astral, encosto, etc.).

Não há nada igual nos países árabes do norte do continente. Tudo ocorre na África Subsaariana - a chamada África Negra, que reúne mais de quarenta países. 

A África do Sul, uma das nações mais prósperas, não é exceção. Ali, existem as são bruxas oficialmente registradas. De acordo com a lei, para os não registrados há uma multa de 40 mil dólares ou dez anos de prisão.

Esses caçadores de bruxas e amaldiçoados atuam mesmo fora da África. Quando emigram, levam junto suas crenças.
 
Na Grã-Bretanha, foram registrados 80 casos de violência contra crianças suspeitas de bruxaria durante o ano. Isso aconteceu em famílias de pessoas do Congo. 

Os menores foram torturados, espancados e torturados. Mas se na Europa muitas organizações podem proteger uma criança, na África a situação é diferente. Mudanças parecem impossíveis no atual cenário da política mundial posto que antes de tudo é necessário destruir a mais poderosa de todas as maldições: a corrupção sem fim dos agentes públicos.

LINK 🔗
NOVEMBRO, 2010
Na África do Sul existe um movimento de medicina alternativa que assumidamente utiliza partes de corpos e órgãos internos de mortos na produção de poções supostamente curativas de males físicos e/ou espirituais. MATÉRIA COMPLETA

FONTE: 
Сожженные ведьмы и проклятые дети. На какие преступления толкают суеверия
РИА Новости (RIA Novosti), 10 de Outubro de 2021
https://ria.ru/20211010/witches-1753729450.html

sábado, 9 de outubro de 2021

⛲´📂 🧪 CIENTISTAS RUSSOS SINTETIZAM "ÁGUA DA VIDA"

#arquivorecuperado #tecnologiaproibida 
#bannedtechnology  📂  26/10/2006
A água d-ionized (d-ionizada) ou dead water (água morta) foi um projeto de pesquisa iniciado nos anos de 1990. 

Na época, a teoria de dois cientistas do Science Center of Applied Research (SCAR - Centro de Pesquisa de Ciência Aplicada) - Valentine Samoylov e Oleg Zaymidoroga - parecia um conto de fadas. 

Hoje, depois de anos trabalhando no projeto em suas próprias cozinhas, os cientistas obtiveram, finalmente, uma substância milagrosa à qual denominaram "água da vida", mas que poderia também ser chamada de "água da morte" - morte das doenças...

Oleg, proprietário de um mini-laboratório em Dubna, conta que desde os primeiros experimentos, feitos praticamente sem equipamento adequado, o objetivo pretendido era produzir uma água completamente livre de íons metálicos, microorganismos e qualquer outra impureza; na verdade, em condições naturais, não existe, em todo o planeta uma água assim. Oleg foi para a Itália aprimorar seus experimentos em laboratórios de física:

"Nós começamos purificando água comum, de torneira. Essa água foi tratada em filtros que removeram até 95% dos íons metálicos. A seguir, eliminamos íons radioativos e os isótopos pesados de oxigênio e hidrogênio

Finalmente, eliminamos os microorganismos, que, a essa altura, estavam mortos; assim conseguimos uma água milhares de vezes mais estéril que qualquer outra solução artificial, a água d-ionized.

Então, eu pensei, o que aconteceria se eu usasse essa água para lavar as impurezas incrustradas dentro de uma chaleira?

Entreguei o caso a minha esposa e ela usou a d-water em uma velha chaleira que continha sujeira acumulada de muitos anos. 

A água purifcada ferveu naquele recipiente e todas as incrustrações desapareceram no ralo. Então eu pensei em usar essa água para despoluir reatores nucleares e, por que não, o próprio corpo humano. Imagine quantas pesssoas podem ser curadas com essa água milagrosa."

Imediatamente, os cientistas ofereceram o produto ao Surgical Institute of Vishnevsky e ao St. Petersburg Institute. Recentemente, os testes biomédicos chegaram ao fim. A conclusão foi surpreendente: os resultados mostram que a água superpura pode curar infecções e tumores. 

Em casos de moléstias do sangue, restaura o DNA e apressa a cicatrização de feridas. Em canceres, a água atua sobre a molécula bio-energética ATF evitando a multiplicação das células cancerosas ou seja, interrompe a metástase; o tumor para de crescer.

Especialistas de St. Petersburg também experimentaram a água em laboratório no combate à diabetes; em ratos, injeções da substância recuperaram a capacidade do organismo produzir insulina. 

Entretanto, a água da vida pode se transformar em água da morte se for consumida de maneira errada. 

Em excesso, esta água elimina rapidamente reservas de metais, sais minerais e mata as bactérias úteis ao metabolismo, como as que vivem no sistema gastrointestinal. Isso provocaria um choque no organismo podendo lesionar orgãos vitais, como fígado e rins.

Por enquanto, a água superpura não poderá ser comercializada. Ainda há muitas etapas burocráticas a vencer antes que ela possa ser disponibizada para venda em farmácias mas os cientistas já estão utilizando o líquido em âmbito particular. 

Eles mesmos se tratam com a água e a esposa de Oleg beneficia-se com os efeitos cosméticos da descoberta: todos os dias ela lava o rosto com a água da vida; a pele está rejuvenescendo. Os cientistas já pensam em lançar o spray da juventude.

FONTE
[https://english.pravda.ru/health/85185-water/]
[acessado em 09 de Outubro de 2021]
PRAVDA ENGLISH - publicado em 24/10/2006
por Moskovskiy Komsomolets (russo) | Natalia Vysotskaya (inglês) tradução: Lygia Cabús

sábado, 2 de outubro de 2021

🤡 👺 🚔 XAMÃ NO XADREZ: ELE QUER EXORCIZAR PUTIN

Alexander Gabyshev, 52 ANOS (em 2021, nascido em 1958 - DAILY MAIL, 2019), é um ex-soldador, encanador e carpinteiro que adotou o xamanismo na tradição de seu povo, os Sakha, há mais de uma década, após a morte de sua esposa. Ele disse que viveu como um eremita na floresta da Sibéria por mais de dois anos.
SHAMAN IN PRISON: HE WANTS EXORCISE PUTIN

RUSSIA, 2019. Quinta-feira, 19 de setembro de 2021. Alexander Gabyshev (Александр Габышев), 52 anos (em 2021), originário da república de Sakha, residente da cidade de Yakutsk, que se apresenta como um xamã-guerreiro da Sibéria foi preso por forças de segurança durante sua marcha mística até Moscou, a pé - uma distância 8 mil quilômetros a percorrer. 

Na capital, ele pretendia libertar a nação mediante um procedimento simples: o xamã afirma que é necessário fazer um ritual de exorcismo NO presidente Vladimir Putin ou, na expressão dele: "purgar" o presidente em 2021. 

O diagnóstico de Gabyshev significa, xamanicamente falando, que o presidente precisa ser exorcizado pelo bem do país. Gabyshev está declarando que a pessoa do mandatário está possuída por um demônio. 

Significa que a Rússia estaria sendo governada por uma entidade trevosa que está "inquizilando" - operando com energias negativas - em todo o território nacional. Com a adesão de muitos à causa, Alexander Gabyshev que começou a jornada em março. 

Em julho (2019), quando chegou à cidade de Chita (Чита) - falando para cerca de 700 pessoas sob o lema "Rússia sem Putin!" - o xamã afirmou: 

"Deus me disse que Putin está possuído por um demônio que devo expulsar. É por isso que estou caminhando lá, para expulsar o demônio. No início, tentarei com métodos pacíficos, como reuniões de pessoas e comícios. Se não acontecer por meios pacíficos, haverá outros".

"O objetivo do que estou fazendo é criar uma Rússia diferente, que deve ser jovem, nova e aberta ao mundo. O poder tem que estar com as comunidades locais, todos têm que ser iguais. É hora de criar uma nova história do planeta Terra" (DAILY MAIL, 2019).

O exorcismo consistiria acender uma fogueira perto do muro do Kremlin na Praça Vermelha e alimentá-la com crina de cavalo e leite de égua fermentado. O processo também envolverá bater um tambor de couro e fazer uma oração, relatou ao New York Times. 

As autoridades não gostaram... Os russos, não obstante o longo tempo de política ateísta oficial e especialmente aqueles que pertencentes às "zelites", têm uma cultura extremamente forte de crenças arraigadas em magia e todo tipo de fenômeno sobrenatural (vidência, telepatia, telecinese, aparições de seres estranhos etc.). 

POLÍCIA


Alexander Gabyshev já havia caminhado cerca de 3 mil quilômetros, seis meses desde a partida, quando foi preso. Ao longo do caminho, andando pelas ruas, nas vilas, estradas, falando com o povo, o Xamã atraiu a atenção de muita gente, simpatizantes, ONGs 😱 e, enfim, seguidores que se juntaram à marcha rumo a Moscou.

Não foi o primeiro encontro com "os homens da lei": no início de setembro - 2019, vários de seus apoiadores foram presos em Ulan-Ude e dois carros usados ​​na marcha foram confiscados. 

Os protestos contra as prisões em Ulan-Ude começaram já em 9 de setembro, mas foram violentamente dispersos pela polícia três dias depois.

NA MADRUGADA de 19 Setembro de 2019 - cerca de 50 agentes mascarados, fardados e a paisana, fortemente armada com rifles automáticos e cassetetes, sem aviso, sem olá: invadiram o acampamento do xamã, que estava instalado para o pernoite na fronteira da República da Buriácia com a região de Irlutsk.

O homem foi preso e levado em um ônibus em direção a Ulan-Ude (capital da Buriácia). Ao que tudo indica, dali, ele foi embarcado em um avião e despachado para sua cidade natal, Yakutsk, no Extremo Oriente da Rússia. 

Em Yakutsk, foro competente para o processo que foi instaurado contra o cidadão, o xamã foi acusado de crime: organizar um movimento extremista. Ao fim das "apurações" Gabyshev foi declarado “louco” por avaliadores psiquiátricos. 

Seus advogados dizem que o Serviço de Segurança Federal, sucessor da KGB, informou-lhes, na semana passada, que seu cliente precisava de tratamento psiquiátrico (NTYIMES, 09OUT2019).

“Isso é muito assustador - o que realmente temíamos”, disse um dos advogados, Boris Andreyev.

A equipe ⁉de Gabyshev (Oxxxxx, o xamã humilde tem equipe) afirma que vai lutar contra a tentativa de interná-lo, um processo que pode levar meses. Nesse ínterim, ele está sob ordens de não deixar Yakutsk.

ANISTIA INTERNACIONAL

A prisão do Xamã mobilizou a "opinião pública" - ou seja, as ONGs e "Foundations" que sequestram iniciativas populares espontâneas e as transformam em campanhas publicitárias de oposição política controlada a serviço dos "donos do mundo", apátridas, hoje claramente identificados como globalistas, os mesmos que estão implantando a Nova Ordem Mundial com todas as suas implicações nefastas à Humanidade. 
A Amnesty International (Anistia Internacional, uma ONG atuante em mais de 70 países) foi acionada e manifestou-se. A Diretora da ONG, na Rússia, Natalia Zviagina (foto acima), disse:

“As ações do xamã podem ser excêntricas, mas a resposta das autoridades russas é grotesca. Eles estão realmente com medo de seus poderes mágicos? Aleksandr Gabyshev deve ser livre para expressar suas opiniões políticas e exercer sua religião como qualquer outra pessoa.

“O que parece uma história do folclore russo tornou-se, na Rússia de hoje, apenas mais um ato de supressão brutal dos direitos humanos. Desde que Aleksandr Gabyshev começou sua jornada épica, ele não cometeu nenhum crime e sua detenção é arbitrária e pode equivaler a um desaparecimento forçado.

“As autoridades russas devem revelar o destino e paradeiro de Aleksandr Gabyshev e libertá-lo imediata e incondicionalmente. Ele é prisioneiro de consciência privado de liberdade unicamente por exercer pacificamente seus direitos à liberdade de expressão e reunião.”

HOSPÍCIO


Mas, a anistia não aconteceu. O xamã foi dado como perturbado do juízo e permaneceu internado no hospital psiquiátrico. A partir de então seu comportamento tem sido contraditório. 

Foi liberado do internação uma primeira vez sob recomendação de se tratar em casa e comparecer ao médico para revisões periódicas obrigatórias. Disse que recomeçaria a caminhada; depois declarou que desistia. Voltou a declarar uma retomada e foi novamente recolhido ao hospício.

11 DE OUTUBRO 2019
Xamã siberiano jura retomar jornada de 'Exorcismo de Putin' após prisão por extremismo:
"Senti plenamente o retorno da medicina punitiva, a falecida URSS"
Em vídeo publicado no YouTube em 10 de Outubro de 2019 [https://www.youtube.com/watch?v=kmhdwCAfHWo]

29 JULHO DE 2020 
Xamã Siberiano Desiste da Cruzada Anti-Putin
Depois de ser liberado do asilo psiquiátrico onde foi internado por ordem judicial no início deste ano, em um comunicado divulgado pela mídia local, Alexander Gabyshev disse que deseja se concentrar em sua saúde e vida pessoal. "Para colocar minha saúde em ordem, eu tenho que viver por conta própria agora..." disse ele. “Vou cuidar dos meus dentes, colocar meus documentos em ordem e pensar em trabalhar no futuro".

15 DE JANEIRO 2021
Em Janeiro de 2021, o Xamã mudou de idéia mais uma vez e começou a anunciar planos de retomar sua cruzada para “exorcizar” Putin. Deu entrevistas; comentou abertamente o fato em seu grupo no Telegram. 

"O xamã yakut Alexander Gabyshev planeja iniciar uma nova viagem a Moscou em março de 2021. Ele anunciou isso em uma entrevista com a redação de Sibir.Realii, observando que pretende "cavalgar um cavalo branco pelas terras ancestrais" em Yakutia, e depois chegar a Irkutsk..."

Na ocasião desta reportagem, um grupo especial no app Telegram, os partidários do xamã discutem seu programa político. Ele concordou em dar uma entrevista apenas neste grupo. Alguns trechos da conversa abaixo: (Integra no link ▶  Сибирь.Реалии - SIBERIA REALIDADES, 2021):

P - A primeira tentativa de marchar até o Kremlin fracassou. Você acha que na segunda vez terá permissão para chegar a Moscou?

X - Não tenha medo. Hora errada, circunstâncias erradas. A coragem moverá montanhas. Eu não tenho medo. Talvez amanhã (o que é muito provável) eles me levem e me matem. Estou pronto para isso. Sim, acho que vão tentar matar, porque ele não quis obedecer e não se calou.

P - Qual é o seu objetivo desta vez?

X - O objetivo continua o mesmo: chegar a Moscou, ao Kremlin, para lutar lá contra as forças das trevas, com espíritos malignos no poder. De acordo com a previsão, poderemos derrubar o demônio, e para isso vamos.

P - A última notícia sua foi no final de julho, após a segunda internação involuntária, quando você recebeu alta. Você disse então que quer cuidar da sua saúde, pensar no trabalho, "viver a sua vida". Pode ser entendido como se você tivesse abandonado a ideia de ir a Moscou. Você mudou de ideia agora? O que aconteceu? O que você quer de uma nova caminhada?

X  - Sim, no começo eu falei: "É isso, não vou mais peregrinar" e coisas assim. Mas você se esquece de que sou um guerreiro celestial e que a arte da guerra não é estranha para mim. Você tem que aplicar muito para vencer uma batalha, pessoal.

P - Quem vai te acompanhar? Você se comunica com alguém do sua equipe, como eles estão, eles entrarão?

X - Na campanha estarei acompanhado do meu destacamento; e não só do meu. Haverá muitos voluntários. Eu me comunico, é claro, mas agora estou sentado, estou conversando. O resto ainda está desaparecido, esperando nos bastidores. Quando a caminhada começar, todos aparecerão.

P - Por que em um cavalo branco e carros, e não a pé, como antes?

X - Branco para mim é um símbolo de pureza de pensamentos, um símbolo de liberdade, um símbolo de verdade. Por que - a cavalo? Porque é mais rápido assim. Quanto tempo perdi aqui enquanto eles me prendiam. (Risos) Agora não terei tempo de andar. 

E porque não de carro? porque eu, como xamã, uma pessoa espiritual, não devo perder o contato com a Mãe Terra. Ela me energiza. Bem, de carro, trem, avião - depois da vitória eu irei atropelar. 

P - Você precisa estar no Kremlin até uma certa data?

X - Sim, como xamã me foi predito que o demônio será derrubado em agosto de 2021. Nunca escondi essa data. Claro, não há tempo para alcançá-lo a pé...

Bien, A PROFECIA DO XAMÃ já deu "xabu". Estamos em Outubro de 2021 e Mr. Putin continua em em seu posto...

28 DE JANEIRO DE 2021
O hospital no qual ele esteve internado anunciou em seu site que Gabyshev foi colocado em confinamento involuntário porque não compareceu a um check-up mensal. Segundo nota do hospital psiquiátrico regional de Yakutsk:

“Se um paciente com necessidade de acompanhamento ativo se recusa a continuar o tratamento [...] os médicos visitam a casa do paciente. Quando o paciente se recusa a abrir a porta a polícia tem a obrigação de ajudar os profissionais de saúde. O paciente está atualmente sob a supervisão de médicos da clínica”.

FORÇAS OCULTAS
Mikhail Khodorkovsky, atualmente exilado e residindo em Londres - providenciou uma verdadeira equipe de marketing para ação: em poucos meses o humilde xamã tem uma equipe de profissionais incluindo advogados e administradores de páginas de divulgação no Facebook e Instagram.

Após a última internação, Alexei Pryanishnikov - coordenador da assessoria jurídica do grupo de direitos humanos Open Rússia - o escritório Pravozashchita Otkrytki - que acompanha o caso do xamã, disse à AFP que a internação forçada é "outra tentativa das agências de segurança pública para impedir a viagem de Gabyshev a Moscou". Um dos advogados que atua na causa do "exorcista" é Boris Andreyev (THE NEW INDIA EXPRESS, 2021).

Neste ponto da "saga" pode-se observar que causa de Alexander Gabyshev, vem sendo "monitorada" por agentes políticos profissionais que são abertamente contra o governo de Vladimir Putin. Isso explica a divulgação do caso, os comícios realizados em praça pública com o xamã falando ao povo em microfones instalados em palanques. 
O PUNHO ERGUIDO E FECHADO: Um símbolo conhecido em todo o mundo, repetido por militantes das agitações sociais patrocinadas por globalistas em todos os países onde suas ONGs e Foundations atuam muitas vezes, infringindo, por meio de subterfúgios, a leis nacionais de não interferência estrangeira em questões internas.

O grupo de apoio jurídico, Pravozashchita Otkrytki (Proteção dos Direitos Humanos) que é diretamente relacionado ao ex-magnata do petróleo, o russo Mikhail Khodorkovsky, atualmente exilado e residindo em Londres - providenciou uma verdadeira equipe de marketing para ação: em poucos meses o humilde xamã tem uma equipe de profissionais incluindo advogados e administradores de páginas de divulgação no Facebook e Instagram.

O Pravozashchita Otkrytki trabalha em paralelo com a Open Russia, filial da Open Russia Foundation, estabelecida na Grã-Bretanha, em cujo conselho de curadores figuram conhecidos articuladores de política globalista como Henry Kissinger, Jacob Rothschild, Bill Bradley, Arthur Hartman e Mikhail Piotrovsky. Ou seja, o mesmo grupo de apátridas que passam gerações interferindo na autonomia de cada nação deste mundo.

FONTES
Shaman who was arrested during 5,000-mile trek to Moscow to 'exorcise' Vladimir Putin vows to re-start his journey after he was flown back to Siberia
DAILY MAIL, 11OUT2019
https://www.dailymail.co.uk/news/article-7562451/Shaman-trek-Moscow-exorcise-Vladimir-Putin-vows-start-journey.html
Siberian Shaman Vows to Resume ‘Putin Exorcism’ Trek Following Extremism Arrest
THE MOSCOW TIMES, Oct. 11, 2019
https://www.themoscowtimes.com/2019/10/11/siberian-shaman-vows-to-resume-putin-exorcism-trek-following-extremism-arrest-a67683
Siberian Shaman Gives Up Anti-Putin Crusade
THE MOSCOW TIMES, Jul. 27, 2020
https://www.themoscowtimes.com/2020/07/27/siberian-shaman-gives-up-anti-putin-crusade-a70984
Anti-Putin Shaman Re-Committed to Mental Hospital
THE MOSCOW TIMES, Jul. 28, 2020
https://www.themoscowtimes.com/2021/01/28/anti-putin-shaman-re-committed-to-mental-hospital-a72759
Anti-Putin shaman forced into mental asylum again
"Бояться не надо, не то время". Шаман Габышев уверен, что его скоро убьют
RADIO LIBERTY/SIBERIA REALIDADES 15JAN2021 (15 января 2021)
THE NEW INDIAN EXPRESS, 29JAN2021
https://www.newindianexpress.com/world/2021/jan/29/anti-putin-shaman-forced-into-mental-asylum-again-2256736.html
SIBERIA REALIDADES, 15JAN2021
https://www.sibreal.org/a/31047358.html
AMNESTY INTERNATIONAL UK
Russia: detained Siberian shaman with 'magic powers' must be released19SEPT2019
https://www.amnesty.org.uk/press-releases/russia-detained-siberian-shaman-magic-powers-must-be-released
Armed police arrest 'warrior shaman' who wants Putin out of the Kremlin
EURONEWS, 27SEPT2019
https://www.euronews.com/2019/09/19/armed-police-arrest-warrior-shaman-who-wants-putin-out-of-the-kremlin
Народ – моя защита: Обращение Шамана Александра Габышева к Владимиру Путину
YAKUTIA INFO, 10OCT2019
https://yakutia.info/article/191591

YOUTUBE
Shaman On Trek 'To Topple Putin' Seized By Masked Men
Radio Free Europe/Radio Liberty CH, Sep 19, 2019
https://www.youtube.com/watch?v=iEPm_XLU2d0

REDES SOCIAIS
https://www.instagram.com/sasha_shaman_ykt/?hl=en
https://www.facebook.com/AlexanderGabyshevFreeNow/?ref=page_internal
MAIS
https://www.sourcewatch.org/index.php/Open_Russia_Foundation
https://ru.wikipedia.org/wiki/Открытая_Россия
https://meduza.io/en/news/2021/08/05/open-media-mbk-media-and-pravozashchita-otkrytki-shut-down-citing-risks-for-staff

🧠 #PARANORMAL 💥 👁‍🗨 O INCRÍVEL WOLF MESSING

Wolf Grigorevich Messing (1899-1974) foi um paranormal russo: telepata, leitor de mentes, via à distância e teve a sorte de sobreviver a duas catástrofes históricas: o Holocausto e o regime mortal de Joseph Stalin.

Filho de judeus, nasceu em 1899, em Gora-Kavaleiya, próximo a Varsóvia - Polônia, na época, parte do Império Russo. Na infância, sofreu de lunatismo, uma desordem de comportamento causada pela influência das fases da Lua.

Aos seis anos, foi mandado para uma escola religiosa onde se distinguia por sua devoção e sua incrível habilidade para memorizar orações. Ainda rapaz, saiu de sua terra natal de maneira inusitada: embarcou no primeiro trem que passava à sua frente.

Ia para Berlim; Messing não tinha a passagem; quando o bilheteiro entrou na cabine e pediu o ticket, Messing apanhou um papel no chão e mirando fixamente os olhos do homem, entregou o papel cheio de convicção de que era uma passagem. O fiscal aceitou sem ressalvas; Wolf Messing começou sua incrível história de paranormal.
 
Em Berlim, conheceu o psiquiatra e neurologista profº Abel, o primeiro a perceber os incríveis poderes mentais e habilidade de controlar o próprio corpo. Abel começou a conduzir experiências de leitura da mente.

Messing podia colocar a si mesmo em estado de catalepsia - uma espécie de transe, estado alterado de consciência. Nesse estado, podia "ver o futuro". O jovem Messing começou, então, a trabalhar no Panopticum de Berlim - um circo, um teatro de variedades. No leste europeu, os shows com paranormais são muito comuns.

O profº Abel estava espantado com os resultados das experiências. Messing podia entender comandos mentais, que executava com precisão. Ele treinava indo ao mercado de Berlim ler a mente dos vendedores. Era um adolescente ainda. Abel começou a orientar exercícios de superação da dor e Messing tornou-se tão hábil quanto um faquir. Com o dinheiro das apresentações ajudava a família.
 
Aos 16 anos viajou. Era sua primeira turnê. Ele era muito mais que uma simples atração de entretenimento. Usava os espetáculos para executar um programa "experimentos psicológicos" - e assim conhecer melhor e aprimorar seus poderes, interagindo com o público: executava comandos, sabia a vida das pessoas sem nunca tê-las visto, encontrava objetos perdidos.

Sua fama cresceu e atraiu a atenção de Albert Einstein. Na casa de Einstein, conheceu Freud que fez com ele experiências mentais. Freud lhe ensinou a arte da concentração e do auto-hipinotismo. Messing conheceu muitas outras personalidade famosas, como Gandhi, em 1927.

Em 1917, começou uma tournée internacional surpreendendo as pessoas em todo o mundo. Em 1921 tinha um famoso medium como empresário. Fez inimigos entre os charlatães que tramavam contra ele porém, Messing descobria os planos dos rivais usando sua apurada percepção. Resolveu crimes recuperando coisas valiosas.

Inimigo do Terceiro Reich

Em 1937, Wolf Messing entrou para a "lista negra" de Aldolf Hitler. Durante um espetáculo, em Varsóvia, profetizou a derrota dos alemães se tentassem invadir a Rússia. Hitler, que era fascinado por poderes místicos, reagiu mal às declarações.

Ficou histérico... e os nazis colocaram a cabeça de Messing "a prêmio" por 200 mil marcos. Não se sabe ao certo se Hitler queria o paranormal morto ou se pretendia usá-lo em cativeiro. Messing teve de esconder por um longo tempo.

Em 1939, chegou a ser preso em Varsóvia, embaraço do qual se livrou graças a seus poderes. Trancado, dominou mentalmente os guardas para que fossem à sua cela, abrissem e se deixassem trancar lá, no lugar dele. Em fuga, foi para a União Soviética.

Stalin
Na União Soviética encontrou a proteção Panteleymon Ponomarenko, lider comunista na Bielo Russia. Voltou a se apresentar em público até que a polícia secreta (NKVD) apareceu e interrompeu o espetáculo.

Messing foi levado a Moscou para conhecer pessoalmente Joseph Stalin. Stalin estava interessado em Messing; embora não fosse religioso, o ditador considerava possíveis as faculdades paranormais. Para testar Messing, Stalin mandou que assaltasse um banco.
 
Roubando um Banco

Messing, seguido por um esquadrão de polícia, caminhou até o Banco Central, em Moscou, e ali se apresentou dizendo que tinha uma ordem de pagamento de 100 mil rublos. Abriu sua pasta diante do homem do guichê e foi prontamente atendido.

Deixou o edifício com o dinheiro provando seu poder; mas retornou para devolver a quantia. O caixa, ao ver o dinheiro, foi tomado de forte comoção e sofreu um ataque cardíaco. Messing ficou feliz quando soube que o homem tinha sobrevivido.

Stalin ficou convencido e a fama veio imediatamente. Wolf Messin se transformou em um tipo de superstar. Sua assistente, Valentina Ivanovskaya, conta que Messing conheceu Beria, Voroshilov, Kalinin e outras personalidades soviéticas. Stalin e Lavrenti Beria - chefe da polícia secreta, decidiram testar as habilidades hipnóticas novamente.

Messing deveria sair do Kremlin sem passe e vencer a barreira dos guardas. Messing se foi e ninguém o abordou ou barrou seu caminho. Ele encontrou os líderes soviéticos na rua; tinha feito os guardas acreditarem que ele, Messing, era o próprio Stalin.

Voltando ao Kremlin, captou o pensamento de um sentinela: Você é sujo", judeu - pensou o guarda. O telepata golpeou o guarda na nuca usando o pensamento e o sentinela caiu. Messing foi consultado várias vezes pelos líderes soviéticos e reunia-se com a elite do partido e oficiais da polícia secreta em uma atividade extremamente desgastante.
 
Entre 1943 e o fim da guerra as apresentações foram suspensas. Nesse tempo, o governo soviético teria requisitado seus serviços em uma missão de espionagem na Sibéria. Não há menção a esse período na biografia do paranormal.

Algum tempo depois do recolhimento de Messing, os alemães invadiram a Rússia. Messing foi convidado a falar com a cúpula do Forças Vermelhas. Ele previu uma guerra feroz com a Alemanha que terminaria entre 3 a 5 de maio de 1945 com vitória soviética.

Stalin foi informado sobre a previsão e quando a guerra acabou, o chefe soviético mandou um telegrama de congratulações para o "profeta". Messing guardou este telegrama durante anos.

Messing doou seu próprio dinheiro para a construção de dois aviões de guerra e ajudou seu país por adoção muitas outras vezes. Sua família tinha sido dizimada no Holocausto. Com o fim da guerra voltou a fazer apresentações públicas e foi atração da TV.

Paranormalidade
Durante a guerra o telepata fez muitas performances em unidades militares soviéticas e hospitais. Suas misteriosas faculdades intrigavam os ideólogos comunistas da propaganda materialista.

Em 1950 a Instituto de Filosofia da Soviet Academy of Sciences publicou uma análise declarando que as habilidades telepáticas de Messing eram baseadas na interpretação dos reflexos do pensamento da pessoa no sistema neuro-motor ou seja, na verdade Messing estaria "lendo" os movimentos involuntários e inconscientes. 

Os cientistas proclamavam que "telepatia não existe"; o pensamento humano não pode "existir" fora do cérebro ou do mundo material.
 
Messing acreditava na existência de um "campo" especial responsável pelas comunicações telepáticas. Achava que isso deveria ser pesquisado. Era fascinado pela hipnose; em sua juventude, na Polônia, usara a telepatia para produzir cura de doenças mentais.

Também podia ver o futuro e não escondia que acreditava na clarividência. O mais difícil ao explicar esse fenômeno era compreender a essência do tempo e sua conexão com o espaço e a interconexão entre passado, presente e futuro. Wolf Messing trabalhou até 1974.

Falava fluentemente polonês, russo, hebreu e alemão. Morreu em 1975 e foi enterrado junto de sua esposa no cemitério de Vostryakovsky, Moscou. A KGB confiscou seus diários pessoais e notas imediatamente após sua morte. O conteúdo desse material jamais foi divulgado.

* A page Tothweb, fonte deste texto, está fora da rede.

quinta-feira, 30 de setembro de 2021

📂 TEXTO RECUPERADO 🐺 OS LOBISOMENS REAIS DE PERM, NA RÚSSIA

Vladimir Kon, pesquisador de fenômenos paranormais, observa que a solução de integração social deste lobisomem encontrou, prestando serviço à comunidade como policial, é um caso raro. O especialista acredita a que a "maldição de família" pode ter uma explicação científica.

#RUSSIA. #LOBISOMEM. Leonid Kliuchevskiy, de Perm, anunciou que pertence a um antigo clã de lobisomens. Todos os homens de sua família são possuem cabelos e pêlos cinzentos e uma marca verde na face. Curiosamente, Kliucheviskiy é um oficial de polícia.

Ele descobriu sobre essa característica ancestral no funeral do pai. Sua bisavó insistiu para que cortassem os tendões dos calcanhares do morto e que sua boca fosse preenchida com moedas. 

Mais tarde, para surpresa do neto, ela explicou que o procedimento era necessário para que o "lobisomem" não viesse a se tornar um vampiro.

O pai de Leonid lutou contra a maldição da família toda a sua vida. Durante as noites de lua cheia ele bebia bílis (secreção da vesícula biliar) para escapar às mutações: 

"Naqueles dias ele podia ficar muito agressivo, seus olhos brilhavam na escuridão e sua voz parecia o rosnado de um animal. Depois a mesma coisa começou a acontecer com meu irmão mais velho" - relata Kliuchevskiy.

Os sintomas da maldição começam na adolescência: "É difícil descrever minha experiência. Pouco antes da lua cheia eu sofro com terríveis dores de cabeça, sinto-me agressivo e ansioso. Minha face se alonga, os pêlos do meu corpo se multiplicam, meus dedos se encurvam a minha percepção de sons e cheiros torna-se muito aguçada"

Leonid e seu irmão tornaram-se policiais e usam seus sentidos aguçados (olfato, audição, visão) no serviço de patrulhamento.

Os lobisomens são, geralmente, associados a forças malígnas porém a mitologia eslava original, possuía uma tradição diferente da européia ocidental. Entre os eslavos, os lobisomens têm características positivas; servem aos deuses e não aos demônios.

Vladimir Kon, especialista em fenômenos paranormais, explica que a maldição de família pode ter uma explicação científica: 

"Ao longo da história humana sempre existiram indivíduos com desvios psicológicos e/ou de percepção; algumas dessas alterações podem funcionar como dons especiais. 

Essas anormalidades são passadas de geração em geração. São genéticas, hereditárias. Leonid pode ter preservado os instintos de seus ancestrais mais recuados. Estes instintos se manifestam durante a lua cheia que, sem dúvida, exerce influência sobre os 'humores' (metabolismo) dos homens".

Realmente, distúrbios de saúde e comportamento de seres humanos durante a lua cheia são bastante conhecidos e comprovados. Existem evidências que a epilepsia, o sonambulismo e outros quadros psiquiátricos sofrem sensíveis alterações durante a lua cheia.

LENDA DA FAMÍLIA

No início do século XVI, vivendo na Bielo-Rússia, um ancestral de Leonid apaixonou-se por uma jovem marcada. Em sua aldeia natal ela era considerada uma bruxa que poderia se transformar em uma loba. Apesar dos rumores, o jovem ferreiro casou-se com ela. 

Depois do casamento, ela conformou ao  marido que, de fato, era capaz de mudar sua forma humana para a de lobo. Mas, enquanto fera, ela não servia ao diabo, mas a Deus.  O casal fugiu do país. Foram para a vizinha Rússia.

“Naquela época, o homem-lobo era chamado com uma palavra especial: Volkodlaks, explica Leonid Klyuchevsky. “Entre os eslavos, o lobisomem era originalmente um personagem positivo”.

O fato de mudar de forma era anteriormente percebido como normal. Incomum - sim, mas de forma alguma horrível e perigoso. 

Volkodlaks eram chamados de "Cães de Deus" porque durante a transformação eles puniam apóstatas, feiticeiros negros e vilões. 

Mais tarde, com o advento do cristianismo na Rússia, a atitude em relação aos Volkodlaks tornou-se paulatinamente negativa. Os padres consideravam as conversas sobre eles um eco do paganismo e da heresia. 

FONTE
Werewolf serves the community  
PRAVDA ENGLISH - publicado em 09/10/2006
por Natalia Vysotskaya
tradução: Lygia Cabús

📂 📰 MESTRE KABIR DECIDE MORRER

#textorecuperado #2006
ÍNDIA. No vilarejo de Kanhiya, em Supol, distrito do estado Bihar - Índia, o mestre espiritual Baba Ram Prasad, de 80 anos, foi enterrado vivo por seus seguidores, do culto religioso Kabir Panth. 

Os discípulos de Baba Ram disseram que o mestre anunciou que entraria em Samadhi - ou seja, deixaria seu corpo físico voluntariamente, às 8:40 do dia 28 de novembro de 2006. O "feito" do "homem santo" é a realização de uma máxima iogue segundo a qual: "O iogue morre quando quer."

No dia e hora anunciados, o místico entrou em um caixão de madeira que foi depositado em uma cova previamente preparada. O enterro prosseguiu normalmente com a realização de rituais. 

Moradores do vilarejo assistiram à cerimônia e ninguém parecia incomodado por estarem sepultando uma pessoa viva. Nenhuma autoridade local interferiu. O sepulcro deverá se tornar um lugar de adoração.

Kabir Panth é uma seita que segue os ensinamentos de KABIR (1440-1512), um reformador social, revolucionário, santo e poeta do século 16. Há monastérios dos Kabir Panths em muitos locais da Índia. 

Os centros principais ficam em Kabirchaura Math em Benares, Uttar Pradesh e Dharam Das Math em Kawardha, Chhatisgarh. A ideologia original não admite o sistema de castas e muitos dalits (casta "inferior" indiana, os intocáveis) são seguidores ou simpatizantes da seita.  [KABIR PANTH IN WIKIPEDIA]

FONTE
Man Buried Alive, People Call it Samadhi 
WEIRD INDIA - publicado em 30/11/2006
tradução: Lygia Cabús

Marcadores

. mistério abduções Afeganistão África África do Sul Alaska Alemanha alienígena alienigenas alienígenas Alioshenka amazonas Amazonia Amazonia peruana América Latina animais gigantes anjos Antártida antigas civilizações antiguidade antropologia antropologia esotérica Anunnaki Arábia Saudita Argentina arqueologia arqueologia extraterrestre arqueologia insólita arquitetura Arte Ártico assombração astrofísica astronomia Atlantes Atlântida Austrália Austria Azerbaijão Baba Vanga baleias Báltico Bigfoot biologia biologia fantástica biologia marinha biologia ocultista bioquímica bizarro Bolívia Boriska Bósnia botânica Brasil bruxaria Buddha Boy budismo Bulgária California Camboja Canadá canibalismo casamentos bizarros Casaquistão catolicismo Cazaquistão celulares assombrados CERN cetáceos CHAMEM OS IRMÃOS WINCHESTER Chile China chupa-cabras chuva de peixes ciberassombrações ciência CIÊNCIA DE FRONTEIRA ciência do óbvio ciência e ocultismo ciências ocultas cipriano civilizações perdidas coisas da Índia coleção Colômbia comportamento conspiração conspirações costumes criaturas estranhas criaturas míticas crime criptozoologia cristianismo Croácia cultura inútil curiosidades Deus me defenda Dinamarca dinossauros Divina Comédia Drácula dragões druidas ecologia ecossistema Egito Emirados Árabes entidades não-humanas Equador Escócia esoterismo espaço espaço cósmico Espanha espiritismo espíritos espiritualidade estranha antropologia estranha arquitetura estranha biologia estranhas criaturas estranhas nuvens estranhas tradições estudo EUA evolução exobiologia exorcismo extraterreste extraterrestre fadas Falta do Que Fazer fanatismo fantasma fantasmas fatos estranhos fatos inexplicáveis feitiçaria fenômenos apocalípticos fenômenos atmosféricos fenômenos cósmicos fenômenos estranhos fenômenos naturais fenômenos sobrenaturais feral children Filipinas fim de um Tempo fim do mundo Finlândia fireball Física de Partículas Florida folclore fotos de fantasmas França genética geografia geologia Ghost golfinhos Grã Bretranha Hanuman Harry Potter Havaí hinduismo História história apócrifa história perversa Holanda holismo Hong Kong humandoll humanidades humanoide Hungria idade média ideia de jerico ieti ignorância Igreja Católica Ilha da Páscoa India Índia indigo children Indonésia inexplicável inferno inferno africano inferno comunista inferno muçulmano Inglaterra insólito inteligências não humanas Irã Irlanda Israel Itália Japão Jesus jornalismo Forteano Júpiter juventude eterna Kalachi Kazaquistão Kenia KGB Kolbrin Kraken Krasnodar Kung Fu Lady Green Lago Baikal lago Natron Laos Latvia lebres-do-mar lei Lemúria lenda lenda urbana lixo espacial lobisomem Loch Ness Londres Los Tayos lugares assombrados lugares misteriosos macabro macacos magia magia negra maias Malásia Malawi mamíferos marinhos mar Cáspio Mar dos Sargaços Marajó Marrocos Marte Matéria Escura Mato Grosso do Sul Máxico Mecca medicina meio-ambiente metafísica México michael jackson milagres miragem mistério mistérios mistérios cósmicos misticismo mitologia mitologia contemporânea mitos e lendas moda Mongólia monstro de loch ness monstros monstros do mar Moscou mudanças climáticas Mulheres na História múmia de Altai múmias mundo mundo animal mundos perdidos mutações mutantes Natureza natureza fantástica naufragios navios de piratas Nepal Nibiru Nicarágua Nigéria Nikola Tesla noética Noruega Nosferatu Nova Zelândia numismática objetos assombrados objetos estranhos objetos malditos Oceano Pacífico oceanografia ocultismo ondinas orbs Oregon ouija OVNI OVNI NA ARTE OVNI-Cubo OVNIs paganismo paleontologia Panamá Papa Francisco papado papagaio Papas Papua-Nova Guiné Papus Paquistão Pará Paraguai Paraíba paranormal pareidolia partenogênese pé grande peixe-lua peixes suicidas personagens históricos Peru pirâmides piratas Planeta Inferno plantas plasma-luz Pokaini política Polônia poltergeist poluição Popocatepetl Portugal pós-modernidade possessão post mortem povos misteriosos pré-história primatas Primeira Guerra Mundial prodígio profecias profetas psicologia psiquiatria Quênia química realidade fantástica realismo fantástico Reeks island reencarnação Reino Unido religião reptilianos rituais robótica Romênia Roswell Runah Shah Rússia Russian humandoll Saara sacrifícios humanos Santiago del Estero Santiago do Chile santo sudário São Paulo sasquash satanismo Saturno segredos da Lua Segunda Guerra seitas sereianos sereias seres mitológicos serpentes Sérvia sexo Shambala Sheldrake showbizz Sibéria Singapura Sobral-CE sobrenatural sociedade sociologia Sol Somália Sri Lanka Staffordshire strange clouds strange phenomenons SUDÃO Suécia Suíça superstições Swedenborg Tailândia Taiwan tantra Tanzânia Taro tartaruga tatoo tecnologia tecnologia antiga telefones assombrados telepatia Templários templos tenha medo teologia teosofia Teotihuacan Terra Terra Oca terremoto tesouros Texas Texoma texto recuperado Theodora Tibete time travel Titã Tocantins tradições transhumanismo Tratado elementar de magia prática tsunami tubarão Turcomenistão turismo Turquia Tutburycastle Ucrânia UFO UFO-Cubo ufologia UK ultrassom Universo Urano Uruguai USA Utha Uzbequistão Valeria Lukyanova vampirismo vampiros vaticano Venezuela vermes horrendos viajantes do tempo vida além da vida vidência video vídeo vídeos de fantasma Vietnam vikings VÔO MH370 voodoo voomh370 vórtex vulcanismo Washington windigo Wingan Wolf Messing yeti Zâmbia Zimbabwe zonas anômalas zoofilia zoologia zoombi zumbis