quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Plantas Estranhas - O Dedo do Diabo


UK. ESTRANHA BOTÂNICA. Uma planta rara e de aparência 'alienígena foi encontrada em uma floresta, ao sul da Grã-Bretanha pelo conservacionista Dan Hoare. 

Postada a foto da 'criatura na conta do Twitter, a imagem logo espalhou-se nas redes sociais e foi identificada.

Trata-se de uma espécie de fungo conhecido como 'dedo do diabo ou stinkhorn (Aseroe rubra, nemone stinkhorn ou fungo anêmona do mar). 

É nativa da Austrália e Nova Zelândia. Daí o espanto de ser encontrada tão longe de seu habitat natural.

Insetívora, a 'stinkhorn (algo como 'chifre fedorento) produz um gel pegajoso, com um odor característico que atrai suas presas.

Uma vez que a vítima é capturada na secreção, a planta se abre e projeta longos e finos braços vermelhos que digerem o inseto. 

De acordo com o Jardim Botânico Real de Kew (Royal Botanic Gardens, Kew - London), no Reino Unido, o dedo-do-diabo está proliferando no Ocidente e - atualmente - a espécie tem aparecido em toda a Europa.

FONTE
Misteriosa planta con aspecto alienígena es encontrada en un bosque de Gran Bretaña
TELEMUNDO, 23.12.2015
[http://www.telemundo.com/shows/2015/12/23/misteriosa-planta-con-aspecto-alienigena-es-encontrada-en-un-bosque-de-gran-bretana]

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Criatura repulsiva causa polêmica na rede

 
Sim, é um pênis na cabeça do monstro.  Esse é um dos elementos que mais surpreendeu os observadores. Não deixa de ser uma metáfora dramática da condição noética da Humanidade contemporânea.

MUTAÇÃO. A imagem apareceu no servidor de hospedagem de imagens Imgur. Até onde pôde ser apurado, é um filhote de porco nascido com graves e insólitas deformidades. 

Houve quem supusesse tratar-se de um extraterrestre. Outros acreditam que a criatura não existe, seria um fotomontagem. Não se sabe a origem do registro. De todo modo a polêmica foi estabelecida despertando em quem contempla a figura um misto de horror e repugnância.

FONTE
Repulsiva imagen de una supuesta criatura espacial sacude internet
EXCELSIOR/MÉXICO, 02.12.2015 
[http://www.excelsior.com.mx/global/2015/12/02/1060937]

Arquivo do blog