segunda-feira, 30 de maio de 2011

UNCUT – O Movimento dos Sem Controle, Holismo e Ecossistema


[www.uncut.org.uk]


REINO UNIDO – Em março (2011), em Londres, manifestantes do movimento Reino Unido Uncut (sem cortes, sem censura, sem controle), durante uma marcha em favor da plena liberdade individual, pela extinção das lideranças políticas, perderam o controle de si mesmos e invadiram várias lojas da Oxford Street. Isso ocorreu, muito possivelmente porque não havia, naturalmente, uma liderança supervisionando os manifestantes. Meditemos...

Este movimento, Uncut, que existe já em alguns países do mundo, pretendendo ser uma inovação da ordem social, mais parece uma espécie de reformulação da velha e malograda ideologia Anarquista. O Uncut acredita que os seres humanos podem se organizar em sistemas onde os indivíduos, embora estejam relacionados, não estão submetidos a qualquer hierarquia, controle ou liderança. Na teoria dos seguidores do Uncut os seres humanos podem se organizar sem líderes, por que a organização seria uma tendência natural de todas as coisas. Ou seja, o coletivo tende para harmonia.


O Arnarquismo não foi a única fonte de inspiração para os Uncut. Esse extravagante remake de fantasia tem seus precursores entre os anos de 1920 e 1930, fruto do pensamento de dois pesquisadores, rivais em seus pontos de vista. São eles: o botânico inglês Arthur Tansley (1871-1955) e o político, militar e filósofo auto-didata O marechal de campo britânico Jan Smuts (Jan Christiaan Smuts, 1870-1950).





Ecossistema

Arthur Tansley começou a desenvolver suas idéias depois de conhecer as obras do emergente prestigiado Sigmund Freud. Na verdade, Tansley chegou a conhecer Freud de perto: foi analisado pelo psiquiatra precursor da psico-análise. Fascinou-o, sobretudo, a concepção do cérebro como uma máquina elétrica, uma rede da qual flui uma certa energia e concluiu que a mesma situação se repete na Natureza.

De forma análoga, os complexos sistemas da vida natural são permeados por uma energia de conexão. Em 1935, Tansley cunhou um nome para o modelo de de conexão entre sistemas Naturais: Ecossistemas. LEIA O ARTIGO COMPLETO (português/free)

How the 'ecosystem' myth has been used for sinister means
CURTIS, Adam. IN The Guardian/UK, publicado em 29/05/2011
[http://www.guardian.co.uk/environment/2011/may/29/adam-curtis-ecosystems-tansley-smuts]
trad. ligiacabus@uol.com.br


quinta-feira, 26 de maio de 2011

O Tarado Paranormal Telepata do Zimbabwe


ZIMBABWE – Em uma cidade não nomeada (pela fonte, Morning Starr/UK) do Zimbabwe, um homem foi preso sob acusação de estuprar telepaticamente uma mulher.

O acusado atacou enquanto a vítima tomava banho. A mulher, de 23 anos, contou às autoridades que suspeitou do ataque durante o banho quando ouviu barulhos estranhos [!] vindo de fora, mais precisamente da janela do banheiro [!]. Uma rápida investigação flagrou o tarado seminu com o pênis [dele, o tarado], em estado de ereção, na mão [! dele! do tarado...].

O caso poderia ser caracterizado como um atentado ao pudor mas, a vítima queixou-se de ter sentido uma sensação peculiar em suas partes íntimas [não definida na reportagem], fato que, configura o caso como estupro telepático. O fenômeno (criminoso) abuso sexual telepático é reconhecido no país. Os zimbabweanos chamam este tipo de ataque de "mubo-bobo"...

De acordo com os feiticeiros-curandeiros o peculiar sentimento da vítima, naquela parte do corpo, e estando sozinha tipificam o mubo-bobo. 

Acreditam também que os atacantes têm a capacidade de penetrar... invisíveis, nos aposentos íntimos... das vítimas e NAS vítimas que nada veem, mas sentem, de forma táctil, como estivessem sendo sexualmente atacadas. Algumas, abordadas durante o sono, sequer têm conhecimento de que o abuso ocorreu.

Essa notícia tem como fonte somente o periódico The Morning Starr que pode ser considerado, sem medo de errar em juízo de avaliação, um jornal digital sensacionalista. 

O nome do tarado telepático do Zimbawe, neste caso, é citado no texto do The Morning como sendo Jealous Dube. 

É um tanto suspeito. Todavia, a prática do mubo-bobo ou mubobobo é verídica como revela uma rápida pesquisa eletrônica feita a partir dessa grafia da palavra: mubobobo.

Ao que parece, é comum no Zimbabwe que a prática de mubobobo apareça nas páginas policiais. Como na manchete a seguir, edição de outubro de 2010 do Zimbabwe News online: Man intimates with three women using magical powers. Meditemos...

FONTE: CLARKE, Jason. 
Supernatural rapist abuses women telepathically.IN The Morning Saterr/UK, publicado em 10/05/2011
[http://www.themorningstarr.co.uk/2011/05/19/supernatural-rapist-abuses-women-telepathically/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+TheMorningstarr+%28The+Morningstarr*%29]

terça-feira, 24 de maio de 2011

Weathertec - Ionização. Uma Usina Para Fazer Chuva


EMIRADOS ÁRABES UNIDOS - Capital: Abu Dhabi, uma cidade litorânea. O país pequeno, com 6,700 km² de território, localizado às margens do Golfo Pérsico, de frente para o Irã. É um lugar quente. Sua máxima de temperatura pode alcançar os 48º C; a mínima, entre 10 e 14° C em determinadas regiões. As chuvas prevalecem nas áreas montanhosas mas, em geral são escassas inclusive no litoral ou... eram. Na foto: panorâmica de Al Ain.

Em 2010, no estado oriental (a leste) de Al Ain, uma zona continental, longe do litoral e das montanhas, cinquenta chuvas foram provocadas utilizando usando uma tecnologia capaz de controlar o clima. Foram tempestades. Aconteceram no auge do verão, entre os meses de julho e agosto. Uma época em que simplesmente não chove. Nunca.



Também na capital do país, Abu Dahbi, as pesssoas foram surpreendidas pelas chuvas, muitas vezes chuva de granizo, acompanhadas de raios e vendavais. Secretamente, segundo reportagem do Daily Mail (janeiro, 20111), cientistas têm trabalhado para os Emirados, representado por seu presidente, o Xeique Khalifa bin Zaied Al Nahyan.

A tecnologia de controle do clima utilizada nos Emirados trabalha comionizadores gigantes. As usinas parecem um campo onde crescem altos abajures. Os ionizadores fazem o que o nome indica: criam átomos carregados negativamente: criam Íons. Os íons promovem a formação de chuva (água na atmosfera).


Uma Estação de ionização

Em um vídeo da empresa responsável pela execução do projeto, a Metro International Systems, vídeo que devia ser secreto, mas vazou... o fundador da Metro, Helmut Fluhrer, vangloria-se do resultado obtido. 

Acredita-se que essa foi a primeira vez que um sistema logrou produzir a chamada"chuva em céu claro". No passado, A China e outros países usaram tecnologias agressivas para conseguir "fazer chuva", usando produtos químicos para "semear nuvens.

Em junho de 2010, a Metro Systems construiu cinco estações ionizantes, cada uma aparelhada com 20 emissores capazes de liberar na atmosfera trilhões de íons formadores de nuvens. 

Ao longo dos quatro meses de verão nos Emirados Árabes, quando o nível de umidade do ar a 30% ou pouco mais, os emissores foram ligados. Então, contrariando todas as previsões meteorológicas, na região de Al Ain, a chuva caiu. Cinquenta e duas vezes em diferentes ocasiões, no período.

Os ionizadores também são econômicos. O sistema para a obtenção de água doce em uso nos emirados árabes são as Usinas de dessalinização (da água do mar). Para ser construída, uma dessas Usinas de dessalinização custa mais de 2 bilhões e 200 milhões de reais. 

Uma usina de ionização: cerca de 18 milhões e meio de reais. A manutenção do sistema de ionização Weathertec custa 16 milhões de reais por ano. A Usina dessalinizadora consome quase 120 milhões de reais.

FONTE: Have scientists discovered how to create downpours in the desert?IN Daily Mail/UK, publicado em 03/01/2011
[http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-1343470/Have-scientists-discovered-create-downpours-desert.html]

Irã-Ahmadinejah Acusa: O Ocidente Está Roubando a Chuva dos Muçulmanos


Mahmoud Ahmadinejahd acusa países ocidenais, liderados pelos Estados Estados Unidos, de conspirar para "causar a seca" no Irã usando alta tecnologia para drenar as nuvens de chuva.

IRÃ – Na cidade de Arak, província de Markazi, durante a cerimônia de inauguração de uma represa, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejahd fez uma declaração espantosa:

Os países ocidentais têm planos para provocar seca em determinadas áreas do mundo incluindo o Irã. De acordo com relatórios sobre o clima, cuja precisão foi verificada, os países europeus estão usando equipamentos especiais para manipular as nuvens em direção ao seu continente. [Essa tecnologia]... impede as nuvens de chuva de alcançarem os países da região [refere-se ao Oriente Médio e Asia Menor, onde localiza-se o Irã].

Ahmadinejahd referiu-se a um artigo de um político ocidental cujo nome não mencionou no qual o autor afirma: ...em algumas regiões que vão desde a Turquia, Irã e leste da Asia, secas estão previstas [ou programadas, pré-ditas, anunciadas] para os próximos 30 anos.

O Irã tem experimentado várias secas nos últimos anos, todavia, como se conspiradores tivessem realmente manipulado as nuvens somente para desmoralizar o pronunciamento do presidente iraniano, assim que Ahmadinejahd concluiu sua revelação... começou a chover.

Os líderes iranianos falam dessa conspiração ocidental diariamente. Lideradas pelos Estados Unidos, potências européias estariam usando essa "tecnologia de controle clima" para enfraquecer os países da "República Islâmica" impedindo seu desenvolvimento econômico e científico.

Os líderes também acusam o Ocidente de conluio contra a unidade nacional-política do Irã, contra a cultura muçulmana e, ainda, sabotagem das relações internacionais [entre países muçulmanos e o resto do mundo].

Essa tecnologia de controle do tempo existe? Sim, existe. Chama-se Weathertec, na versão fornecida pela empresa Metro Systems. Meditemos...

FONTE: HENDERSON, Barney. Mahmoud Ahmadinejad says Europe 'stealing Iran's rain'.IN Telegraph/UK, publicado em 21/05/2011>
[http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/middleeast/iran/8527455/Mahmoud-Ahmadinejad-says-Europe-stealing-Irans-rain.html]

quinta-feira, 19 de maio de 2011

O Enigma Biológico dos Chupa-Cabras


















Texas/USA – No estado do Texas, avistamentos e até captura de chupa-cabras têm tornado-se frequentes. São numerosos os relatos e registros em jornais locais. Mais recentemente, o estranho animal foi flagrado em Helotes, próximo a Stockdale.

A aparência da criatura é, de fato, estranha: desprovido de pelos, patas estranhas. Mr. Drake Gafford que encontrou um deles morto ao longo da 181 Highway Sul conta:  

Eu o coloquei dentro de um saco e joguei no fundo de minha pick-up... Tinha os olhos vermelhos, presas e garras muito grandes, fortes e afiadas.

Ocorrências de encontros com esses enigmáticos animais estão, realmente, tornando-se mais comuns. Porém, esses chupa-cabras têm algo de muito bizarro. 

Não são tão esquisitos à ponto de não poderem ser relacionados a alguma espécie conhecida e, ao mesmo tempo, não se encaixam nos tipos catalogados de mamíferos quadrúpedes.

Apesar de serem chamados de monstros, sua compleição física, quase sempre parece bastante debilitada. Magros como se vivessem famintos; o ventre inchado, como se estivessem doentes. 

O que mais chama a atenção é a ausência de pelos mas também são intrigantes, para animais que mais parecem enfermos, o vigor das presas e das garras. 

Os chupa-cabras têm feições de mamíferos caninos ou lupinos alterados por algum tipo de enfermidade ou mais, algum tipo de mutação... E se for? Que agente estaria provocando tais mutações? Meditemos...

FONTE: Carcass found: Could it be the dreaded chupacabra?
IN KENS-5/Texas-USA, publicado em 18/05/2011
[http://www.kens5.com/home/Carcass-found-Is-it-the-dread-chupacabra-122200059.html]

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Vladimir Putin – Reencarnação de Paulo, o Apóstolo


Vladimir Putin, primeiro ministro da Rússia. Foto: Reuters.

RÚSSIA – É curioso observar a sobrevivência robusta da religiosidade mística, das superstições e crenças na Rússia pós-moderna, depois de décadas de um regime político que reprimia esses práticas públicas religiosas.

Especialistas estimam que existem hoje, na Rússia, cerca de 700 seitas que reúnem entre 600 a 800 mil seguidores. A mais recente destas crenças prega a veneração do primeiro ministro do país.

Bizarra, a seita é integrada somente por mulheres que consideram (ou resolveram que, sabe-se lá por qual raio de motivo) Vlatimir Putin, 58 anos (em 2011) – a reencarnação do apóstolo cristão Paulo. 

A seita surgiu em uma aldeia ou pequena cidade, Nizhny, a cerca de 250 km de Moscou. Suas fiéis acreditam que Putin/Paulo foi enviado por Deus para cumprir uma missão.

A fundadora da seita, Svetlana Frolova, que autodenomina-se Mãe Flotina, tenta explicar a relação:  

De acordo com a Bíblia, o apóstolo Paulo foi um comandante militar e um perseguidor de cristãos, um homem mau, antes de começar a pregar o Evangelho.

Nos seus dias de KGB, também Putin cometeu graves erros. Mas depois que se tornou presidente ele foi tomado pelo Espírito Santo. Agora é um apóstolo conduzindo sabiamente seu rebanho. É difícil para ele mas ele está cumprindo sua missão heróica como apóstolo [isso eu chamo "forçar a barra" para justificar uma idéia].


Um relatório divulgado por líderes da seita diz que seus membros são todos mulheres que se vestem como freiras e dedicam-se à oração pelo sucesso de Putin. 

Elas rezam em frente a um altar guarnecido com ícones (imagens de santos) da Igreja Cristã Ortodoxa e um retrato do primeiro ministro. Ao invés de hinos religiosos, preferem cantar as velhas canções patrióticas da Rússia soviética.

O Putianismo tem suas disciplinas. Como devotas de um crítico das oligarquias, elas sobrevivem com uma dieta espartana de nabos, cenouras, ervilhas e trigo. 

O padre Alexei, da igreja de Nizhny desconsidera a seita que define como uma mistura sem sentido de cristianismo, budismo, ocultismo e política (bem indigesto). Mas não acha que a fundadora, Mãe Flotina, seja uma louca.

Confuso, o porta-voz de Putin, Dimitri Peskov, procurado pela imprensa para falar do assunto mostrou-se supreso e comentou:  

Esta é a primeira vez que ouço falar desse grupo religioso. É impressionante que considerem de tamanha grandeza o trabalho do primeiro ministro mas eu gostaria de lembrar um mandamento bíblico: Não adorareis falsos ídolos...

FONTE: OSBORN, Andrew. All-female sect worships Vladimir Putin as Paul the Apostle.IN Telegraph/UK, publicado em 12/05/2011
[http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/europe/russia/8509670/All-female-sect-worships-Vladimir-Putin-as-Paul-the-Apostle.html]

Mistérios da Múmia de Altai



RÚSSIA/MONGÓLIA – Em 1993, no Planalto de Ukok, região de Altai, fronteira entre Rússia e Mongólia, arqueólogos encontraram a múmia, de uma mulher. O achado, datado em cerca 2 mil e 500 anos de idade, ficou conhecido como a Princesa de Altai ou Princesa de Ukok. Até hoje, a causa da morte continua sendo um mistério.

Em junho de 2010, cientistas de Novosibirsk fizeram um exame de ressonância magnética na múmia. Foi a primeira vez, na Rússia, que um corpo mumificado da Antiguidade foi estudado com o auxílio de um scanner desse tipo. Especialistas ainda estão estudando as imagens e, segundo o presidente do Centro de Ressonância Magnética do Departamento Siberiano da Academia de Ciências Russa, Andrei Letyagin, os resultados finais devem ficar prontos em breve: Entre maio e junho de 2011.

Todavia, apesar da minúcia do exame, pouca esperança há de que o procedimento resulte em grandes revelações porque os orgãos internos foram removidos antes do sepultamento, inclusive o cérebro. Estes órgãos não foram encontrados. Os egípicios antigos costumavam guardar e sepultar esses orgãos em vasos, os canopos ou vasos canópicos, próximos da múmia. Não é o caso desta múmia.

Mas nem tudo é desconhecido nesse caso. Os cientistas já sabem que a Princesa não morreu em consequência de lesões ou injúrias externas. Letyagin explica: Seu crânio está completamente preservado bem como os outros ossos.
.
Além disso, análises conseguiram obter o DNA da Princesa.A descoberta ajudou a reconstituir a história étnica dos Pazyryks, povo que habitou as montanhas Alyai entre os séculos IV e III a.C. (anos 400 a 300 a.C.). A descoberta da múmia resultou de investigações realizadas no hoje denominado Cemitério Ak-Alaka-3, um dos mais importantes achados arqueológicos das últimas décadas.

A mulher cuja idade, na ocasião da morte, foi estimada em torno dos 25 anos vestia um casaco de pele, usava uma peruca e um cinto vermelho, considerado símbolo que identifica um guerreiro. Em uma das mãos, segurava um bastão, objeto ritual feito de pau-larício (tipo de abeto).

Durante um período remoto da História, que pode ser aqui definido como pré-budismo Sakyamuni, esses bastões eram tidos como ferramentas de criação e somente pessoas consideradas divinas portavam-nos. Na câmara funerária havia também seis cavalos selados. Tudo indica que, de fato, a jovem pertencia a um clã nobre.






Ira dos Deuses

Ela não pertence a nenhuma das etnias chamadas amarelas. Sua aparência é européia. Tinha 1 metro e 70 cm de altura. A análise de DNA e halogrupo sanguíneo (R1a) revelou que era ariana. Os aborígenes dizem que a múmia é sua ancestral, progenitora.

Chamam-lhe a Princesa de Kadyn ou Kydyn e acreditam que era uma sacerdotisa. Crêem, ainda, que sua morte foi voluntária para proteger a Terra dos espíritos malígnos. Ela tem tatuagens nos braços cujo significado, não foi decifrado e os nativos da região afirmam que essas tatuagens carregam informações muito importantes para toda a Humanidade.

Como muitas múmias, também a Princesa carrega uma maldição ou, ainda, seu corpo intocado guardaria um encantamento de proteção. Os cientistas vêm sendo advertidos, pelos residentes do Planalto, que a perturbação dos restos mortais de tão destacada e poderosa figura despertou a Ira dos deuses. Logo depois que a câmara funerária foi "violada" um forte terremoto ocorreu na região. Os moradores pediram a cientistas que devolvessem a múmia à sepultura para evitar novos desastres. Sem sucesso. Há rumores de que o número de incêndios florestais e tempestades aumentaram depois da descoberta.






Tatuagens

Com tudo isso, o maior mistério dessa múmia é o significado de suas tatuagens. Ambos os braços são tatuados dos ombros até as mãos mas somente as figuras do braços esquerdo estão preservadas. No ombro esquerdo, distingue-se um animal mítico, um cervo com chifre com bico de abutre. Os chifres são a adornados com cabeças de abutre e também a parte traseira da criatura. Há também uma ovelha que tem entre as pernas a boca de uma de uma pantera da qual pode-se ver a longa cauda.

Algumas interpretações foram consideradas: o confronto entre abutres e animais de caso seria o conflito entre dois mundos: um predador, do mundo inferior, subterrâneo e os herbívoros, que pertencem ao mundo do meio (humano).

Outra teoria vê nas tatuagens a representação de totens do clã: Arkhar e Irbis. Segundo a lenda local, os leopardos da neve guardam o caminho para Shambala, país (cidade, reino) que os nativos mongóis-siberianos chamam de Altai Belovodye (Água Branca) O Irbis é um animal sagrado, um leopardo da neve; jamais o caçam.

Atualmente, a Princesa está aos cuidados do Museu de Arqueologia e Etnografia de Novosibirsk. O povo e o governo da República de Altai reivindicam a devolução da múmia. Os cientistas recusam alegando que em Altai não existem instalações adequadas para preservar o achado. Porém, está prevista para 2012, no Altai, a reconstrução do museu Nacional de Anokhin, na cidade de Gorno-Altaisk onde será instalado um mausoléu semelhante à câmara funerária original visitantes poderão ver a múmia em um sarcófafo encapsulado à vácuo em uma vitrine de vidro.



FONTE: BUKKER, Igor. Tattoos of Princess of Altai conceal mankind's biggest mysteries.IN Pravda-English, publicado em 05/abril/2011
[http://english.pravda.ru/science/mysteries/05-04-2011/117452-Princess_of_Altai-0/]


terça-feira, 10 de maio de 2011

Vende-se uma ilha fluvial no Amazonas



AMAZONAS – No estado do Amazonas, no município de Careiro Castanho, localizada há 125 quilômetros de Manaus (capital do estado) uma pequena ilha pluvial está à venda. O terreno mede 8 hectares de área, tem uma casa com 72 m², um cais flutuante e algumas árvores frutíferas. No passado, no local, existiu uma criação de gado.

O proprietário, Sr. Nuno – (que preferiu não revelar o nome completo), 71 anos, garante que a documentação está em ordem. Ele conta: Meu pai comprou o terreno em 1907 por 40 "contos de réis". Morei lá por algum tempo mas preciso ficar em Manaus. Por isso estou vendendo.

De acordo com o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), a equipe enivada ao lugar apurou que, de fato, existe o título de propriedade datado de 1911 e o Instituto não tem restrições ambientais à realização da venda. Por outro lado, o Instituto de Terras da Amazônia, embora considere estranha a venda de uma ilha considera que, considerando tamanho do terreno, a venda é legal.

Sr. Nuno não esconde a o solo não é ideal para a agricultura mas acredita que o lugar tem um bom potencial turístico ou mesmo, pode ser um excelente lugar para morar. O preço da ilha: 60 mil reais (pouco mais de 37 mil dólares ou quase 26 mil euros).

Não é dapolítica de pautas deste site publicar weird news já publicadas em português por outros sites ou blogs de jornalismo porém, esta notícia merece destaque para que os interessados brasileiros possam arrematar a ilha antes que um gringo o faça. Até porque esta matéria foi publicada em inglês no blog Brazil Weird News. Eu, bem que fico com vontade de comprar a ilha... Excelente lugar para desaparecer de vez em quando.

FONTE: AFFONSO, Victor. Ilha é colocada à venda em Careiro do Castanho.
IN A Crítica, publicado em 05/08/2011
[http://acritica.uol.com.br/manaus/Ilha-colocada-venda-Careiro-Castanho_0_476952398.html]


Magos, Djins e Política no Irã


O presidente do Irã,
Mahmoud Ahmadinejad
e seu supostamente
místico chefe de
gabinete, Rahim Mashel.


IRÃ – Estamos no século XXI. Mas... Aliados próximos ao presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, estão sendo acusados de usar poderes sobranaturais! para promover e fortalecer a política de seu líder em meio a uma disputa de poder entre o presidente e o (verdadeiro?) líder supremo do país, o Aiatolá Ali Khamenei.

Várias pessoas que cercam (da corte de) Ahmadinejad e, especialmente, de seu chefe de gabinete, Rahim Mashaei, foram detidos nos últimos dias (fim de abril/começo de maio, 2011) acusados de serem mágicos e invocarem djins! (gênios, espiritos, demônios, como nos contos das Mil e Uma Noites – em benefício de seus objetivos políticos).

O site de notícias do Irã, Ayandeh, descreveu um dos homens detidos, Abbas Ghafari, como: Um homem com habilidades especiaís na metafísica e conexões com o mundo do desconhecido(!). O atrito entre o presidente do Irã e o clero islâmico dirigente é um aspecto da política iraniana que não aparece muito nos noticiários. Porém, há tem o conflito vem recrudescendo.

Os Aiatolás sentem que as ações do poder laico, o Executivo do país, tem inteções claras de enfraquecer e, no devido tempo, eliminar o poder do clero muçulmano. O Aiatolá Mesbah Yazdi, clérigo linha-dura ligado ao Aiatolá Khamenei, advertiu que a desobediência ao líder religioso - que, teoricamente, até então, tem o poder supremo do Irã - é equivalente a "apostasia de Deus", ou seja, renegar Alá e o Islã (a penalidade para isso, deixe-nos ver... deve ser... a morte, claro).

No momento, o ponto de maior discórdia entre o presidente e o Aiatolá supremo, Khamanei e a posição do chefe de gabinete, Rahim Mashaei. Khamenei que o suposto envolvido com magia seja imediatamente afastado. Ahmadinejad, resiste e há fortes rumores que ele pretende fazer de Rahim Mashei, seu sucessor.






Todavia, a inspiração de Mahmoud Ahmadinejad é ainda mais anacrônica que a insistência dos Aiatolás em manter um estado pretensamente teocrático. A questão do sobrenatural veio à tona depois do lançamento de um documentário iraniano falando sobre o iminente retorno do lendário Imã Oculto Mahdi.

O Imã Oculto é venerado como o Salvador do Islã Xiita. Seu retorno é esperado por fiéis muçulmanos daquela seita tal como o ressurgimento do Cristo Jesus é esperado pelos cristãos. Mas os Aiatolás contestam vigorosamente esta crença. Dizem que o retorno do Mahdi não foi profetizado e acusam o círculo próximo ao presidente, sob orientação de Mashei, de serem responsáveis pelo documentário.

De fato, a obsessão de Ahmadinejad pelo Imã Oculto é bem conhecida. Ele se refere a esse Salvador em discursos públicos. Em 2009 chegou a afirmar que os Estados Unidos estavam tentando impedir o retorno do Mahdi!

Magos, djins, um Imã Oculto. Este também é o Irã. Porque o Irã, por mais se tente se colocar como rigorosamente muçulmano, não pode deixar de ser – nem extirpar de sua alma – a herança dos Parses, dos Magi, dos zoroastrianos. Por mais que o Islã (ou qualquer Igreja) ameace e vocifere, isso jamais será o bastante para apagar a história dos povos que, um dia, foram convertidos à força.

FONTE: DEHGHAN KAMALI, Saeed. Ahmadinejad allies charged with sorcery.
IN Guardian/UK, publicado em 05/05/2011
[http://www.guardian.co.uk/world/2011/may/05/ahmadinejad-allies-charged-with-sorcery]


segunda-feira, 9 de maio de 2011

O Estranho Dino-Pássaro do Irã




IRÃ – Na pequena e remota cidade de Meshginshahr, província de Ardebil – Irã, o cadáver de um estranho animal foi encontrado e chamou a atenção dos moradores e das autoridades, informou a IRNA (Agência de Notícias da República Islâmica).

O animal tem características que o colocam entre uma ave e um sauro. Lembrando um pássaro, bípede, dotada de penas, a criatura, no entanto, tem um crânio de réptil, longas presas caninas e grandes dentes molares. Os ossos pequenos indicam que o estranho ser não era capaz de voar.

O espécime, examinado por uma equipe de funcionários da Organização de Proteção ao Meio-ambiente, não corresponde a nenhum dos 527 tipos diferentes conhecidos da avifauna iraniana. Moradores informaram que o bicho vivia em uma caverna perto da cidade.

Os cientistas ainda não puderam ter acesso à carcassa porque um dos habitantes do lugar simplesmente escondeu o achado. Essa pessoa está sendo procurada. Mas os especialistas obtiveram de outro morador, a fotografia do animal, que é suficientemente intrigante.

FONTE: 'Weird bird carcass found in Iran'.
IN Press-TV/Irã, publicado em 08/05/2011.
[http://www.presstv.ir/detail/178939.html]


sexta-feira, 6 de maio de 2011

A Árvore Que Sangra





COLÔMBIA – Na sexta-feira, 16 de abril, nas primeiras horas da manhã, no bairro do Media Luna (a cidade colombiana não é mencionada na reportagem!) algumas crianças, enquanto brincavam, notaram uma árvore na qual, em uma parte do tronco, parecia brotar sangue. Uma das crianças correu para contar aos pais. Estes, nãoa creditaram. Porém, como as crianças insistiam, os pais de algumas delas foram ao local verificar.

Logo, a notícia espalhou-se e uma romaria de homens, mulheres, crianças, gente à pé e de motocicleta, aglomeraram-se no lugar para comprovar o fenômeno. A moradora do bairro Mrs. Maristella P. Barreto disse que, no começo, o tronco apenas gotejava (a substância cor de sangue) mas com o passar das horas, o líquido espalhou-se formando a figura de um homem de braços abertos. Ela concluiu: É Jesus Cristo.

Zoraida Peres, 80 anos acredita que na época da Páscoa cristã, ...acontecem essas manifestações divinas. Nesta mesma época também se multiplicam as tentações do Mal. A figura na árvore é um milagre que nos aproxima da fé cristã. O camponês, Santander Manjarrez, explicou que aárvore, conhecida na região como"árbol de carreto" tem uma madeira densa, pesada, sem resina ou buracos internos. Ele não entende como a árvore pode secretar qualquer fluido.

FONTE: Revuelo por árbol que sangra.
IN Taringa, publicado em 25/04/2011.

[http://tarinbot.net/noticias/75402/descubren-rbol-que-llora-sangre-lo-que-falta-taringa.html]


terça-feira, 3 de maio de 2011

Rússia – Profetas e Profecias


RÚSSIA – Em 24 de março de 2011, astrólogos, xamãs e parapsicólogos russos reuniram-se para discutir as previsões sobre o futuro próximo e distante. No início do evento, o astrólogo Aleksei Kolov comentou a situação mundial atual: O quê foi entendido como uma crise financeira mundial (nos dois ou três últimos anos) e que termina agora, não foi uma questão financeira, somente. Antes, foi o presságio da verdadeira crise que está chegando.


PAVEL GOBLA

Pavel Globa, também astrólogo, que foi criticado porque previu um 2011 tranquilo para a Rússia rebateu: Contestam-me citando o terremoto no Japão; mas o Japão não é a Rússia. Na Rússia, tudo estará bem até a chegada do verão. O verão vai ser difícil. Haverá guerras no mundo este ano e também haverá três eclipses entre junho e julho. Durante o ano, serão seis eclipses.




Segundo Pavel Globa (foto acima), os eclipses causarão muitos problemas este ano (2011). O último, dos seis previstos para 2011, será em dezembro. Nesta época, conflitos armados recrudescerão na região dos Balcãs. Sendo muito específico, Globa disse que terroristas vão plantar uma bomba na cerimônia de divulgação dos agraciados com o Prêmio Nobel. Considerando dados astrológicos, Gobla compara este ano ao de 1939, anterior ao começo da Segunda Guerra Mundial.


* O prêmio Nobel é entregue anualmente no dia 10 de dezembro, em Oslo – Noruega, tradicionalmente, entrega-se o prêmio Nobel da Paz. Os outros prêmios são concedidos nem Estocolomo – Suécia. Como terroristas têm certa aversão ao discurso de Paz ocidental é possível que o alvo seja Oslo.


O místicos concordaram que a Terceira Guerra Mundial é iminente e pode começar em março de 2014, em período próximo à realização dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Sochi, Krasnodar Krai, (que será realizado na Rússia, entre 7 e 23 de fevereiro, 2014). Sobre o país que estará no centro da deflagração do conflito, Globa, absteve-se de especificar. Mas advertiu que os conflitos que hoje convulsionam o norte da África e algumas outras regiões do continente negro, voltar-se-ão, também, para e/ou contra a Rússia.

Enigmático. Mr. Pavel também prevê perturbações na Ásia Central e acrescenta que, tais eventos (todos essas adversidades) estão acontecendo por causa da Lua Negra. A OTAN (NATO) atacaram a Líbia no dia em que a Lua Negra aliou-se ao Sol. Quando a Lua Negra aliou-se a Urano, aconteceu o terremoto no Japão.

* Lua Negra: é uma expressão à qual aplicam-se diferentes significados, desde o astronômico, ao mágico ou mitológico/alegórico.


Algo um tanto óbvio, é a previsão de revoluções na Síria e no Iêmen. Todavia, no caso do Iêmen, seu líder somente será deposto depois de três anos. Na Argélia as convulsões populares não vão durar muito. Pavel explica que estudou os horóscopos dos líderes de todos os países da região (norte da África).

O presidente da Argélia, que nasceu no mesmo dia de Mikail Gorbachev, 02 de março de 1932, embora não tenha nenhum carisma, não terá maiores problemas. Sairá pacificamente. Será até contemplado com um iate e uma casa de campo. Não haverá nenhuma revolução na Argélia.

Khadafi é um problema para os astrólogos porque ele, como diz o povo, mente sobre a própria idade. Ninguém sabe ao certo seu ano de nascimento, se foi em 1937, 1940 ou 1942... Consta que o dia do aniversário é 7 de junho, resultando em um geminiano mas o astrólogo duvida; acha que o governante Líbio tem perfil de Aquariano.


LARISSA VAIS

Mas Pavel não foi a única estrela do encontro de místicos russos. A parapsicóloga Larisa Vais foi bastante sombria: Vai ser uma longa primavera, o verão será quente. Nascerão crianças com seis dedos e bestas deformadas (Bien,já estão nascendo faz tempo).

Críptica, Mrs. Vais avisa: O supremo comandante-em-chefe (não disse de onde) já está à procura de seu sucessor. O nome do sucessor começa com a letra K. Em 1996 Larissa viu uma mulher ucraniana que usa uma trança. Esta mulher governará a Rússia no lugar do verdadeiro governante. Falando sobre problemas mundiais, Larissa Vais previu novos terremotos catastróficos no Japão. Uma multidão de pessoas morrerá no planeta este ano.


DONDUKOV ANDREI

O xamã da República de Tuva, Dondukov Andrei, revelou que 2009 foi um ano que marcou a Era de Yamaraja, o deus da morte. Todos serão responsibilizados por tudo que fizeram. A morte estará especialmente próxima em 5 de novembro (2011).

Dondukov explicou que os homens perderam o verdadeiro poder há muito tempo. Estamos vivendo na Era do pseudo-patriarcado. Esta época vai terminar em breve e o matriarcado vai voltar. A Rússia passará bem a transição. Dmitry Medvedev permanecerá governante da nação. Entre os budistas, Medvedev é reconhecido com a encarnação de uma divindade feminina, a Tara Branca.

Putin é um militar; Medvevev, um iogue. Há dois tipos de homens. Um deles é o tipo horizontal, são militares; O outro é o tipo vertical, almejam elevação espiritual. Medvedev é um czar de verdade, Ungido do Senhor. Putin é apenas um duque. – concluiu o xamã.

FONTE: Third World War to begin during Winter Games in 2014.INPravda-English, publicado em 15/03/2011
[http://english.pravda.ru/society/anomal/25-03-2011/117328-third_world_war-0/]


segunda-feira, 2 de maio de 2011

Cadê a foto?




Carlos Latuff. IN Opera Mundi, 02/052011


domingo, 1 de maio de 2011

O Monstro da Represa Billings



A placa adverte: Atenção. Sucuri. Trânsito Interrompido. Foto: Ernesto Rodrigues/AE


SÃO PAULO – Na região metropolitana do Grajaú, no Parque Residencial do Lagos, às margens da represa Billings uma cobra com mais de 5 metros de comprimento está assustando as mil e duzentas famílias que moram no local.

O monstro, uma "sucuri", mais conhecida em língua inlesa como "Anaconda" (provavelmente uma Eunectes murinus) é considerada uma das maiores e mais robustas entre as cobras togdas as mundo.

Por enquanto, ela somente conseguiu atacar animais de pequeno a médio porte, como capivaras, galinhas e patos; porém nada impede que possa capturar um ser humano, especialmente os de menor porte, como crianças e adolescentes.

A presidente da Associação de Amigos do Parque, Vera Lucia Basalia, 61 anos (em 2011) conta: É um monstro que coloca a cabeça para fora da água e mergulha, levantando a cauda gigantesca. Até um cachorro ela já levou. No principal píer do parque, Basalia colocou uma placa que adverte: Perigo: Sucuri. A própria Basalia classificou o animal: Eu nasci em Mato Grosso. Essa cobra só aparece lá na Amazônia... (mas esta é a sucuri peregrina do Grajaú...).

Por razões desconhecidas, longe de seu ambiente de origem, a Sucuri encontrou morada na Represa Billings e ninguém sabe como o animal chegou ali. Em meio ao mistério que envolve a origem da criatura já apareceram diferentes versões sobre sua presença na área.

A língua do povo põe a culpa em um japonês não identificado. Ele teria levado a cobra para Grajaú e começou a criá-la. Por fim, decidiu soltá-la na lagoa. O tempo de aparecimento da cobra nas águas também controverso: apareceu há uns 20 dias, diz a maioria mas Janete Marques da Silva, 53 anos, afirma: Fala-se dela desde 2003. Essa mulher acredita que o ofídio até já deu crias: Dez crias; a mais velha de ter uns dez anos atualmente.

O jovem feirante Elanes Santos Moreira, 16 anos, quase foi vítima do monstro. Mesmo alertado, resolveu pescar na represa. Ele relata: De repente, ela apareceu, colocou a cabeça fora d'água. Eu fiquei pálido.

Vera Basalia tentou fotografar o bicho mas reclama do cansaço, por causa das vigílias, dia e noite. Ainda não obteve a imagem e descreve: Ela é feia demais. Tem a cabeça do tamanho de uma bola de handball. Avisados, os bombeiros estão de prontidão para tentar capturar o animal. Mas acobra é imprevisível e somente uma paciente tocaia poderá surpreendê-la. Acompanhemos o caso e aguardemos um flagrante fotográfico do monstro da Represa Billings.

FONTE: SAMPAIO, Paulo. Grajaú tem também seu monstro do lago Ness.
IN Estadão/SP, publicado em 01/05/2011
[http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110501/not_imp713261,0.php]


Maias – Escadarias Que Contam Histórias




MÉXICO – No sítio arqueológico de El Palmar, a sudeste de Campeche, uma escadaria de hieróglifos foi descoberta por pesquisadores do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) associado à Universidade do Arizona e à Universidade Nacional Autônoma Mexicana(UNAM). Análises preliminares já evidenciam que esta localidade pré-hispânica mantinha contato com as cidades de Calakmul (México) e Copán, em Honduras. O achado tem mil e trezentos anos.

Essa não é a única escadaria trabalhada, ornada com hieróglifos encontrada na planície Maia. Vinte delas já foram calogadas. Indícios do monumento foram encontrados pela primeira vez em 2009 entre outros, que sãochamados de Grupo de Guzman. Na época, a avaliação das pedras "in situ" sugeriu a existência de uma escadaria.

A temporada de campo começou no final de 2010 e início de 2011. Segundo os arqueólogos, Javier López Camacho e Tsukamoto Kenichiro, as quatro primeiras peças examinadas apresentavam bom estado de conservação, enquanto outras duas quinto estavam fragmentadas. Foi necessários fazer procedimentos de emergência, para a conservação.

Todos os blocos, desenhos e local específico do achado foram fotografados e examinados com instrumentos de agrimensura a laser, antes de serem transferidos para acampamento arqueológico como uma segurança. Os restauradores do INAH: Yareli Jaidar, Diana Jiménez Leticia Arano e determinaram o grau de conservação e trabalham na recuperação dos blocos.





Hieróglifos

Uma tradução preliminar dos hieróglifos, conduzida pelo epigrafista Octavio Olguin Esparza (UNAM) fornece informações importantes para o entendimento do período Maia Clássico (250-900 d.C.). A escadaria hieroglífica relata, entre outros eventos históricos, a visita de pernalidades estrangeiras a El Palmar. O evento está registrado em calendário. A data assinalada é "11 Ajaw 18 Sak" ou 13 de setembro de 725 d.C.. O documento de pedra também se refere aos 'Senhores do lugar' e os contatos que mantiveram com cidades como Calakmul e Copan, ao sul do território Maia.





Durante as escavações, foi descoberta uma grande sala cujo piso mostra sinais de ter sido queimado, o que indica a possibilidade de realização de rituais. Também havia fragmentos de cerâmica. Uma instalação funerária guarnecida com oferendas também foi encontrada. Ali, havia ossos humanos e dois vasos policromados. A antropóloga Jessica Cerezo-Róman, da University of Arizona, determinou que os restos mortais pertencem a um homem maduro, como indicaram o exame das mandíbulas e incrustrações de jade nos dentes da frente.

FONTE: Descubren escalinata con jeroglíficos mayas.
Artículo 7, publicado em 25/04/2011
[http://a7.com.mx/cultura/arqueologia/7105-descubren-escalinata-con-jeroglificos-mayas.html


Ciganos


CIGANOS. São um mistério histórico, etnográfico, cultural. Fascinantes para uns, detestáveis, não-confiáveis, para outros, ele aparecem em todos os lugares do mundo e apesar dos muitos esforços acadêmicos para desvendar suas origens, os ciganos continuam sendo um povo que ninguém sabe de onde veio.




Gypsy Girl ou La Gitane, mosaico do primeiro
século da Era Cristã encontradoem Zeugma,
antiga cidade grega, atualmente localizada
na província de Gaziantep da Turquia.
A denominação do mosaico representa
um pouco da idéia que o Ocidente estabeleceu
sobre a figura e essência misteriosas dos ciganos.


Durante muito tempo, cultivou-se a crença que os ciganos fossem descendentes de povos nômades do antigo Egito, refugiados ou exilados das terras dos Faraós. Em inglês, os pontos em comum, gráficos e fonéticos entre as palavras Egypt e gypsy alimentaram uma teoria sobre essa ligação. Mesmo entre os Gpysies, os ciganos, muitos adotaram essa teoria para preencher a lacuna histórica que o Tempo produziu. Porém, estudos mais recentes indicam que, longe do Egito, os ciganos seriam, na verdade, provenientes da Índia em tempos muitíssimo remotos.

O alemão Heinrich-Moritz Gottlied Grellmann (1756-1804) foi o primeiro pesquisador a estabelecer a idéia sobre a origem indiana dos ciganos. Defensores dessa teoria chamam a atenção para as semelhanças entre a língua cigana e o sânscrito, Antiga, praticamente extinta, falada e escrita da Índia. Há rumores de que os indianos idosos podem compreender filmes indianos sem tradução.




Ciganos intinerantes na estrada para Varanasi, Índia.
Janeiro de 2009. Foto: Eduardo Figueredo.
[http://www.travelblog.org/Photos/3378688]


Atualmente os cientistas acreditam que os ciganos contemporâneos são descendentes de uma casta indiana denominada Dom. Na Índia, os Doms são a mais inferior de todas as castas. Até hoje, muitos migram fugindo do preconceito social. Outra teoria defende que os ciganos descendem de várias castas diferentes. Os antropólogos acham impossível provar qualquer teoria porque consideram que nações nômades não criam cultura material (o quê é constestável).

Para efeito de representação política internacional, esses, chamados ciganos, gitanos, gitanes, gypsies, autodenominam-se povo Rom (Roms, romis). Esta é designação pela qual são reconhecidos pela pelas Nações Unidas, ONU. Sua língua, o romani.




Fortune-Telling. Julian Scott, gravura – 1874


De todo modo, seja por causa da origem em castas inferiores, pela experiência ancestral de rejeição social, o fato é que o isolamento dos povos ciganos manteve-se por longos séculos sendo aplicado e incorporado no estilo de vida, língua e tradições. Especialmente em sua travessia para o Ocidente, os ciganos enfrentaram situações de forte perseguição.


Os recém-chegados à Europa não eram bem vistos. Eram renegados, ateus, feiticeiros, infiéis para cristãos e muçulmanos. Em termos de religião foram sempre associados às artes mágicas: quiromancia, cartomancia, cristalomancia, o poder da jetatura ou mal-olhado eram habilidades a eles atribuídas. Ao contrário do que se pensa, entre os ciganos, são os homens os mestres do conhecimento divinatório. Mesmo quando se diziam cristãos, seu cristianismo sempre foi uma prática de sincretismo cultural. Sobre os ciganos, diz Cervantes: Sua profissão é a mentira (Apud VILAS-BOAS DE MOTA, 2004 – p 245).

Muitos especialistas concordam que a etnia cigana somente começou a se consolidar por volta do século XV (anos 1400), quando estes nômades transitavam de Bizâncio para a Europa ocidental. Atualmente, são conhecidos seis ramos de comunidades ciganas: Três orientais, três ocidentais. Os Rom, os Sinti e os Ibéricos são considerados ocidentais. Os orientais são as tribos Lom, Dom e Lyuli.

FONTES
BUKKER, Igor. Gypsies: The mystical tribe.
IN Pravda-English, publicado em 08/04/2011
[http://english.pravda.ru/society/stories/08-04-2011/117508-gypsies-0/]
VILAS-BOAS DE MOTA, Ático (org.). Ciganos: antologia de ensaios. Brasília: Thesauros, 2004.


Arquivo do blog