quinta-feira, 29 de setembro de 2016

CRONOLOGIA DOS BRAMANES

 

Em que ano estamos?... MATÉRIA COMPLETA
 
Os calendários são relativos, são instituídos em função de marcos considerados mais ou menos históricos no contexto de culturas diferentes.
 
O presente ano é 2016 da Era Cristã - no calendário Gregoriano,  que tem este nome porque foi promulgado pelo papa Gregório XIII em 24 de fevereiro de 1582 ─ em substituição ao seu predecessor, o calendário Juliano. ...

Porém, no antigo calendário Juliano o ano corrente seria 2061. Entre os muçulmanos, o ano que vale é 1394 depois da Hégira maometana ─ fuga do líder precursor do Islã, Maomé ─ Muhammad ou Mohammed, saindo de Meca rumo a Medina, em 622 d.C.]

Entre os judeus, que não consideram o nascimento de Cristo como marco em sua história, 2016 é, na verdade, ano 6729 da Era Mundana ou seja, desde a criação do mundo conforme o Livro do Gênesis ─ do Antigo Testamento.

No calendário egípcio, 2016 corresponde ao ano 7518. Povos mais antigos ainda também contam mais milênios de registros históricos: mesopotâmicos, chineses, japoneses, hindus, tibetanos.
 
Porém, de acordo com os ocultistas teósofos, a contagem de tempo mais recuada registrada em escrituras antigas encontra-se na Índia, mais precisamente, nas bibliotecas dos mosteiros mais remotos da região Himalaia, fronteira com o Tibete.

textos especiais para compreender a doutrina secreta
A CRONOLOGIA DOS BRAMANE
* Calendários
* As Idades do Universo
* As Idades Deste Mundo
* Manvatara & Pralaya
* Kali Yuga: O Tempo Atual 

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

ANTROPOGÊNESE SEGUNDO A TEOSOFIA - A DOUTRINA SECRETA

 

A primeira Raça teria surgido há 1 trilhão, 664 milhões, 500 mil e 987 anos terrenos atrás, de acordo com a Cronologia dos Brâmanes. Esta teoria ou hipótese sugere que a origem dos seres humanos neste planeta é contemporânea ao surgimento da Terra no Cosmos.

Em todas as antigas Cosmogonias se mencionam humanidades diferentes da atual. Platão fala, no Fedro, de uma raça de homens "alados".

Aristófanes, no Banquete de Platão, refere-se a uma raça andrógina de corpo arredondado. No Pimandro todo o reino animal possui dois sexos. (...)

No antigo documento quíchua [povos pré-colombianos] Popol Vuh, publicado pelo falecido abade Brasseur de Bourbourg, os primeiros homens são descritos como uma raça "cujo campo visual era ilimitado e que tinha imediato conhecimento de todas as coisas (...)

Nas lendas norueguesas (...) os Ases criam a Terra, os mares, o céu e as nuvens, todo o mundo visível, com os restos do gigante decapitado Ymir; mas não criam o homem, criam apenas sua forma (...) 

É Odin quem lhes confere vida e alma, depois que Lodur lhe deu o sangue e os ossos, e é finalmente Hönir quem lhe proporciona o intelecto (Manas) e os sentidos conscientes. 



estudo
ANTROPOGÊNESE SEGUNDO A DOUTRINA SECRETA
NA TEOSOFIA DE H.P. BLAVATSKY  ::. PARTE 1
[http://www.sofadasala.com/estudos/antropogenese00.htm]

* OS VÁRIOS PLANOS DA EVOLUÇÃO DO HOMEM
* A PRIMEIRA RAÇA: OS ETÉREOS, NASCIDOS DE SI MESMOS
* A SEGUNDA RAÇA: OS NASCIDOS DO "SUOR" - "SEM OSSOS"
* TERCEIRA RAÇA HUMANA: OS NASCIDOS DO OVO
* ASSEXUADOS E ANDRÓGINOS: A SEPARAÇÃO DOS SEXOS
* MONSTROS & TRANSIÇÕES ENTRE RAÇAS 

ANTROPOGÊNESE PARTE 2
[http://www.sofadasala.com/estudos/antropogenese02.htm]

* LILITH E A ORIGEM DOS MACACOS
* LEMURIANOS & ATLANTES
* MONSTROS & FÁBULAS
* GIGANTES & CICLOPES
* O TERCEIRO OLHO

domingo, 11 de setembro de 2016

COSMOGÊNESE - ESTUDO ESOTÉRICO SEGUNDO A DOUTRINA SECRETA


COSMOGÊNESE
segundo a teosofia
IN A Doutrina Secreta, v. I
De H. P. Blavatsky 
MORE...

A Doutrina Secreta ensina o progressivo desenvolvimento de todas as coisas, tanto de mundos como de átomos. (...)

O nosso Universo não passa de uma unidade em um número infinito de Universos, todos eles "Filhos da Necessidade", elos da Grande Cadeia Cósmica de Universos cada qual em relação de EFEITO com o que o precedeu e de CAUSA com o que lhe sucede.



O aparecimento e o desaparecimento do Universo são descritos como expiração e inspiração do Grande Sopro, que é eterno e que - sendo Movimento, é um dos três aspectos do Absoluto; os outros dois são o Espaço abstrato e a Duração.


* Deus
* Pralaya & Manvatara
* Anjos & Deuses
* Ser, Existir, Vida, Mente
* FOHAT
* Cadeias de Mundos
* A Experiência Humana
* Princípio Setenário
* O Quinto Elemento   MORE...

sábado, 10 de setembro de 2016

CURSO DE MAGIA - TRATADO ELEMENTAR DE MAGIA PRÁTICA: APÊNDICE


Em seu Tratado Elementar de Magia Prática, Papus inclui um Apêndice onde comenta livros conhecidos, tradicionais no estudo da Magia além de transcrever trechos curiosos de Grimórios antigos que contêm fórmulas populares da chamada Magia dos Campos. 

Entre os autores e títulos destacados por Papus estão Agripa e Stanilas de Guaita e títulos como O Grande Alberto, O Pequeno Alberto, as Clavículas de Salomão, O Dragão Vermelho e O Grimório de um Feiticeiro. CONTINUA ...

APOSTILAS ANTERIORES
ESTUDO PARTE 1
ESTUDO PARTE 2
ESTUDO PARTE 3
ESTUDO PARTE 4
ESTUDO PARTE 5
ESTUDO PARTE 6

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Os Mistérios da Magia Tibetana

 
... A MORTE


O cuidado com os mortos também tem suas peculiaridades. No Tibete existem cinco tipos de funerais. Somente os marginais e criminosos são sepultados da maneira que é usual no Ocidente. Acredita-se que a terra sobre o corpo impede o desenvolvimento da alma e a reencarnação torna-se impossível.

A cremação é o método mais usado. Mas é um ritual caro; não existe muita matéria-prima combustível apropriada [para cremações] no Tibete. Deste modo, sem opção, os mortos dos pobres são atirados ao rio.

Curiosamente, os santos mais venerados do Tibete não foram cremados nem jogados na correnteza; foram emparedados no interior dos templos e tumbas especiais são [verticais, supomos] elaboradas em sua honra.  MATÉRIA COMPLETA

CURSO DE MAGIA SEGUNDO PAPUS - PARTE 6


... O mago exerce sua vontade sobre o plano físico com atitudes e práticas bem objetivas. Entretanto, todo ato de vontade, toda idéia cultivada, pensamento concentrado, exerce sua influência também no plano astral, onde circulam energias capazes de produzir formas. 

O plano astral é "receptáculo das formas futuras e das imagens do passado". Suas energias são algumas das "forças mais ativas e ocultas que é permitido ao homem utilizar" (PAPUS, p 403).

No mundo visível, o homem soube dominar forças físicas; soube colocar a seu serviço inúmeros animais. "Um campo análogo abre-se para a vontade no plano astral" (idem). Ali existem seres que são desconhecidos do leigo mas sobre os quais o magista pode agir.

"Nós os chamaremos, com a Cabala, elementais; eles também são denominados espíritos elementares, demônios mortais etc.. "Seu papel é análogo ao dos animais no mundo visível; aliviam o operador de uma grande parte de seus trabalhos, como simples instrumentos que são, sem responsabilidade pelo que fazem (PAPUS, p 404).

Podemos definir os elementais como seres instintivos e mortais, intermediários entre o mundo psíquico e o mundo material. ...O caráter essencial dos elementais é animar instantaneamente as formas de substância astral que se condensa em volta deles.

APOSTILAS ANTERIORES 

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Breve Sociologia & Antropologia do Espiritismo no Brasil


O Brasil é a maior nação Espírita do mundo, onde se concentra o maior número de adeptos dessa religião. Importada da França no século XIX, a Escola Espírita de Alan Kardec cresceu rapidamente em terras brasileiras, nas mentes brasileiras, incorporando elementos da cultura local. 
 
Nesse país tão propício aos diferentes processos de mistura de etnias, de costumes, o Espiritismo se divide. São duas concepções da interação entre o mundo dos vivos e o mundo do Além.

No Brasil existe um espiritismo erudito, estudado e outro, um Espiritismo popular, dos leigos. As duas formas diferem entre si em teologia e liturgias doutrina e práticas. São dois caminhos bem distintos em suas linhas de orientação, em suas fontes de conhecimento, sua estética, sua história e, até mesmo, em seus aspectos éticos.

O Espiritismo erudito brasileiro é Ortodoxo, clássico em relação à observância dos ensinamentos de Alan Kardec, especialmente como expostos na obra fundamental dessa escola: O Livro dos Espíritos.

O espiritismo popular brasileiro é uma concepção sincrética [como, aliás, tudo no Brasil]. O Além do povo brasileiro inclui necessariamente elementos africanos e indígenas misturados com a doutrina européia kardecistas e outras ainda, mais recentemente, euro-asiáticas ocultistas. É um fenômeno cultural típico do Brasil mas tem seus similares entre as as religiões afro-indígenas-mexicanas e caribenhas.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

CURSO DE MAGIA SEGUNDO PAPUS - PARTE 5


ESTUDO COMPLETO - PARTE 5 + LINKS PARA OS FÓLIOS ANTERIORES
TIPOS HUMANOS Os antigos distinguiam quatro tipos humanos de temperamento:

1. fleumático;
2. sangüíneo;
3. nervoso;
4. melancólico-bilioso.
 
Neste Tratado apresentamos uma síntese dos pontos característicos que permitem ao magista diagnosticar o caráter-tipo dos indivíduos.

Impulsivo-instintivo: o instintivo (vegetativo) possui a tranqüilidade, a lentidão e a resistência dos bovinos. Sua tez é pálida, sem viço, suas carnes são flácidas e vagarosos também são gestos, seu andar e sua voz.

Impulsivo-anímico: este é um ativo, apressado e, por vezes, violento. Seu hieróglifo é o Leão. Sua face é avermelhada, congestionada; suas carnes são rígidas, seu andar e seus gestos são vivazes e seu falar é rápido.

Impulsivo-intelectual: o intelectual é como um pássaro. Seus passos são curtos e rápidos. A face é amarelada e a expressão estudada. Os gestos, comedidos e a fala premeditada, marcada por pausas e interjeições.

Homem de Vontade: este é facilmente reconhecido por seu olhar profundo, a amplitude dos gestos e passos, a firmeza do falar e o equilíbrio geral das formas físicas.

Se quiserdes dominar um instintivo, satisfazei sua gula, sua preguiça e cuidai que reine a tranquilidade no meio em que com ele estiverdes. Assim, criareis ao redor deste ser uma atmosfera de hábitos absorventes da qual ele terá grande dificuldade de se libertar.
 
Para prevalecer sobre o anímico, cuida de dar a ele o que fazer, obstáculos a vencer; procura despertar sua cólera de vez em quando e depois fazei-o aquietar-se com um punhado de elogios esperados.
 
O intelectual se controla pelo conhecimento de suas pequenas manias que tratareis de encorajar e satisfazer. Incitai-o a sentir ciúme e inveja e logo terás um escravo de vossos desejos mesmo que pense estar a contrariar-te. Engana, portanto o discernimento do intelectual e o guiareis pela via que quiseres.
 
Para o Homem de Vontade, precisarás de muita astúcia. Procura saber qual sua ambição mundana oculta, se ele a tiver. Finge aceitar sua liderança e alimenta-lhe a vaidade. Se fraquejar, este ser poderá ser dominado enquanto crê estar dominando.

Marcadores

. mistério abduções Afeganistão África África do Sul Alaska Alemanha alienígena alienigenas alienígenas Alioshenka amazonas Amazonia Amazonia peruana América Latina animais gigantes anjos Antártida antigas civilizações antiguidade antropologia antropologia esotérica Anunnaki Arábia Saudita Argentina arqueologia arqueologia extraterrestre arqueologia insólita arquitetura Arte Ártico assombração astrofísica astronomia Atlantes Atlântida Austrália Austria Azerbaijão Baba Vanga baleias Báltico Bigfoot biologia biologia fantástica biologia marinha biologia ocultista bioquímica bizarro Bolívia Boriska Bósnia botânica Brasil bruxaria Buddha Boy budismo Bulgária California Camboja Canadá canibalismo casamentos bizarros Casaquistão catolicismo Cazaquistão celulares assombrados CERN cetáceos CHAMEM OS IRMÃOS WINCHESTER Chile China chupa-cabras chuva de peixes ciberassombrações ciência CIÊNCIA DE FRONTEIRA ciência do óbvio ciência e ocultismo ciências ocultas cipriano civilizações perdidas coisas da Índia coleção Colômbia comportamento conspiração conspirações costumes criaturas estranhas criaturas míticas crime criptozoologia cristianismo Croácia cultura inútil curiosidades Deus me defenda Dinamarca dinossauros Divina Comédia Drácula dragões druidas ecologia ecossistema Egito Emirados Árabes entidades não-humanas Equador Escócia esoterismo espaço espaço cósmico Espanha espiritismo espíritos espiritualidade estranha antropologia estranha arquitetura estranha biologia estranhas criaturas estranhas nuvens estranhas tradições estudo EUA evolução exobiologia exorcismo extraterreste extraterrestre fadas Falta do Que Fazer fanatismo fantasma fantasmas fatos estranhos fatos inexplicáveis feitiçaria fenômenos apocalípticos fenômenos atmosféricos fenômenos cósmicos fenômenos estranhos fenômenos naturais fenômenos sobrenaturais feral children Filipinas fim de um Tempo fim do mundo Finlândia fireball Física de Partículas Florida folclore fotos de fantasmas França genética geografia geologia Ghost golfinhos Grã Bretranha Hanuman Harry Potter Havaí hinduismo História história apócrifa história perversa Holanda holismo Hong Kong humandoll humanidades humanoide Hungria idade média ideia de jerico ieti ignorância Igreja Católica Ilha da Páscoa India Índia indigo children Indonésia inexplicável inferno inferno africano inferno comunista inferno muçulmano Inglaterra insólito inteligências não humanas Irã Irlanda Israel Itália Japão Jesus jornalismo Forteano Júpiter juventude eterna Kalachi Kazaquistão Kenia KGB Kolbrin Kraken Krasnodar Kung Fu Lady Green Lago Baikal lago Natron Laos Latvia lebres-do-mar lei Lemúria lenda lenda urbana lixo espacial lobisomem Loch Ness Londres Los Tayos lugares assombrados lugares misteriosos macabro macacos magia magia negra maias Malásia Malawi mamíferos marinhos mar Cáspio Mar dos Sargaços Marajó Marrocos Marte Matéria Escura Mato Grosso do Sul Máxico Mecca medicina meio-ambiente metafísica México michael jackson milagres miragem mistério mistérios mistérios cósmicos misticismo mitologia mitologia contemporânea mitos e lendas moda Mongólia monstro de loch ness monstros monstros do mar Moscou mudanças climáticas Mulheres na História múmia de Altai múmias mundo mundo animal mundos perdidos mutações mutantes Natureza natureza fantástica naufragios navios de piratas Nepal Nibiru Nicarágua Nigéria Nikola Tesla noética Noruega Nosferatu Nova Zelândia numismática objetos assombrados objetos estranhos objetos malditos Oceano Pacífico oceanografia ocultismo ondinas orbs Oregon ouija OVNI OVNI NA ARTE OVNI-Cubo OVNIs paganismo paleontologia Panamá Papa Francisco papado papagaio Papas Papua-Nova Guiné Papus Paquistão Pará Paraguai Paraíba paranormal pareidolia partenogênese pé grande peixe-lua peixes suicidas personagens históricos Peru pirâmides piratas Planeta Inferno plantas plasma-luz Pokaini política Polônia poltergeist poluição Popocatepetl Portugal pós-modernidade possessão post mortem povos misteriosos pré-história primatas Primeira Guerra Mundial prodígio profecias profetas psicologia psiquiatria Quênia química realidade fantástica realismo fantástico Reeks island reencarnação Reino Unido religião reptilianos rituais robótica Romênia Roswell Runah Shah Rússia Russian humandoll Saara sacrifícios humanos Santiago del Estero Santiago do Chile santo sudário São Paulo sasquash satanismo Saturno segredos da Lua Segunda Guerra seitas sereianos sereias seres mitológicos serpentes Sérvia sexo Shambala Sheldrake showbizz Sibéria Singapura Sobral-CE sobrenatural sociedade sociologia Sol Somália Sri Lanka Staffordshire strange clouds strange phenomenons SUDÃO Suécia Suíça superstições Swedenborg Tailândia Taiwan tantra Tanzânia Taro tartaruga tatoo tecnologia tecnologia antiga telefones assombrados telepatia Templários templos tenha medo teologia teosofia Teotihuacan Terra Terra Oca terremoto tesouros Texas Texoma texto recuperado Theodora Tibete time travel Titã Tocantins tradições transhumanismo Tratado elementar de magia prática tsunami tubarão Turcomenistão turismo Turquia Tutburycastle Ucrânia UFO UFO-Cubo ufologia UK ultrassom Universo Urano Uruguai USA Utha Uzbequistão Valeria Lukyanova vampirismo vampiros vaticano Venezuela vermes horrendos viajantes do tempo vida além da vida vidência video vídeo vídeos de fantasma Vietnam vikings VÔO MH370 voodoo voomh370 vórtex vulcanismo Washington windigo Wingan Wolf Messing yeti Zâmbia Zimbabwe zonas anômalas zoofilia zoologia zoombi zumbis