quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Templários: No Meio do Caminho Tinha Uma Pedra


Reino Unido ─ Em Midlothian [distrito eleitoral], cidade de Temple, Escócia, operários que trabalhavam escavando durante uma obra de reforço da parede de um antiga capela descobriram uma pedra esculpida. A igrejinha, ruína histórica, fica ao lado de um cemitério. A pedra parece ser parte de um sarcófago.

Datada entre os séculos XII e XIV, seus símbolos entalhados estão intrigando os arqueólogos do
Historic Scotland and East Lothian Concil. A pedra foi fotografada e filmada. O historiador John Ritchie comentou: É uma escultura crua, completamente primitiva mas eu nunca vi nada igual em minha vida. Os símbolos são únicos: cruzes celtas e as formas circulares que parecem bússolas solares, como as foram usadas pelos vikings.

O especialista Davi Connolly comenta: Este lugar foi um Preceptório [um centro de formação] dos Templários na Escócia. A pedra deve ter estado, um dia, dentro da igreja, porque o edifício era maior. Pode ser de um Templário, pode ser de um Hospitalário, apenas um cavaleiro que quis ser enterrado ali. O que intriga é a heráldica dos símbolos, os signos do brasão de família, que é completamente desconhecido.

A pequena cidade de Temple, localizada no distrito de Midlothian, deve seu nome justamente aos Cavaleiros Templários. O lugar abrigou um dos pontos de abrigo dos Cavaleiros, como um quartel-general. A capela em ruínas, aninhada no vale abaixo da cidade, é tudo o que resta do que foi uma abadia fundada pelos Templários naquelas terras; terras a eles doadas por Davi I da Escócia, em 1127.

Os Templários constituíam uma ordem religiosa de Cavaleiros, criada durante as Cruzadas, cuja missão era, em princípio, proteger os cristãos na Terra Santa. Porém, sua organização foi bem além dos objetivos iniciais. Preocupados com o transporte de valores, inventaram o sistema bancário, introduzindo as Letras ou Títulos de Crédito. A organização enriqueceu; tornou-se poderosa. Muitos acham que a Irmandade se apossou dos tesouros de Jerusalém.

Com as mudanças políticas e econômicas, os Templários caíram em desgraça com a realeza européia e a Igreja católica. Seu poderio era por demais ameaçador. Foram julgados, caçados e condenados à morte na fogueira. Muitos escaparam e, diz a lenda, que boa parte de suas riquezas foi preservada, escondida em diferentes lugares do mundo. Midlothian seria um desses abrigos de Templáriosem fuga que ali teriam escondido a fração do tesouro que tinham consigo. A lenda local diz que essa fortuna está enterrada em Temple. Diz a tradição popular: Entre o carvalho e olmo enterrado está o ouro.


Fonte: SMITH, Clsire. Mystery stone found near church linked to Knights Templar.
In Scotsman ─ publicado em 27/10/2009
[http://news.scotsman.com/scotland/Mystery-stone-found-near-church.5767821.jp]



Nenhum comentário:

Arquivo do blog