sábado, 10 de outubro de 2009

Las Momias de Guanajuato



─ Que foi, meu? Achô pôco? Tá rindo de quê?
VEJA TODAS AS FOTOS AQUI


México-EUA ─ Estranhas, bizarras mesmo, múmias mexicanas estão em exposição no Detroit Science Center. A mostra, que vai viajar em tournê, chama-se Accidental Mummies of Guanajuato. As 36 múmias foram cedidas [por empréstimo] pelo Museo de Las Momias de Guanajuato. Os corpos, datados em mais de um século, foram mumificados na ocasião de um acidente na região das minas.

Historicamente, a economia de Guanajuato [hoje capital do estado de Guanajuato] foi um centro de mineração na época da colonização espanhola [hoje é um destino turístico e acadêmico, universitário, abrigando a Universidad de Guanajuato, uma das mais antigas e prestigiadas do país]. Esta é a primeira vez que essas múmias são exibidas nos estados Unidos da América do Norte.

A pesquisa científica [micro-biológica e biológica etc.], histórica e cultural das peças forneceu informações sobre a vida daquelas pessoas; não só mineiros mas, também, soldados, camponeses, crianças surpreendidos pela morte, sepultados nas criptas improvisadas doinfortúnio. O professor emérito da Quinnipac University, Connecticut ─ Ronald Beckett, que estuda as múmias de Guanajuato comenta que analisar estes corpos é como ouvir as próprias múmias contarem suas histórias.




Este coisa, sou eu ─ só de pensar em conta de celular. Meditemos...


Em Accidental Mummies, os portões da exposição são uma réplica do portal do cemitério onde a primeira múmia de Guanajuato foi descoberta, em 1865. A partir desta entrada, os visitantes passam para uma sala guarnecida com criptas [ambiente de campo santo mesmo]. Ali pode-se aprender sobre tradições mexicanas relacionadas à morte. No fim cinco múmias estão expostas em virines. Seus rostos e formas congelados são um relato sintético das vicissitudes da vida aprisionadas na expressão do espanto na morte.

O salão principal apresenta 21 múmias, muitas posicionadas de pé. Cada peça é acompanhada por um texto, versões em inglês e espanhol, que informa o nome do defunto, estimativa da idade e outros detalhes sobre oa vida daquela personagem. Segundo a lenda local, os corpos foram preservados porque a água da cidade é rica em minerais e enxofre. Os especialistas, porém, atribuem o estado de conservação das múmias à rápida desidratação causada pelo clima seco da região.




─ Tchau, vovó! VEJA TODAS AS FOTOS AQUI

Fonte: Mexican mummies arrive in USA
In Pravda English ─ publicado em 09/10/2009
[http://english.pravda.ru/photo/report/mummy-4750]




Um comentário:

enyta disse...

Os mexicanos estão perdendo em fazer desse lugar uma cidade turística e ganhar mais dinheiro do que ceder suas múmias para turnês por aí.

Arquivo do blog