quinta-feira, 13 de junho de 2013

Os Sereianos do Ártico


+ PEQUENA CRIATURA HUMANOIDE AQUÁTICA MORRE EM PRAIA AUSTRALIANA
[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2012/10/estranha-criatura-humanoide-aquatica.html


CRITURAS ESTRANHAS. MITOS. SEREIANOS. Um ano depois da primeira exibição do "ducumentário-hipótese-ficção" - Mermaids, The Body Found - produzido pelo canal de televisão DISCOVERY-ANIMAL PLANET, neste maio de 2013, o mesmo canal pôs no ar uma Reportagem Especial a título de atualização do tema, polêmico (a existência de Sereias), trazendo à público o registro novos eventos que confirmariam a realidade possível dessas míticas criaturas vivendo, incógnitas, nas profundezas dos oceanos da Terra.



Na primeira exibição da Reportagem Especial MERMAIDS, THE NEW EVIDENCE, atualizando o Documentário MERMAIDS, THE BODY FOUND (maio de 2012). No programa, novos eventos são divulgados pelo apresentador, Jon Frankel e seus convidados: Dr. Paul Robertson,  biólogo marinho; o geólogo submarino Dr. Torsten Schmidt e Barrent Brent, especialista em Circos e Espetáculos Americanos do século IX.

Esse novo programa, MERMAIDS - THE NEW EVIDENCE, conduzido pelo apresentador Jon Frankel, reuniu o biólogo marinho e ex-funcionário da National Oceanic and Atmomosferic Administration/USA-NOAA, Dr Paul Robertson que, em 2012, revelou ao mundo suas experiências no processo da descoberta científica e ocultamento oficial (governamental) de uma "nova espécie" ou "até então, desconhecida espécie" de mamíferos aquáticos humanoides sapiens; o geólogo submarino Dr. Torsten Schmidt e o especialista em Circos e Espetáculos Americanos do século IX (anos de 1800) - Barrent Brent, conselheiro de vários museus incluindo o Museu de História Americana do Smithsonian Institute.

Concebidos como mitos, como figuras de sereias e tritões, a Humanidade aquática, como fato real teria permanecido ignorada, pelas sociedades terrestres, durante milênios graças ao que parecer ser uma escolha da espécie, um ocultamento voluntário da própria existência ao conhecimento dos homens da "terra seca".

Ao longo das Eras Históricas (desta Humanidade), esse ocultamento pôde ser preservado na intimidade das águas profundas, das praias desabitadas da vastíssima extensão do globo ocupadas pela massa líquida dos oceanos, rios e lagos.

Hoje, os sereianos estariam se revelando involuntariamente: descobertos por sonares que captam suas vozes agudas propagadas no meio aquoso ou, ainda, semi-mortos, lançados nas areias litorâneas de diferentes lugares do mundo, vitimados pelos mesmos sonares que os rastreiam, apanhados por das pragas tecnológicas desta Idade Cibernética que, descobriu-se são letais para a vida marinha.

Trata-se dos mais avançados sonares de sondagem submarina, usados para fins militares ou para instruir a exploração de petróleo no mar, por exemplo. Estes sonares e equipamentos especiais de gravação têm captado sons (não perceptíveis audição humana normal) que os cientistas distinguem claramente dos sons (vozes) emitidos por outros mamíferos marinhos, como os cetáceos.

Essa voz das sereias já tem até um nome ou apelido científico oficial: é o bloop. Porém, estes mesmos sonares, para desempenharem suas funções, emitem frequências de ondas acústicas que afetam a constituição dos tecidos, a organização celular dos orgãos internos da várias espécies marinhas, especialmente os mamíferos, causando o colapso do organismo, produzindo a mortandade em massa de diferentes animais, cujos numerosos corpos  moribundos e carcaças têm aparecido, repentinamente, nas praias do mundo mobilizando os midia e a opinião pública.

As fotos, chocantes, mostram, por vezes, centenas de corpos de baleias e golfinhos enfileirados, depositados nas areias por correntes fúnebres do luto das águas.

MERMAIDS - THE NEW EVIDENCE, além da sequência de flagrante de uma sereia em em um rochedo de uma praia da cidade litorânea da cidade de Kiryat Yam, em Israel (veja matéria anterior), um lugar onde é rico o folclore sobre a existência de sereias na região, apresenta o mais recente flagrante de um ser sereiano avistado (e perturbado) em seu ambiente natural, seu habitat: há 600 metros de profundidade.
 


O registro foi obtido em 2010, pelo geólogo submarino dinamarquês Dr. Torsten Schmidt, no Oceano Ártico, quando - navegando em direção ao mar da Noruega, partindo da ilha vulcânica de Jan Meyen (território norueguês) - trabalhando para o governo da Islândia, durante um mergulho/submersão de rotina, realizava um procedimento de sondagem (feito por varredura de radar - ondas de rádio),  justamente, da presença de vida marinha em locais que serão examinados pelos sonares que mapeiam a região e buscam localizar reservas de petróleo.

Esse trabalho e toda essa tecnologia historicamente em uso recente - que tem o objetivo ecológico e empresarialmente - "politicamente correto" - de prevenir lesões orgânicas às espécies sensíveis aos sonares, tem - eventualmente, alcançado descobertas não pretendidas, como ocorreu no episódio do Mar da Noruega.

APARIÇÃO

Tudo começou quando os cientistas, à bordo do submarino da empresa, realizando suas tarefas diárias, ouviram aquele estranho som semelhante a uivos (eram os bloops - que seria a voz dos sereianos ou homens-aquáticos) - indicando a presença de mamíferos marinhos, possivelmente cetáceos.

Tendo apresentado as gravações daqueles sons aos seus superiores foi requisitado à instância governamental competente a revisão da análise de impacto ambiental na área. O IGS - Instituto de Pesquisa Geológica da Islândia concluiu que os sons eram produzidos por baleias piloto; e encerrou a questão. A empresa lembrou os cientistas do compromisso confidencialidade assumido em contrato.

Desconfiado, Schmidt e sua equipe começaram a investigar a questão secretamente, monitorando, no mini-submarino - equipado com duas câmeras de gravação de áudio-vídeo. 

Também foi usada uma técnica simples para tentar atrair o ser responsável pelos bloops: emitir os bloops gravados no fundo do mar e esperar uma resposta. Os dinamarqueses espreitaram o fundo do mar da Groenlândia durante mais de 7 meses até obter resultados.



Ali, a mais de meio quilômetro de escura profundidade, os dois pesquisadores dinamarqueses - um deles, Torsten Schmidt - foram surpreendidos no interior da exígua cabine com a abordagem, algo abrupta, de um estranho ser cuja mão, humanoide, dotada de cinco dedos providos de longas e finas membranas entre si, espalmou-se contra uma escotilha de observação enquanto a câmera de bordo capturava com clareza a espantosa aparição.

FOI EM EM 06 DE MARÇO DE 2013 que - nas palavras de Torsten Schmidt: Eles apareceram... Vi sua face, sabia que era outra forma de inteligência...

Depois do comportamento esquivo, hostil - das autoridades da Islândia, Torsten Schmidt procurou o governo de seu próprio país, a Dinamarca, que detém soberania sobre a região Groenlândia. EM 27 de março de 2013 - o governo da Dinamarca proibiu todas as perfurações de prospecção de petróleo, toda exploração científica de baleias.


LINKS RELACIONADOS

+ PEQUENA CRIATURA HUMANOIDE AQUÁTICA MORRE EM PRAIA AUSTRALIANA
[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2012/10/estranha-criatura-humanoide-aquatica.html





Sereias, Um Assunto Proibido, 18/06/2013
http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/sereias-um-assunto-proibido.html

Golfinhos São Legalmente Reconhecidos como "Pessoas Não-Humanas", 14/06/2013
http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/golfinhos-sao-legalmente-reconhecidos.html 

CRIATURAS MÍTICAS: SEREIAS 
TEXTO: Lygia Cabus
FONTE DE INFORMAÇÕES & IMAGENS: 
MERMAIDS, A NEW EVIDENCE
DISCOVERY-ANIMAL PLANET, maio de 2013
legendado em português by rodelor
YOUTUBE, postado em 08/06/2013
[http://youtu.be/OWIl0-6hSKQ]

4 comentários:

Anônimo disse...

Assista ao video ate o fim, nele tem um aviso que o documentário eh falso, apenas para entretenimento

Sofä da Sala Notícias disse...

ANÔNIMO... Eu vi o documentário de 2012 e a Reportagem de maio deste ano, 2013 e posso garantir que, o documentário em si mistura realidade e ficção, sim, porém, a reportagem que mostra o geólogo dinamarquês no subamarino, não é ficção.

Mesmo no documentário MERMAIDS, YHE BODY FOUND - os fatos, como a impacto ambiental dos sonares e o achado de um "animal desconhecido" dentro de um tubarão que foi dar à praia, na África do Sul em e meio à um encalhe de baleias, o confisco da pesquisa da equipe do NOAA, os depoimentos dos cientistas, estes são fatos verídicos. E, note-se, esses sereianos do Ártico aparecem na Reportagem especial deste ano, 2013 - MERMAIDS - THE NEW EVIDENCE.

Unknown disse...

Interessante , me interesso muito por esses assuntos , eu gostaria de saber se o lance da sereia no circo dos horrores era verdadeiro ou fake , a foto da epoca e tal.. Pq o video aquele de israel se ve que é fake facilmente.

Anônimo disse...

É tudo fake galera, os cientisatas são todos atores, é só pesquisarem no google kkkkk

Marcadores

. mistério abduções Afeganistão África África do Sul Alaska Alemanha alienígena alienigenas alienígenas Alioshenka amazonas Amazonia Amazonia peruana América Latina animais gigantes anjos Antártida antigas civilizações antiguidade antropologia antropologia esotérica Anunnaki Arábia Saudita Argentina arqueologia arqueologia extraterrestre arqueologia insólita arquitetura Arte Ártico assombração astrofísica astronomia Atlantes Atlântida Austrália Austria Azerbaijão Baba Vanga baleias Báltico Bigfoot biologia biologia fantástica biologia marinha biologia ocultista bioquímica bizarro Bolívia Boriska Bósnia botânica Brasil bruxaria Buddha Boy budismo Bulgária California Camboja Canadá canibalismo casamentos bizarros Casaquistão catolicismo Cazaquistão celulares assombrados CERN cetáceos CHAMEM OS IRMÃOS WINCHESTER Chile China chupa-cabras chuva de peixes ciberassombrações ciência CIÊNCIA DE FRONTEIRA ciência do óbvio ciência e ocultismo ciências ocultas cipriano civilizações perdidas coisas da Índia coleção Colômbia comportamento conspiração conspirações costumes criaturas estranhas criaturas míticas crime criptozoologia cristianismo Croácia cultura inútil curiosidades Deus me defenda Dinamarca dinossauros Divina Comédia Drácula dragões druidas ecologia ecossistema Egito Emirados Árabes entidades não-humanas Equador Escócia esoterismo espaço espaço cósmico Espanha espiritismo espíritos espiritualidade estranha antropologia estranha arquitetura estranha biologia estranhas criaturas estranhas nuvens estranhas tradições estudo EUA evolução exobiologia exorcismo extraterreste extraterrestre fadas Falta do Que Fazer fanatismo fantasma fantasmas fatos estranhos fatos inexplicáveis feitiçaria fenômenos apocalípticos fenômenos atmosféricos fenômenos cósmicos fenômenos estranhos fenômenos naturais fenômenos sobrenaturais feral children Filipinas fim de um Tempo fim do mundo Finlândia fireball Física de Partículas Florida folclore fotos de fantasmas França genética geografia geologia Ghost golfinhos Grã Bretranha Hanuman Harry Potter Havaí hinduismo História história apócrifa história perversa Holanda holismo Hong Kong humandoll humanidades humanoide Hungria idade média ideia de jerico ieti ignorância Igreja Católica Ilha da Páscoa India Índia indigo children Indonésia inexplicável inferno inferno africano inferno comunista inferno muçulmano Inglaterra insólito inteligências não humanas Irã Irlanda Israel Itália Japão Jesus jornalismo Forteano Júpiter juventude eterna Kalachi Kazaquistão Kenia KGB Kolbrin Kraken Krasnodar Kung Fu Lady Green Lago Baikal lago Natron Laos Latvia lebres-do-mar lei Lemúria lenda lenda urbana lixo espacial lobisomem Loch Ness Londres Los Tayos lugares assombrados lugares misteriosos macabro macacos magia magia negra maias Malásia Malawi mamíferos marinhos mar Cáspio Mar dos Sargaços Marajó Marrocos Marte Matéria Escura Mato Grosso do Sul Máxico Mecca medicina meio-ambiente metafísica México michael jackson milagres miragem mistério mistérios mistérios cósmicos misticismo mitologia mitologia contemporânea mitos e lendas moda Mongólia monstro de loch ness monstros monstros do mar Moscou mudanças climáticas Mulheres na História múmia de Altai múmias mundo mundo animal mundos perdidos mutações mutantes Natureza natureza fantástica naufragios navios de piratas Nepal Nibiru Nicarágua Nigéria Nikola Tesla noética Noruega Nosferatu Nova Zelândia numismática objetos assombrados objetos estranhos objetos malditos Oceano Pacífico oceanografia ocultismo ondinas orbs Oregon ouija OVNI OVNI NA ARTE OVNI-Cubo OVNIs paganismo paleontologia Panamá Papa Francisco papado papagaio Papas Papua-Nova Guiné Papus Paquistão Pará Paraguai Paraíba paranormal pareidolia partenogênese pé grande peixe-lua peixes suicidas personagens históricos Peru pirâmides piratas Planeta Inferno plantas plasma-luz Pokaini política Polônia poltergeist poluição Popocatepetl Portugal pós-modernidade possessão post mortem povos misteriosos pré-história primatas Primeira Guerra Mundial prodígio profecias profetas psicologia psiquiatria Quênia química realidade fantástica realismo fantástico Reeks island reencarnação Reino Unido religião reptilianos rituais robótica Romênia Roswell Runah Shah Rússia Russian humandoll Saara sacrifícios humanos Santiago del Estero Santiago do Chile santo sudário São Paulo sasquash satanismo Saturno segredos da Lua Segunda Guerra seitas sereianos sereias seres mitológicos serpentes Sérvia sexo Shambala Sheldrake showbizz Sibéria Singapura Sobral-CE sobrenatural sociedade sociologia Sol Somália Sri Lanka Staffordshire strange clouds strange phenomenons SUDÃO Suécia Suíça superstições Swedenborg Tailândia Taiwan tantra Tanzânia Taro tartaruga tatoo tecnologia tecnologia antiga telefones assombrados telepatia Templários templos tenha medo teologia teosofia Teotihuacan Terra Terra Oca terremoto tesouros Texas Texoma texto recuperado Theodora Tibete time travel Titã Tocantins tradições transhumanismo Tratado elementar de magia prática tsunami tubarão Turcomenistão turismo Turquia Tutburycastle Ucrânia UFO UFO-Cubo ufologia UK ultrassom Universo Urano Uruguai USA Utha Uzbequistão Valeria Lukyanova vampirismo vampiros vaticano Venezuela vermes horrendos viajantes do tempo vida além da vida vidência video vídeo vídeos de fantasma Vietnam vikings VÔO MH370 voodoo voomh370 vórtex vulcanismo Washington windigo Wingan Wolf Messing yeti Zâmbia Zimbabwe zonas anômalas zoofilia zoologia zoombi zumbis