quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Estranha Criatura Humanóide Aquática Encontrada e Libertada em Praia Australiana


Nas imagens, percebe-se que, seja lá o quê for, está vivo, porque, aparentando esforço, ergue a cabeça. Que é pequeno, pode-se deduzir pela comparação com os restos de algas e gravetos à sua volta. 

+ OS SEREIANOS DO ÁRTICO, 2013
[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/os-sereianos-do-artico.html]

AUSTRÁLIA. Uma criatura humanoide, pequena, viva - que está sendo chamada de bebê-sereia ou, ainda alien - no sentido de estranho e não, necessariamente, extraterrestre -  foi supostamente encontrada em uma praia do estado de Queensland, Austrália. O vídeo está no YOUTUBE. 

Os comentários expressam completo descrédito embora, à primeira vista imagens sejam bem nítidas, bem melhores que muitos dos vídeos publicados no canal prometendo imagens de extraterrestres, fantasmas ou criaturas bizarras.


ESTRANHA CRIATURA HUMANOIDE AQUÁTICA Austrália, 2012 
YOUTUBE. Lygia Cabus/sofareports, Published on May 28, 2015
[https://www.youtube.com/watch?v=MI3OyBfgvew]

O vídeo mais antigo, no YouTube - foi postado em 05 de outubro de 2012 por um usuário que identifica-se apenas como Stewart H. (fonte abaixo). Em princípio, o "crime de Stewart" foi... a compaixão. 

Ele escreve sentiu estar diante de um ser vivo raro na Terra, angustiado e em perigo de morte. Por isso, ao invés de capturá-lo e exibi-lo, provavelmente morto, ao mundo, escolheu devolvê-lo ao seu habitat óbvio: o mar.

Muito dirão (e disseram nas entrelinhas dos comentários) que isto foi um "prejuízo" para a ciência dos homens mas, quanto vale a curiosidade científica diante do risco real de morte de um ser vivo? 

Considerando a possibilidade do vídeo não ser uma farsa, a atitude do sr. Stewart demonstraria um um tipo de solidariedade e sensibilidade humana que quase já não existe mais. Ele priorizou a Vida.

Ninguém para e e pensa um instante: como qualquer um de nós se sentiria se ao invés de ser socorrido em situação semelhante fosse "coletado" e morresse à caminho de um laboratório para acrescentar um novo e - possivelmente, inútil conhecimento ao acervo de científico Humanidade, que já sabe tanto e tantas coisas eticamente questionáveis e/ou condenáveis faz com seu enorme Saber. 

Ok, o vídeo pode ser fake... talvez. Mas, os comentários demonstram a arrogância cruel dos humanos; isto, sim, é bem real. 

A pressa do jornal EL CHINO em publicar a matéria (porque vende) faz com que o redator cometa o engano de escrever que o humanoide foi hallado en el fondo do mar,  quando está claro que estava na praia.

Todo mundo acha bonita e comovente a história do ET de Spielberg sendo salvo - pelas crianças - das mãos insaciáveis e insensíveis da Ciência mas, a tendência geral, ao se deparar com uma criatura estranha e, especialmente, mais frágil, é colocá-la em uma caixa e procurar um canal de televisão. E se for uma criatura enorme? Uma rajada de balas... depois, o canal de televisão. "Humano, demasiado humano"... Meditemos...

+ OS SEREIANOS DO ÁRTICO, 2013
[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/os-sereianos-do-artico.html]


O vídeo, em inglês, postado no YOUTUBE em 05/10/2012. 
[http://youtu.be/8VGB_gWWqdU]

NO YOUTUBE, em espanhol, postado em 06/10/2012. 
[http://yotu.be/hLt5jmgb3dw]

FONTE: Hallan humanoide en el fondo del mar.
EL CHINO/PERU, publicado em 11/10/2012.
[http://www.elchino.com.pe/hoy/indice.asp?strname=CHInsolito901]

Um comentário:

Bruno Chevrand Prinz disse...

Minha nossa, eu concordo plenamente com o seu ponto de vista, a grande maioria das pessoas age por conveniência e não por coerência, e a mente da maioria dos seres humanos funciona de maneira superficial - ou seja, se concentrando em primeiro lugar em atender seus desejos e emoções por último se concentrando no lado racional das coisas (eu me excluo deste padrão sem demagogias, acreditem no que quiserem acreditar).

Arquivo do blog