segunda-feira, 18 de junho de 2012

O Milenar Conhecimento Indiano Sobre o DNA


Representações do DNA, dos genes e do processo de sua duplicação encontrados em Mohenjo-Daro

INDIA. Um estudioso, erudito dos Vedas, estabelecido na cidade de Indore, estado de Madhya Pradesh, Índia Central, Prash Trivedi, autor de vários livros e considerado uma das mais competentes autoridades em Jyotish, o sistema hindu de astrologia e uma das seis disciplinas do Vedanta afirma que o DNA (Ácido Desoxirribonucléico, que contém o código de todas as configurações do ser físico e psiquiátrico de um indivíduo), não é uma descoberta dos ocidentais contemporâneos. Antes, é um conhecimento antigo, cujos registros podem ser encontrados, por  exemplo, nas ruínas da misteriosa civilização de Mohenjo-Daro, localizadas no Vale do rio Indo.

Trivedi está divulgando o lançamento de seu mais novo livro: Vedic Science vis-a-vis modern sicence. Ele informa: Tenho orgulho de afirmar que o DNA foi descoberto pela primeira vez na Índia, hámais de 18 mil anos atrás e suas representações estão gravadas em selos que foram encontrados em escavações no vale do Indo.

Até hoje, o DNA é considerado uma descoberta do médico e cientista suíço Friedrich Miescher, que revelou sua estrutura em hélice dupla em 1953.

Trivedi contesta e diz que não somente a estrutura do DNA como também os processos de divisão celular (meiose e mitose) estão ilustrados claramente em selos e pedras dos assentamentos de Mohenjo-Daro.


Prash Trivedi é uma das maiores autoridades mundiais em Jyotish, sistema hindu de astrologia. Sua formação inclui gerações de notáveis eruditos em sânscrito, em Ayurveda e astrólogos. 

Desde muito jovem ele vive cercado pela mitologia cosmológica Védica. David Frawley, presidente do conselho norte-americano de Astrologia Védica escreveu sobre Trivedi: Ele é o mais jovem e o mais perspicaz astrólogo da Índia. 

Prash Trivedi tem formação superior no prestigiado Indian Institute of Tecnology, em Nova Delhi. Depois da graduação ele foi para o Arizona onde conviveu prestou assistência a idosos entre os indígenas da nação Hopi. 

São títulos dos livros que ele já escreveu: The Key of Life (Astrology of the Lunar Nodes), Sun - The Cosmic Powerhouse, The 27 Celestial Portals (The Real Secret Behind the 12 Star-Signs Revealed), PT's Notes. Para saber mais, acesse o site do pesquisador: o OSFA - Orion School & Foundation of Astrology - [http://www.osfa.org.uk/].


O pesquisador indiano explica: O DNA foi denominado Tvashta e Vivasvat. Sua representação pictória no vale do Indo é incontestável. Ali, diz Trivedi, um conjunto de pequenos selos reprenta a evolução da criação pré-cósmica e a condição da evolução do homem, em símbolos que obedecem a uma ordem cronológica. As representações mostram a estruturado DNA em detalhes além do processo de cruzamento dos genes, conforme foi ilustrado, milênios depois pela ciência moderna.

FONTE: Pre-Vedic India knew about DNA: Indore scholar.
DAILY BHASKAR, publicado em 17/06/2012.
[http://daily.bhaskar.com/article/MP-IND-pre-vedic-india-knew-about-dna-indore-scholar-3425325.html]

Nenhum comentário:

Arquivo do blog