sábado, 16 de junho de 2012

Forest-Boy de Berlim... Desmascarado


Foto: AFP/GETTY IMAGES

ALEMANHA/HOLANDA. IDENTIFICADO. O jovem que apareceu ha nove meses em Berlim (outubro de 2011), procurando asautoridades, dizendo não saber nada sobre si mesmo exceto uma poucas informações, como o nome, que seria Ray - e sua data de nascimento, apareceu novamente nas manchetes de todo o mundo entre os dias 15 e 16 de junho de 2012. Desta vez, desmascarado, o adjetivo mais associado ao - até recentemente chamado - "forest boy" é - "fake".

Com recente re-publicação da foto do rapaz em períodicos dos quatro cantos do planeta, com a cara na internet, uma mulher, da Holanda, finalmente apresentou-se alegando ser a madrasta do jovem e prestando esclarecimentos sobre sua identidade.

Segundo porta-voz da polícia de Berlim, Ursula Kinzel, a que mulher reconheceu Ray afirma que ele é seu enteado, que sumiu de casa em setembro de 2011. Seu verdadeiro nome, segundo a madrasta, é Robin. Ele tem 20 anos, completados em 20 de abril (2012) e foi dado como desaparecido pela família.

Kinkel disse, ainda, que o jovem pode estar encrencado: as autoridades estão avaliando se o caso resultará em um processo penal contra o rapaz, por fraude contra contra as Instituições de benefício social. Porém, por enquanto, Roy/Robin está livre. 

Desde o pricípio a polícia alemã desconfiava da história contada pelo "forest boy". Vários indícios justificavam a suspeita. Apesar de sua alegada estadia na floresta, com o pai, isolado da civilização, ele adaptou-se rapidamente à vida urbana sabendo utilizar sem problemas equipamentos como telefone celular e laptop. Mas, o fato poderia ser explicado considerando que - segundo o jovem, ele somente passou a viver na floresta depois do 13 anos de idade.

Este caso lembra outro, semelhante: o chamado "Piano-man", que apareceu em hospital da Grã-Bretanha em 2005, alegando total desconhecimento sobre a própria identidade mas demonstrando um evidente talento para tocar piano. Depois de passar meses em um hospital psiquiátrico, ele admitiu que era alemão e que tinha migrado para a Grã-Bretanha depois de perder o emprego.


O CASO DO "PIANO-MAN"

O "Piano-man". Foto: Michael Camp/ AP

INGLATERRA/ALEMANHA. Ele foi encontrado em aparente estado de confusão mental, enxarcado, em uma praia do sul da Inglaterra em 07 de abril de 2005. Não disse nada. E calado permaneceu durante meses, internado Little Brook Hospital (psiquiátrico), em Dartford, Londres. Mas tocava piano; e tocava bem.

Era alto, louro, traços finos, aparentando entre 20 e 30 anos. As etiquetas de suas roupas tinham sido cortadas. O homem era um mistério. Assistentes sociais e funcionários do National Missing Persons Helpline (Socorro às Pessoas Desaparecidas) passaram meses tentando identificá-lo. Em vão.

Porém, em agosto do mesmo ano (2005), uma enfermeira entrou no quarto e ordenou, diretamente: Você vai falar conosco, hoje. Ele respondeu, simplesmente: Eu vou. E falou: Revelou que era nascido da Alemanha. Tinha perdido o emprego em Paris e então resolveu migrar para a Inglaterra. 

As autoridades de saúde, por motivos éticos, não deram detalhes sobre a identidade e os motivos que levaram este homem a encenar a farsa durante tanto tempo. Tudo o que foi divulgado foi que, depois de esclarecido o mistério, o "Piano-man", voltou para a Alemanha.

LINK RELACIONADO: O Mistério de Ray
publicado em 13/06/2012

FONTES
ECKARDT, Andy. 'Forest Boy' mystery solved: Man admits lies over identity.
MSNBC, publicado em 15/06/2012.
[http://worldnews.msnbc.msn.com/_news/2012/06/15/12235799-forest-boy-mystery-solved-man-admits-lies-over-identity?lite]
SOBRE O "PIANO-MAN" - Mysterious 'Piano Man' released from hospital.
MSNBC, publicado em 22/08/2005.
[http://www.msnbc.msn.com/id/9039480/ns/world_news-europe/t/mysterious-piano-man-released-hospital/#.T9ykN1IW739]


Nenhum comentário:

Arquivo do blog