sexta-feira, 15 de junho de 2012

Morando no Cemitério


A casa da viúva, no cemitério, em fotografia de 2011. Foto: sanvicenteinforma.com.ar

ARGENTINA. Em Dos de Mayo, cidade da Província de Misiones, Adriana Villareal, 43 anos (em 2012), uma viúva apaixonada, residente em Buenos Aires, construiu, no cemitério local (de Dos de Mayo), uma casa pequena mas confortável, dotada de cozinha, cama e equipada com televisão e computador no panteão onde repousam os restos mortais do marido, Sergio Yede, falecido aos 28 anos, em 2010.

Ela costumava passar os fins de semana ali. Porém, nesta primeira quinzena de junho, por determinação das autoridades municipais, ela foi despejada e a casa foi trancada a cadeado. A decisão foi tomada depois que frequentadores do cemitério prestaram queixa contra a instalação e a hóspede que, segundo alguns reclamantes, colocava música em alto volume no local.
 
Adriana Villareal, 43 anos. Bela viúva apaixonada. Imagem: La Razon - Argentina.
Publicado em 15/06/2012.
[http://www.larazon.com.ar/interesa/mujer-armo-hotel-mausoleo-marido_0_359700035.html]

Diante da decisão legal, o comissário de polícia de Dos de Mayo, Gustavo Brangança, enviou inspetores para cumprir a ordem de despejo e lacrar a casa. Adriana recebeu-os de pijama e explicou: Eu não posso pagar para ficar em um hotel quando venho visitar o túmulo. Ele foi a única família que eu tive. Coloco música lenta para tocar porque ele gostava.

Questionada, afirmou que não tem medo de dormir ao lado do caixão ... porque os mortos não fazem nada. Devemos temer os vivos.

FONTE: Sacan a mujer que se instaló en tumba de su esposo con cocina, cama y TV.
PUBLIMETRO/Chile, publicado em 14/06/2012.
[http://www.publimetro.cl/nota/anadieleimporta/sacan-a-mujer-que-se-instalo-en-tumba-de-su-esposo-con-cocina-cama-y-tv/xIQlfn!EjZ42ObnDIJYE/]

Nenhum comentário:

Arquivo do blog