domingo, 30 de junho de 2013

A Misteriosa Entidade de Luz da Floresta da Georgia


USA. Estado de Georgia. A foto foi obtida em 04 de Julho de 2011, por uma câmera de monitoramento da vida selvagem. Somente agora, quase dois anos depois, na sexta-feira, 28 de junho (2013) - o flagrante foi compartilhado por um policial do Norte do estado no website COST TO COAST AM.

Segundo a fonte - que identifica-se apenas como Dingo, ele e outro guarda responderam a uma chamada sobre invasão de propriedade privada. 


O proprietário supunha que os invasores eram caçadores. Porém, nenhum suspeito foi identificado ou qualquer pista foi encontrada. As queixas repetiram-se e a ação policial em nada resultou.

Então, o queixoso resolveu instalar uma câmera para monitorar a floresta. Uma noite foi  suficiente. No dia seguinte, ao verificar a gravação, o dono propriedade identificou, enfim... não os supostos caçadores mas, outra coisa, muito diferente.


Imediatamente, contactou Dingo e seu parceiro e pediu que fossem ao local para das uma olhada nas imagens. 


Os homens ficaram perplexos e mesmo depois de divulgada a imagem, ninguém sabe ao certo do quê se trata: alguns dizem que é um alien, um extraterrestre, um anjo, um ser não-humano; há os que identificam um elemental, como um silfo ou algum outro ser fabuloso, como uma fada.

Apesar dos policiais reconhecerem que têm acesso a outras imagens da sequência de filmagem e, ainda, outros filme, mostrando "entidades" semelhantes; filmes obtidos por câmeras da Guarda-Florestal do Department of Natural Resources, ambos oficiais insistem que essas figuras, de algum modo, são caçadores mesmo.

FONTE
ALBRECHT JR., JOHN. Strange angelic figure captured on wildlife camera in Georgia.
EXAMINER, publicado em 30/06/2013
[http://www.examiner.com/article/strange-angelic-figure-captured-on-wildlife-camera-georgia]

terça-feira, 18 de junho de 2013

A Terra Continua Cuspindo Venenos na China



CHINA. Em Nanjing, a terra continua regurgitando estranhas substâncias espumantes, na zonas rurais e na cidade. Com vários episódios semelhantes acontecendo na Província, cientistas e sociedade estão perturbados porque, desde de que começou a ocorrer, no início no mês de Junho, apesar dos esforços dos peritos, o fenômeno permanece sem explicação.

Em 12 de junho, ainda em Nanjing, grandes bolhas brancas, que pareciam nuvens brotando ao rés do chão, tomaram conta de campos de arroz. 

O caso é uma preocupação séria para os camponeses da região, porque o arroz é um dos principais recursos alimentares e econômicos da China, especialmente nas cidades menores. Em seguida, a espuma fétida voltou a brotar do asfalto, dessa vez, marrom, no centro da cidade (Nanjing).

As hipóteses em torno da origem da espuma das profundezas são numerosas mas os cientistas ainda não estabeleceram nenhuma conclusão. 


Enquanto isso as pessoas começam a cogitar em possibilidades algo místicas, como a idéia de que a Terra está reagindo objetivamente contra os abusos da Humanidade, regurgitando os venenos com os quais tem sido aviltada ao longo dos séculos históricos.

LINKS RELACIONADOS

A Horrenda Secreção Pestilenta de uma Metrópole, 11/06/2013
[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/a-horrenda-secrecao-pestilenta-de-uma.html]
 

Tempestade Violenta: Estranha Substância Branca
Cobre Litoral Norte da Grã-Bretanha, 25/09/2012

[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2012/09/tempestade-violenta-estranha-substancia.html]
FONTE: Cina: a Nanchino esce dal terreno una misteriosa schiuma marrone.
BEFAN/ITÁLIA, publicado em 18/16/2013
[http://www.befan.it/cina-a-nanchino-esce-dal-terreno-una-misteriosa-schiuma-marrone/]

A Linhagem Materna de Diana: Sangue Indiano na Casa Real Inglesa


UK. A época é a última década do século XVIII (anos 1700). Naquele tempo existiu na Índia uma mulher chamada Eliza Kewark, que era repudiada no ambiente familiar por sua por causa de sua raça. 

O pai de sua filha e dono da casa, o comerciante escocês Theodore Forbes, referia-se à mulher como empregada doméstica da casa e suposta mãe da menina, Katherine.

Depois que ficou adulta, Kateherine foi expulsa de casa, sem sua mãe, enviada para a Inglaterra. Lá, ela deu à luz Jane, que deu à luz Ruth, cuja filha também foi chamada Ruth, mãe de Frances, mãe de... Diana Spencer.

CAMINHO DA ÍNDIA


Veja a imagem ampliada na página do DAILY MAIL
DNA tests reveal Wills is actually part-Indian... but one distant cousin knew the family secret all along, publicado em 14/06/2013.

Sendo assim, isso significa que, um dia, a Grã-Bretanha, terá um monarca com sangue indiano e o Commonwealth será liderado por um rei geneticamente relacionado com  a nação mais populosa do mundo.

Porque a indiana marginalizada em próprio clã, Eliza Kewark é quinqua-avó do Príncipe William. Oficialmente, ela tem sido descrita como armênia mas Eliza Kewark era mestiça britânica-indiana. A informação foi divulgada foi anunciado em 14 de junho de 2003 pelo laboratório especializado BritainsDNA.

O Laboratório assegura o resultado das análises e informa que traçou a linhagem tendo como referência o DNA-Mitocondrial ou mtDNA - que é transmitido de mãe para filho. Ou seja, o código genético do príncipe William tem a "marca" de Eliza Kewark.

Segundo o BritainsDNA,  MtDNA de Kewark é tão raro que - até hoje, o próprio Laboratório, somente tem notícia 14 outras pessoas que o possuem dentre as quais, apenas uma era indiana; as outras eram nepalesas.

Os testes foram feitos com amostras de salva colhidas de dois membros não identificados da família real e o rastreamento mitocondrial permitiu traças sete gerações de Kewark, que nasceu por volta de 1790.

PRECONCEITO

 As informações chegaram às pautas dos midia e conhecimento público com lançamento da biografia The Real Diana, de Lady Colin Campbel. O livro conta que, embora relativamente conhecida, a história de Kewark foi eclipsada da saga familiar. Era uma figura destoante em uma família repleta de europeus descendentes da realeza.

Lady Campbel escreve: Eliza Kewark era uma nativa de pele escura que tinha vivido (maritalmente), sem o benefício do matrimônio, com Theodore Forbes, quando ele trabalhava para a East India Company. Forbes era o pai de Katherine [e de mais dois outas crianças com Kewark].

Pior que a mácula da ilegitimidade, mesmo depois de passado muito tempo, o estigma que parecia realmente insuperável era o sangue "de cor" que corria nas veias de Eliza. Se tivesse sido do conhecimento geral que a bisavó de Diana - Ruth e seus filhos eram, em parte, geneticamente indianos, a família jamais poderia ter feito bons casamentos.

A verdadeira raça (etnia) de Eliza foi mascarada na árvore genealógica da família. Ela aparece como armênia. Essa ficção foi mantida mesmo quando Diana casou-se com o Príncipe de Gales.

Mas... Os tempos mudaram. Hoje, a família de Diana, que morreu em um acidente de carro em 1997, ostenta com satisfação sua herança indiana. Mary Roach, tia materna da princesa, declarou ao The Times: Eu sempre achei que eu era, em parte, armênia mas estou deliciada em ter raízes indianas.

FONTE: Princess Diana's Hidden Ancestral Secret Revealed.
ABC NEWS/UA, publicado em 14/06/2013
[http://abcnews.go.com/News/princess-dianas-hidden-ancestral-secret-revealed/story?id=19401903#.UcCXA5ymU30]

Sereias, Um Assunto Proibido

As Sereias do Animal Planet & O Massacre dos Cetáceos
Pelos Sonares Marinha Norte Americana - Verdade e Ficção
por Lygia Cabus

[http://www.sofadasala.com/historiaearqueologia/sereias03.htm]

LINK RELACIONADO
17/06/2013
[http://www.sofadasala.com/historiaearqueologia/mermaidsmysterycast.htm]


Depois da primeira exibição de MERMAIDS, THE BODY FOUND (em 27 de MAIO DE 2012, houve uma inundação de publicações de artigos e "notícias" que se repetiam duas tendências: crentes e descrentes... Nas sereias.

Entre os midia, os descrentes eram (e são) os jornais tradicionais e muito bem conceituados. Os crentes, eram (e são) os  "tabloides sensacionalistas" e os sites e blogs místicos e conspiracionistas. Em ambos os casos, foram predominantes as manchetes chamativas e os textos superficiais.

Os descrentes afirmam: Tudo aquilo é somente uma ficção! é fake, hoax, falso, farsa. O Dr. Robertson é um ator. Foi tudo representação. E - ainda, afirmam sem exibir qualquer tipo de registro oficial que a própria produção do Discovery - Animal Planet declarou que todo o material do documentário é "cinema", pura fantasia!

No entanto, os midia e o governo norte-americano mobilizaram-se rápida e intensamente para desacreditar o Documentário e, agora, em 2013 - a Reportagem Especial MERMAIDS, THE NEW EVIDENCE*, exibido em 26/05/2013.

Uma nova enxurrada de matérias foram e têm sido publicadas negando o teor jornalístico dos programas difundindo a ideia de que a audiência que crê naquelas hipóteses é composta de pessoas impressionáveis e fantasiosas. ...

Mais importante que o Hipótese da existência de sereias, o Documentário contém uma importante denúncia de crime ambiental que vem ocorrendo em âmbito global: o extermínio de cetáceos...  

...estabelecendo uma relação entre o uso de avançados sonares de Forças Armadas Navais e a mortandade em massa daqueles mamíferos marinhos com um possível agravante - estar matando, junto com baleias e golfinhos, uma espécie ainda ignorada de mamíferos aquáticos humanóides. 


TUBARÃO

Em meio a inúmeros comentários ligeiros e superficiais sobre o DOCUMENTÁRIO, poucos se detêm no fato de que o achado do "mamífero marinho não identificado" foi um acaso na trajetória da equipe do NOAA em sua investigação protocolar e atividade de pesquisa sobre a causa da morte massiva das baleias.

Foi com o objetivo de partilhar informações, que aqueles cientistas da NOAA viajaram, em 2005 -  até a África do Sul, onde - restos mortais, poucos, mas ainda frescos, de uma criatura desconhecida - foram encontrados,  por pescadores, dentro de um tubarão.


CONFISCO

Não foi a equipe do NOAA que suscitou o clima suspeito que passou a envolver aquele achado. Foi a incisiva ação da polícia sul-africana (na University of Capetown - África do Sul, em 08 de agosto de 2005) e das instâncias burocráticas governamentais. 

Depois de muito protelar - sem apresentar justificativas - a liberação do material coletado pelos pesquisadores norte-americanos, finalmente, sem aviso, às 5 horas da manhã, o laboratório da perícia científica foi invadido por numerosos agentes que consfiscaram tudo em que puseram as mãos, levando os restos mortais em si - da criatura, as amostras de DNA, de tecidos, ossos, computadores com dados de pesquisa...


CRIATURA CENSURADA


Enquanto nas telas, seja para o elogio, a crítica ou o sarcasmo,  continua o sucesso das MERMAIDS do ANIMAL PLANET, as personagens reais em meio às figuras fantásticas da computação gráfica, os cientistas cuja descoberta e ousadia renovaram o tema das Sereias, enfrentaram e ainda estão enfrentando o boicote de suas carreiras, o achincalhe de seu nome e até a dúvida pública quanto à real existência deles próprios.

[http://www.sofadasala.com/historiaearqueologia/sereias03.htm]

LINK RELACIONADO
17/06/2013
[http://www.sofadasala.com/historiaearqueologia/mermaidsmysterycast.htm]

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Golfinhos São Legalmente Reconhecidos como 'Pessoas Não-Humanas'



INDIA, MAIO DE 2013. O India's Ministry of Environment and Forests Ministério do Meio-Ambiente e Florestas da Índia, em uma iniciativa ético-política sem precedentes na História da Humanidade, reconheceu - oficialmente, os golfinhos como "pessoas não-humanas" cujo direito à Vida e Liberdade devem ser respeitados.

A decisão abre um um novo horizonte na esfera do Universo dos direitos referentes à Vida. Significa a introdução de conceito jurídico de sujeito detentor de direitos socipolíticos que, finalmente transcende o antropocentrismo das leis que protegem a Vida.

O Ministério orientou os governos estaduais a proibir os dolphinariums e outros empreendimentos comerciais, como os de entretenimento cujo "produto" oferecido são shows com baleias e golfinhos mantidos em cativeiro e todos aqueles mais que impliquem captura (caça) e confinamento das espécies.

O comunicado do governo declara claramente que considerando que - nos dias atuais, já há algum tempo, as Ciências estabeleceram definitivamente que espécies de cetáceos são - inegavelmente - seres inteligentes, auto-conscientes, dotados de sentimentos (capacidade de sentir emoções) e até identidade individual, estes seres, devem ser vistos como pessoas não humanas - (recusando a ideia de que são animais irracionais)... e - como tal, devem ter seus próprios direitos específicos.

Golfinhos tornaram-se, assim, ao menos na Índia, por enquanto - Legalmente Pessoas 'Não Humanas' - considerados como indivíduos animais racionais (sapiens, como os Homens) mamíferos terráqueos aquáticos Não-Humanos titulares de direitos políticos, sujeitos ou objeto, especialmente, de proteção legal em disposição inclusa nos Códigos do Direito à Pessoa (o Direito Civil e Constitucional) vigente nas águas territoriais que estes indivíduos frequentam ou habitam.

A nova Lei responde ao clamor popular dos protestos que, durante semanas, denunciou como violação do direito à vida e ao bem estar animal - a construção de um novo parque aquático (com golfinhos e outros mamíferos marinhos no show) no estado de Kerala. 

O parque de Kerala não era o único: várias outras instalações semelhantes estavam em construção em diferentes partes do país, como Delhi, Mumbai e Kochi. Agora, as obras desses empreendimentos foram canceladas por proibição governamental.

A porta-voz da Federação das Organizações Indianas de Proteção aos Animais - Puja Mitra, comentou: Isso abre um novo discurso da Ética na política da proteção animal na Índia. Mitra é uma das lideranças do movimento indiano para extinguir a prática de cativeiro de golfinhos.


DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DOS CETÁCEOS
 
A militância civil para o reconhecimento de baleias e golfinhos como indivíduos com auto-consciência e um conjunto de direitos começou a atuar significativamente há três anos, em Helsink - Finlândia, quando cientistas da Biologia e especialistas em Ética elaboraram a Declaração dos Direitos dos Cetáceos. Esses sábios escreveram: Nós afirmamos que todos os cetáceos, como pessoas, têm direito à Vida, à Liberdade e Bem-estar.

Entre os signatários da Declaração inclui-se o cientista marinho Lori Marino, que apresentou evidências de que os cetáceos têm cérebros grandes e complexos, especialmente as áreas que participam dos processos de comunicação e cognição (capacidade de conhecer, reconhecer e aprender).

O trabalho de Marino mostrou que golfinhos têm um nível de autoconsciência semelhante ao dos seres humanos. Os golfinhos reconhecem seu próprio reflexo, usam ferramentas e entendem conceitos abstratos. Possuem silvos que são assinaturas individuais, permitindo à seus familiares e amigos reconhecê-los, tal como os humanos utilizam os nomes próprios.

Mitra explica: Eles compartilham intimidades, mantêm estreitos laços com seus grupos familiares, têm sua própria cultura, suas próprias práticas de caça e mesmo variações na forma como se comunicam.


PESSOAS, ARTISTAS...  JAMAIS, ESCRAVOS
 
Na Índia, a questão dos Direitos dos Cetáceos chamou a atenção à medida em que multiplicaram-se os shows com esses animais.

A renda per capita cresceu no país, ampliando as oportunidades de um mercado de entretenimento onde este tipo de show aquático atrai multidões.

Mitra denuncia: A maioria das baleias e golfinhos em activeiro foram "obtidos" através de caça selvagem muito violenta, praticada no Japão, em Taji, no Caribe, nas Ilhas Salomão e Rússia. Os animais são acuados de forma tal que são obrigados a entrar em alguma baía rasa onde jovens fêmeas sem marcas são escolhidas e capturadas. Muitas vezes, o resto do grupo é abatido (assassinado).

Mitra revela que a experiência do cativeiro é equivalente à tortura. Baleias como as orcas, preferidas para os shows e golfinhos, em liberdade, navegam pelos mares emitindo e capturando sons que lhes permitem a exercer a faculdade da eco-localização. Nos tanques, obrigados a perceber o mundo limitados as reverberações de suas próprias vozes, essa faculdade torna-se uma maldição que provoca intenso sofrimento.

Existem numerosos casos registrados de muitos golfinhos que batem insistentemente com a cabeça nas paredes e orcas que desgastaram seus dentes mordendo os limites do tanque (evidentemente, o comportamento de um ser neurotizado e desesperado).

LINKS RELACIONADOS
Chimpanzé no Tribunal Reivindica Ser Pessoa, 06/06/2008

FONTE: Dolphins gain unprecedented protection in India.
DW/DENNMARK, publicado em 24/05/2013
[http://www.dw.de/dolphins-gain-unprecedented-protection-in-india/a-16834519?maca=en-rss-en-all-1573-rdf]

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Os Sereianos do Ártico


+ PEQUENA CRIATURA HUMANOIDE AQUÁTICA MORRE EM PRAIA AUSTRALIANA
[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2012/10/estranha-criatura-humanoide-aquatica.html


CRITURAS ESTRANHAS. MITOS. SEREIANOS. Um ano depois da primeira exibição do "ducumentário-hipótese-ficção" - Mermaids, The Body Found - produzido pelo canal de televisão DISCOVERY-ANIMAL PLANET, neste maio de 2013, o mesmo canal pôs no ar uma Reportagem Especial a título de atualização do tema, polêmico (a existência de Sereias), trazendo à público o registro novos eventos que confirmariam a realidade possível dessas míticas criaturas vivendo, incógnitas, nas profundezas dos oceanos da Terra.



Na primeira exibição da Reportagem Especial MERMAIDS, THE NEW EVIDENCE, atualizando o Documentário MERMAIDS, THE BODY FOUND (maio de 2012). No programa, novos eventos são divulgados pelo apresentador, Jon Frankel e seus convidados: Dr. Paul Robertson,  biólogo marinho; o geólogo submarino Dr. Torsten Schmidt e Barrent Brent, especialista em Circos e Espetáculos Americanos do século IX.

Esse novo programa, MERMAIDS - THE NEW EVIDENCE, conduzido pelo apresentador Jon Frankel, reuniu o biólogo marinho e ex-funcionário da National Oceanic and Atmomosferic Administration/USA-NOAA, Dr Paul Robertson que, em 2012, revelou ao mundo suas experiências no processo da descoberta científica e ocultamento oficial (governamental) de uma "nova espécie" ou "até então, desconhecida espécie" de mamíferos aquáticos humanoides sapiens; o geólogo submarino Dr. Torsten Schmidt e o especialista em Circos e Espetáculos Americanos do século IX (anos de 1800) - Barrent Brent, conselheiro de vários museus incluindo o Museu de História Americana do Smithsonian Institute.

Concebidos como mitos, como figuras de sereias e tritões, a Humanidade aquática, como fato real teria permanecido ignorada, pelas sociedades terrestres, durante milênios graças ao que parecer ser uma escolha da espécie, um ocultamento voluntário da própria existência ao conhecimento dos homens da "terra seca".

Ao longo das Eras Históricas (desta Humanidade), esse ocultamento pôde ser preservado na intimidade das águas profundas, das praias desabitadas da vastíssima extensão do globo ocupadas pela massa líquida dos oceanos, rios e lagos.

Hoje, os sereianos estariam se revelando involuntariamente: descobertos por sonares que captam suas vozes agudas propagadas no meio aquoso ou, ainda, semi-mortos, lançados nas areias litorâneas de diferentes lugares do mundo, vitimados pelos mesmos sonares que os rastreiam, apanhados por das pragas tecnológicas desta Idade Cibernética que, descobriu-se são letais para a vida marinha.

Trata-se dos mais avançados sonares de sondagem submarina, usados para fins militares ou para instruir a exploração de petróleo no mar, por exemplo. Estes sonares e equipamentos especiais de gravação têm captado sons (não perceptíveis audição humana normal) que os cientistas distinguem claramente dos sons (vozes) emitidos por outros mamíferos marinhos, como os cetáceos.

Essa voz das sereias já tem até um nome ou apelido científico oficial: é o bloop. Porém, estes mesmos sonares, para desempenharem suas funções, emitem frequências de ondas acústicas que afetam a constituição dos tecidos, a organização celular dos orgãos internos da várias espécies marinhas, especialmente os mamíferos, causando o colapso do organismo, produzindo a mortandade em massa de diferentes animais, cujos numerosos corpos  moribundos e carcaças têm aparecido, repentinamente, nas praias do mundo mobilizando os midia e a opinião pública.

As fotos, chocantes, mostram, por vezes, centenas de corpos de baleias e golfinhos enfileirados, depositados nas areias por correntes fúnebres do luto das águas.

MERMAIDS - THE NEW EVIDENCE, além da sequência de flagrante de uma sereia em em um rochedo de uma praia da cidade litorânea da cidade de Kiryat Yam, em Israel (veja matéria anterior), um lugar onde é rico o folclore sobre a existência de sereias na região, apresenta o mais recente flagrante de um ser sereiano avistado (e perturbado) em seu ambiente natural, seu habitat: há 600 metros de profundidade.
 


O registro foi obtido em 2010, pelo geólogo submarino dinamarquês Dr. Torsten Schmidt, no Oceano Ártico, quando - navegando em direção ao mar da Noruega, partindo da ilha vulcânica de Jan Meyen (território norueguês) - trabalhando para o governo da Islândia, durante um mergulho/submersão de rotina, realizava um procedimento de sondagem (feito por varredura de radar - ondas de rádio),  justamente, da presença de vida marinha em locais que serão examinados pelos sonares que mapeiam a região e buscam localizar reservas de petróleo.

Esse trabalho e toda essa tecnologia historicamente em uso recente - que tem o objetivo ecológico e empresarialmente - "politicamente correto" - de prevenir lesões orgânicas às espécies sensíveis aos sonares, tem - eventualmente, alcançado descobertas não pretendidas, como ocorreu no episódio do Mar da Noruega.

APARIÇÃO

Tudo começou quando os cientistas, à bordo do submarino da empresa, realizando suas tarefas diárias, ouviram aquele estranho som semelhante a uivos (eram os bloops - que seria a voz dos sereianos ou homens-aquáticos) - indicando a presença de mamíferos marinhos, possivelmente cetáceos.

Tendo apresentado as gravações daqueles sons aos seus superiores foi requisitado à instância governamental competente a revisão da análise de impacto ambiental na área. O IGS - Instituto de Pesquisa Geológica da Islândia concluiu que os sons eram produzidos por baleias piloto; e encerrou a questão. A empresa lembrou os cientistas do compromisso confidencialidade assumido em contrato.

Desconfiado, Schmidt e sua equipe começaram a investigar a questão secretamente, monitorando, no mini-submarino - equipado com duas câmeras de gravação de áudio-vídeo. 

Também foi usada uma técnica simples para tentar atrair o ser responsável pelos bloops: emitir os bloops gravados no fundo do mar e esperar uma resposta. Os dinamarqueses espreitaram o fundo do mar da Groenlândia durante mais de 7 meses até obter resultados.



Ali, a mais de meio quilômetro de escura profundidade, os dois pesquisadores dinamarqueses - um deles, Torsten Schmidt - foram surpreendidos no interior da exígua cabine com a abordagem, algo abrupta, de um estranho ser cuja mão, humanoide, dotada de cinco dedos providos de longas e finas membranas entre si, espalmou-se contra uma escotilha de observação enquanto a câmera de bordo capturava com clareza a espantosa aparição.

FOI EM EM 06 DE MARÇO DE 2013 que - nas palavras de Torsten Schmidt: Eles apareceram... Vi sua face, sabia que era outra forma de inteligência...

Depois do comportamento esquivo, hostil - das autoridades da Islândia, Torsten Schmidt procurou o governo de seu próprio país, a Dinamarca, que detém soberania sobre a região Groenlândia. EM 27 de março de 2013 - o governo da Dinamarca proibiu todas as perfurações de prospecção de petróleo, toda exploração científica de baleias.


LINKS RELACIONADOS

+ PEQUENA CRIATURA HUMANOIDE AQUÁTICA MORRE EM PRAIA AUSTRALIANA
[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2012/10/estranha-criatura-humanoide-aquatica.html





Sereias, Um Assunto Proibido, 18/06/2013
http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/sereias-um-assunto-proibido.html

Golfinhos São Legalmente Reconhecidos como "Pessoas Não-Humanas", 14/06/2013
http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/golfinhos-sao-legalmente-reconhecidos.html 

CRIATURAS MÍTICAS: SEREIAS 
TEXTO: Lygia Cabus
FONTE DE INFORMAÇÕES & IMAGENS: 
MERMAIDS, A NEW EVIDENCE
DISCOVERY-ANIMAL PLANET, maio de 2013
legendado em português by rodelor
YOUTUBE, postado em 08/06/2013
[http://youtu.be/OWIl0-6hSKQ]

quarta-feira, 12 de junho de 2013

A Sereia de Israel



ISRAEL. Em outubro de 2009, o prefeito da cidade israelense de Kiryat Yam, situada em Raifa Bay, às margens do mar Mediterrâneo - Shmuel Sisso chamou a a atenção do mundo quando instituiu que a Administração Pública concederia um prêmio - de um milhão de dólares - a qualquer pessoa que provasse a presença/existência de sereias nas praias da região. 

Pouco tempo depois do anúncio do prefeito, em novembro daquele ano, o ex-militar Shlomo Coheen, foi um dos primeiros a afirmar ter visto uma sereia no litoral de Kiryat Yam. Conhen contou: Eu estava com amigos quando vimos uma mulher deitada na areia de uma maneira estranha. No começo, achei que era somente mais uma banhista mas, quando nos aproximamos, ela pulou na água e desapareceu

Sem provas, sem prêmio; e desde então ninguém apresentou qualquer evidência da  presença de sereias naquelas águas.

Em maio de 2012, em 26 de maio, o DISCOVERY/Animal Planet, exibiu pela primeira vez, nos Estados Unidos - Mermaids, a Body Found, um documentário baseado nos resultados de uma investigação conduzida e revelada ao mundo pelo biólogo marinho e ex-funcionário da National Oceanic and Atmomosferic Administration/USA-NOAA, Dr Paul Robertson.

Robertson afirmou que ele e sua equipe encontraram evidências objetivas da existência de uma espécie de mamífero humanoide sapiens aquático desconhecido para a ciência ortodoxa e milenarmente reconhecida na  mitologia de povos antigos de todo o mundo: sereias - sirens, sirenes, mermaids.



Sereias - A nova evidência
No YOUTUBE, com legendas em português...
[http://youtu.be/OWIl0-6hSKQ]


LINKS RELACIONADOS

Sereias, Um Assunto Proibido, 18/06/2013
http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/sereias-um-assunto-proibido.html

 
Os Sereianos do Ártico, 13/06/2013
http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/os-sereianos-do-artico.html 


Golfinhos São Legalmente Reconhecidos como "Pessoas Não-Humanas", 14/06/2013
http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/golfinhos-sao-legalmente-reconhecidos.html


CRIATURAS MÍTICAS: SEREIAS
 

Recentemente (maio de 2013), um ano depois, uma reportagem especial - Mermaids, The New Evidence, produzida pelo mesmo canal, reunindo Paul Robertson e o geólogo submarino dinamarquês Torsten Schmidt, atualizando o tema daquele Documentário, trouxe as sereias de Kiryat Yam de volta aos midia, especialmente na internet, com a divulgação de um (suposto) flagrante em vídeo, de uma sereia - obtido por dois turistas norte-americanos naquela cidade israelense.



Análise da sequência - em espanhol - em uma das edições da reportagem do Animal Planet.
No Youtube, postado em 30/05/2012.
[http://youtu.be/HnSzIJfgylY]


Uma cena editada - retirada desta reportagem do Animal Planet, apareceu em inúmeras versões, no Youtube: uma sereia sobre um rochedo batido pelas ondas, surpreendida ao notar estar sendo observada por humanos, atira-se ao mar em uma praia local.

Com a cidade de volta às manchetes, o prefeito Shmuel Sisso declarou em participação ao vivo na reportagem do Animal Planet: Rumores sobre sereias têm existido desde quando eu era criança em Kiryat Yam...

Nas caixas de comentários do YOUTUBE, a maioria das pessoas questiona a originalidade das imagens: É fake, dizem. Outros defendem a credibilidade do vídeo examinado a sequência em detalhes. O prêmio de um milhão de dólares continua sem dono.

Para Shmuel Sisso as imagens da sereia do rochedo não são suficientemente definitivas para serem dignas de uma afirmação inquestionável.


LINK RELACIONADO
Sereias, Um Assunto Proibido, 18/06/2013
http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/sereias-um-assunto-proibido.html

Os Sereianos do Ártico, 13/06/2013
http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/os-sereianos-do-artico.html 

Golfinhos São Legalmente Reconhecidos como "Pessoas Não-Humanas", 14/06/2013
http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2013/06/golfinhos-sao-legalmente-reconhecidos.html


CRIATURAS MÍTICAS: SEREIAS

FONTES
"Mermaid" Spotted on Kiryat Yam Beach.
ISRAEL NATIONAL NEWS, publicado em 12/08/2012
[http://www.israelnationalnews.com/News/Flash.aspx/169395#.UbcVDpymU30]
Million dollars for the capture of the mermaid.
BEST TOP NEWS, publicado em 14/10/2009
[http://www.besttopnews.com/anomalous/14-10-2009/78082-rusal-0]

O Mistério da Mensagem Cósmica da Pedra Alienígena de Kupang



O videoclip da Pedra de Castillo wm Ebaun'S WORLD.
[http://www.ebaumsworld.com/video/watch/83352917/]

INDONÉSIA. Em 1992, nas imediações da cidade Kupang, capital da província Indonésia de Nusa Tenggara Timur (NTT em indonésio ou East Nusa Tenggara, em inglês) - território insular chamado Timor Leste - no Oesu'u - Monte do Diabo ou Delvil Hills, no passado, local denominado Bukit Nitnai - o geólogo espanhol C. A. Castillo, que morava em Kupang - na época - encontrou, em uma caverna, ignorado da História, um estranho objeto.



As imagens gravadas na pedra parecem representar um sistema solar com sete planetas e uma estrela. A figura na outra metade da peça assemelha-se a um humanoide com um braço estendido indicando um aceno ou, talvez, fazendo uma saudação. 

É impressionante a semelhança entre a gravação na rocha de Castillo e a placa enviada para o Espaço à bordo da sonda Pioneer tanto mais por que, estima-se, a pedra tem milhares de anos de idade.

Pequeno, podendo ser sustentado com uma só mão, o artefato é constituído de duas pedras que se encaixam, fixados um no outro, contendo imagens de estrelas, do Sistema Solar e de uma criatura humanoide - em uma disposição gráfica muito semelhante à mensagem cósmica que foi afixada naquela sonda, lançada aos confins do Universo em 1972.



Castillo morreu em 1994 e deixou as coordenadas exatas do lugar onde foi achada a - hoje chamada - pedra de Castillo: 10,153375 S, 123,800158333 E.

 
Segundo Willy Soeharly, morador de Kupang, próximo ao geólogo, a pedra ainda está lá, guardada na casa da família. Hoje coordenador da equipe de investigação de campo BETA-UFO Kupang e áreas circunvizinhas, Soeharly - conta que fez algumas fotos do objeto. 

Na ocasião, Castillo preveniu o amigo para que não usasse uma câmera convencional e confidenciou que em uma situação semelhante, o filme foi danificado... Diante desse fato, Willy capturou as imagens usando a câmera de um smartphone NOKIA N73.

Willi Soeharly, que tornou-se pesquisador e ufólogo, explica que a pedra de Castillo contém magneto (magnetita) e substância radiotiva. Além disso, as colinas do Diabo, onde a peça foi achada, são ricas em Urânio.

Na região, existem relatos de trânsito e avistamento de OVNIs. Moradores lembram que essas ocorrências eram comuns nas décadas de 1980 e 1990: luzes estranhas pairando sobre as árvores ao redor das Colinas. Luzes que surpreendiam as pessoas porque naquela área campestre, rural, simplesmente não havia luz elétrica. 

Desde então as Colinas, no idioma local, as Bukit deixaram de ser chamadas de Nitnai e tornaram-se as colinas do Diabo (Devil Hills) ou, mais especificamente, Oesu'u - o local exato, o Monte do Diabo, porque tais luzes foram consideradas demoníacas.


Há mais de trinta anos atrás, no local do achado, o pesquisador e Willy também encontraram o solo queimado especialmente em três pontos correspondentes às extremidades de um triângulo com dimensão de altura entre 3 e 4 metros. Hoje, as marcas do que Willi acredita terem sido feita pelo pouso de um OVNI, estão praticamente destruídas pela erosão.

Em Ngilmina povoação situada na fronteira entre Kupang e Timor Tengah Selatan Kabuapten, em 1983 houve um caso de três homens, mineradores de areia, que viram uma luz  misteriosa. Um deles e apenas um, foi atingido diretamente por um foco daquela claridade. A vítima ficou traumatizada: tem medo e desenvolveu o estranho poder de interferir em equipamentos eletrônicos.

FONTES
Mysterious alien stone symbol in NTT, Indonesia.
ABOVE TOP SECRET, publicado em 12/02/2013
[http://www.abovetopsecret.com/forum/thread925886/pg1]
Found: Ancient Star Map. VIDEO
eBaum's WORLD, postado em 11/06/2013.
[http://www.ebaumsworld.com/video/watch/83352917/]

terça-feira, 11 de junho de 2013

A Horrenda Secreção Pestilenta de uma Metrópole



No YOUTUBE [http://youtu.be/8beCvMFRMCA]

Vi a terra espumar como o mar
Vi  camponeses cavando buracos no solo
para plantar árvores
Mas dos buracos saía uma espécie de tinta espumosa
E quando a árvore era colocada dentro da terra,
ela também recobria-se de espuma.
E a espuma avançava como um mar tempestuoso
cobrindo montanhas e planícies.

TERESA NEUMAN (1898-1962)


CHINA. Sábado, 1ª de junho de 2013. Em Nanjing, capital da província de Jiangsu - leste da China, um  charco com mais de 10 metros de diâmetro, um lamaçal de espuma malcheirosa - brotou - inexplicavelmente, do asfalto, no meio de uma avenida, assustando os transeuntes, atrasando o trânsito, mobilizando bombeiros e policiais.

Os midia chineses informaram que a substância emanava das rachaduras da pista causando reações diversas naqueles que contemplavam o fenômeno. Alguns, mais impressionáveis e místicos, acreditavam - até - que era algum tipo de manifestação do sobrenatural - algo como uma ferida purulenta da Terra, como nas profecias de colapso desta Civilização Cibernética.

Outros, mais realistas - culpavam o alto nível de poluição química da cidade agravado pela falta de uma infraestrutura sanitária capaz de manter sob controle o fluxo de dejetos urbanos.

Os bombeiros conseguiram deter a expansão do charco espumante e fétido redirecionando as correntezas dos esgotos. A perícia também investiga a hipótese do vazamento estar relacionado com a construção de uma estação de metrô próxima à avenida.

FONTE: Video: Espuma tóxica brota de una avenida en China.
URGENTE-24/ARGENTINA, publicado em 11/06/2013.
[http://actualidad.rt.com/actualidad/view/97076-pajaro-drone-ovni-chocar-avion]

Mistério: Colisão de Boeing Com Um OVNI no Céu da China



CHINA. Em 04 de junho (2013) - Um Boeing 757 da Air China, jato de passageiros, realizou uma aterrissagem de emergência depois de haver se chocado no céu, na rota Chengdu-Guangzhou - aos 40 minutos de pleno voo, com um objeto não identificado, há cerca de 8 mil metros de altitude.

O piloto relatou que sentiu e ouviu um forte golpe na parte frontal do avião e fez contato imediato com o controle aéreo, que orientou-o à retornar ao aeroporto de origem (Chengdu). Depois da aterrissagem, percebeu-se que, de fato, a dianteira da aeronave tinha um sofrido um afundamento pronunciado e apresentava vários arranhões na superfície.

Hipóteses foram cogitadas. Os representantes da Companhia Aérea atribuem o acidente ao impacto com um pássaro (... que pássaro enorme!) ...mas os especialistas descartaram completamente essa possibilidade; porque não havia  vestígio de sangue ou penas no local do impacto...

Na internet, noticiários e internautas especulam a possibilidade de choque com um OVNI ou - ainda, com um drone (veículo aéreo humano não tripulado). Um articulista da publicação Aviation Herald sugere uma causa física natural para a deformação da fuselagem metálica: pressão de ar quente...

Diante da polêmica (forteana) o ex-investigador de OVNIs Nick Pope assegurou o óbvio: que somente um exame minucioso do avião pode esclarecer o mistério...

FONTE: ¿Fue un pájaro, un drone o un ovni?: ¿Con qué misterioso objeto chocó este avión?
RT, publicado em 11/06/2013.
[http://actualidad.rt.com/actualidad/view/97076-pajaro-drone-ovni-chocar-avion]

O ET de Mr. Li



CHINA. Em Binzhou, província de Shandong, um homem identificado como Mr. Li Kai, divulgou fotos de algo (ou alguém) que ele alega se um alienígena humanoide encontrado por ele mesmo, Mr. Li  Kai, próximo à sua residência, conservado em um freezer - depois de ter sido recolhido, morto, no local onde um OVNI teria sofrido um acidente, em março deste ano (2013).




Naquele dia, Li viu não apenas um mas numerosos OVNIs zunindo no céu sobre o rio Amarelo. Entre eles, um parecia em dificuldades e logo foi ao solo em uma aterrissagem forçada.

A divulgação das fotos na internet atraiu a atenção de autoridades e a polícia investigou o caso divulgando, a seguir, um comunicado afirmando que o alienígena de Mr. Li não passa de uma fraude confeccionada em borracha de alta qualidade. Li kai teria confessado a farsa que custou um investimento de 120 Yuans (pouco mais de 40 reais). 


Segundo a polícia, Li kai teria confessado a farsa que custou um investimento de 120 Yuans. Porém, muitos blogueiros acreditam a autenticidade do alienígena e acreditam que, conforme Li Kai houvera declarado, a polícia abafou o caso e pressionando-o a calar-se.

DIAS DEPOIS... O QUÊ ACONTECEU COM MR. LI... 
G1, 13/06/2013. Chinês responsável por falso 'ET' pega 5 dias de cadeia

Li Kai foi detido após polícia descobrir que história era falsa.
Imagens chegaram a provocar frenesi nas redes sociais chinesas.

O chinês Li Kai pegou cinco dias de cadeia por ter inventado a história sobre a captura de um extraterrestre perto do rio Yellow, em Binzhou, na província de Shangdong, na China. Ele havia divulgado fotos da falsa criatura dentro de um freezer.

 No dia 9 de junho, o homem havia divulgado nas redes sociais chinesas que havia capturado a criatura após ela se chocar com fios elétricos usados para afastar animais selvagens. Em seguida, ele contou que pegou o "ET" e o colocou em um freezer em sua casa.

Depois de o caso provocar um frenesi nas redes sociais do país, a polícia foi até a casa de Li, que confessou que a história era falsa. Ele revelou que ele mesmo havia construído o falso  extraterrestre com papelão, borracha e arame.

Li disse à polícia que tinha inventado a história para despertar o interesse entre os chineses pela ufologia. Ele foi acusado de fabricar mentiras e provocar caos social.

[http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2013/06/chines-responsavel-por-falso-et-pega-5-dias-de-cadeia.html]


FONTE: Chinese man poses with an alien he stored in his freezer, claims a UFO crash landed near his house.
INDIA TODAY, publicado em 1106/2013.
[http://indiatoday.intoday.in/story/chinese-man-reveals-pictures-of-alien-ufos-alien-stored-in-freezer-extra-terrestrial/1/279580.html]

A Cultura do Vampirismo na Vida Real



Julia Kelps com o filho, Alexei Lazarowicz e o ex-marido, Donald Lazarowicz.

EUA. Em Wilkes-Barre, estado da Pennsylvania, Julia Kelps, 45 anos (em 2013), casada, mãe de dois filhos -  Alexei, 11 anos e Ariel, 24 anos - é mais uma adepta da cultura vampírica; é alguém que comporta-se, tanto quanto possível, como um vampiro real. Ela se alimenta bebendo sangue humano há mais de 30 anos obtido pela livre disposição de doadores.

Esses doadores, sempre voluntários, são amigos igualmente fãs e verdadeiramente adeptos do modo de ser vampiresco conforme personagens e cenários apresentados na literatura e cinema contemporâneos. Ela possui um local secreto onde dá vazão à sua fantasia em um ambiente repleto de objetos curiosos.



Julia Kelps com um amigo, doador de sangue, Wesley Hendricks.

Para drenar o sangue de seus doadores, Julia utiliza uma faca - esterilizada - que ela mesma desenhou, estilo pagão, com a qual faz, cuidadosamente, as incisões "na fonte". Ela acredita que beber o sangue humano proporciona a aquisição de força vital que preserva a juventude e o vigor físico, como acontece com os vampiros de ficção.

Quando me alimento "de uma pessoa", bebendo seu sangue, sinto-me mais forte e saudável. Eu sei que, cientificamente, o sangue é proporciona uma nutrição especial mas talvez haja nele algum valor, poder, que não descobriram ainda.  

Sobre a quantidade que consome regularmente, Julia Kelps diz que bebe cerca de meio galão de sangue por mês.

LINKS RELACIONADOS

Vampiro de Si Mesmo, 11/02/2013


EM ARQUIVOS DO INSÓLITO


FONTE: 'Vampire' mum-of-two: 'I drink almost two litres of blood a month from human donors'.
MIRROR/UK, publicado em 10/06/2013.
[http://www.mirror.co.uk/news/weird-news/vampire-mum-of-two-i-drink-two-1943342#ixzz2VqM1BPjW]

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Renascença - O Raquitismo dos Ricos



O crânio e ossos das pernas de Filippo de 'Medici, conhecido como Don Filippino - bem como os ossos de outros membros mais jovens de sua família - revelaram a deficiência de vitamina D, o que causou raquitismo e um inchaço do crânio de Filippino. Na ocasião de sua morte, em 1582, antes de completar cinco anos de idade, foi feita uma autópsia e seu crânio foi aberto, o que explica a linha de corte na testa.

ITÁLIA, HISTÓRIA, ANTROPOLOGIA. Governantes ricos da Toscana, patronos de Leonardo Da Vinci, Micheangelo, Boticelli , Galileu, os Médici são considerados algo como a "Primeira Família" da Renascença Italiana. Porém, toda a sua riqueza não pôde comprar uma boa saúde para sua linhagem.

Um estudo* dos esqueletos de nove crianças e jovens Médici, do século XVI (anos de 1500), descobriu que aqueles indivíduos sofriam de raquitismo, uma deficiência absorção e metabolização de vitamina D que mantém os ossos moles durante um período demasiado longo durante a primeira infância resultando, não raro, em deformações da estrutura óssea, em partes do esqueleto.

* Da Univeridade de Pisa, Itália, publicado no Journal of Osteoarchaeology (Jornal de Osteoarqueologia)


Atualmente, o Raquitismo é - geralmente - associado a situações de carência nutricional, coisa que acontece entre os pobres aliada à uma estrutura arquitetônica-ambiental de vida que produz o enclausuramento direto ou indireto das pessoas que vivem, especialmente nas metrópoles, em atmosferas poluídas e ambientes fechados que impõem uma rotina com pouca ou insuficiente e/ou inadequada exposição à luz do Sol. É a vida que se passa entre a jaula... ops, o apartamento, o ônibus, carro, metrô, a caixa... ops, o escritório, a fábrica, a loja para, ao cair da noite, voltar para para o apartamento.


Porém, no passado, o raquitismo foi comum entre os ricos. Os pesquisadores acreditam que o raquitismo entre os Médici foi um efeito colateral de sua vida confortável, desde a infância cercados de cuidados exagerados que os levaram a crescer entre as quatro longas e luxuosas paredes de seus palacetes.

A paleopatologista da Universidade de Pisa (Itália), Valentina Giuffra, co-autora do estudo, comenta que as crianças Médici ...pertenciam a uma condição social elevada e presume-me que eram bem nutridas. Por isso, a descoberta é surpreendente.


A CRIPTA

Os esqueletos - das nove crianças - foram encontrados em 2004, na Basílica de San Lorenzo, em Florença, dignidade de acordo com sua posição social. Era um cripta oculta cuja porta era um alçapão de mármore em forma de disco que, durante séculos, pensava-se ser apenas um ornamento no chão da catedral. Oito dos esqueletos estavam ali; o nono foi achado em um túmulo próximo.

O exame dos osso, a olho nu e através do raio X mostrou que seis das nove crianças tinham sinais definitivos de Raquitismo, incluindo curvaturas em ossos de pernas e braços, resultado de tentativas de engatinhar e andar com ossos moles (insuficientemente calcificados).< /div>



Retrato póstumo de Giovanna d'Austria, grã-duquesa da Toscana e seu único filho varão, Filippino de'Medici. Por Giovanni Bizelli, 1586.

Uma das crianças, Filippo (1577-1582) o o don Filippino - tinha o crânio ligeiramente deformado, fato registrado em um retrato da época (imagem acima). O estudo confirma o raquitismo como causa daquela condição.
 
O Raquitismo é facilmente evitado pela ingestão de alimentos como ovos e queijo e pela exposição, regular, de curta duração, à luz solar - condição indispensável para que a vitamina D seja, então, metabolizada pelo organismo.

Para entender por que as crianças Médici tinham uma doença de origem nutricional-bioquímica, os pesquisadores analisaram a proporção de isótopos de nitrogênio encontrados no colágeno ósseo, porque essa proporção reflete a principal fonte de proteína da dieta do indivíduo examinado.

Descobriram que a maioria das crianças somente foram desmamadas depois do 2 anos de idade. Textos históricos informam que de acordo com o costume da época, até aquela idade o leite materno era suplementado com mingaus feitos de pão macio e maçãs. 

Mas os cereais, as frutas e o leite não fornecem a quota de vitamina D necessária ao adequado desenvolvimento e maturação do esqueleto durante a chamada primeira infância - de 0 a 7 anos de idade.

Além disso, durante os anos de 1500, prevalecia a ideia de que os bebês precisavam ser mantidos muito bem aquecidos e, assim, as criancinhas eram envoltas em envoltas em pesados cobertores, demasiadamente agasalhadas, crescendo trancadas nos grandes casarões. Ao contrário da plebe, padecia no frio, trabalhava de sol a sol e, desde cedo, comia de tudo.

Os Médici eram raquíticos desde o útero; nasciam com deficiência de vitamina D porque as gestantes, por sua vez, levavam uma existência igualmente carente de elemento catalisador da produção de vitamina necessária aos ossos: o Sol. Pouco se expunham e quando o faziam era sob a proteção de uma maquiagem pesada.

Além disso, aquelas mulheres ricas, frequentemente chegavam a dar à luz mais de uma dezena de filhos, em sucessivas gestações, uma condição de consome muita vitamina D, que a mãe partilha com o bebê durante a gravidez. Eleanor de Toledo (1522–1562), mulher de Cosimo I de' Medici - Grão-duque da Toscana (1519–1574), por exemplo, deu à luz 11 filhos em um período de 14 anos.

FONTE: WATSON, Tracy. Skeletons show rickets struck the Medici family.
NATURE, publicado em 07/06/2013.
[http://www.nature.com/news/skeletons-show-rickets-struck-the-medici-family-1.13156]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...