sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Uma Vida, Nove Horas de Prazer





O sexólogo Rolf Degen conduziu uma extensa pesquisa para medir os padrões do orgasmo em humanos. Em mulheres, o orgasmo tem duração média de 1,7 segundos [uma mixaria, convenhamos] enquanto os homens usufruem do clímax por 12,4 segundos. Fazendo os complexos cálculos [aliás, nem sei como sobreviemos até hoje sem saber disso!] o cientista descobriu que no período médio de uma existência, as mulheres gastam 1 hora e 24 segundos gozando! Os homens gozam 9 horas e 18 segundos durante uma vida!

Logo de cara a pesquisa derruba a crença popular de que o orgasmo feminino é mais longo que o masculino. 41% de homens russos que responderam a um questionário da Play Boy russa revelaram! que adoram gozar por meio de sexo oral [como se precisasse pesquisa para obter essa informação, qualquer roda de comadres sabe disso!].

As investigações, seriíssimas, dos pesquisadores da University of Groningen descobriram que mulheres alcançam o orgasmo com maior facilidade se estiverem com os pés aquecidos [vamos transar de meia, gente!].

86% dos homens reconhecem que preferem transar com mulheres intelectualmente inferiores [porque elas gozam fácil, como se verá adiante]. As mulheres, ao contrário, obtêm prazer com mais freqüência com homens mais inteligentes que elas... [Evidente,um mongo, freqüentemente, nem sabe o que fazer com uma mulher e nem aprende fácil].

A pesquisa descobriu outros dados fun-fundamentais! O líquido seminal [a porra, mesmo] é capaz de alcançar a distância de 1,5 metros de distância além da cabeça do pênis quando em jorro livre atingindo uma velocidade 45 km por hora! [isso non é uma modalidade olímpica? .... Oh, non, apenhas velha brincadeira de moleques] e durante a ejaculação o homem emite três ou quatro porções de esperma [emissões essas popularmente chamadas de esporro].

Em outro estudo, especialistas franceses confirmaram: as mulheres que gozam regularmente riem e gargalham 2,5 vezes mais do aquelas que abstinentes ou insatisfeitas [Dahê aquela música com a Maria Betânia interpretando: "De repente fico, rindo a toa, sem saber por quê...”]. Em uma visão mais realista, as que gozam mais ficam meio abestalhadas rindo do nada e par o nada com o pano de prato na mão... O orgasmo feminino regular proporciona alívio da ansiedade, melhor qualidade de sono e fluência de vocabulário.

62% das mulheres com educação superior têm dificuldade para alcançar o orgasmo; em contrapartida, somente 38% das ignorantes são problemáticas. Quanto mais baixo o nível de educação tanto mais goza a mulher [ou seja, as idiotas gozam mais, se ferram na mão de malandro mas gozam]. Porém, o famoso orgasmo múltiplo é para poucas; somente acontece em 17% das mulheres [devem ser as retardadas; é o que se pode deduzir pelo visto até agora]. Este tipo de orgasmo pode durar até 30 segundos.


FONTE: Men spend nine hours of their life in a state of orgasm
In PRAVDA/ENGLISH - publicado em 28/01/2009



2 comentários:

Anônimo disse...

Mas que raio...dura mesmo só 1,7 segundos? Eu jurava que durava mais...ai,ai!Hum...pode indicar que sou um pouquinho inteligente...se eu fosse mais burrinha, teria orgasmos mais longos, talvez...

Anônimo disse...

Seguindo a linha de raciocínio da da colega aí... Eu realmente devo ser uma mulher muito burra. Porque meus orgasmos duram muuuuuito mais que 1,7s. Aff estas pesquisas são mesmo sinistras.

Arquivo do blog