sábado, 24 de janeiro de 2009

Pela Honra da Cabra!


SUDÃO. Em 2006, no Sudão [África], estado do Alto Nilo, na cidade de Juba, subúrbio de Hai Malakal, um homem foi forçado a casar com uma cabra.

Uma questão de honra. O "causo" aconteceu assim: era quase meia-noite do dia 13 de fevereiro [2006] quando um certo Mr. Alifi escutou barulhos perturbadores nas redondezas de sua casa. 

Imediatamente saiu para verificar o que estava acontecendo quando deparou-se com a cena constrangedora: o vizinho, Mr. Charles Tombe, estava em pleno ato sexual com uma cabra, chamada Rose, pertencente a Mr. Alifi! [Praticamente um adultério em termos de África, pastores e cabras...].

O barulho, evidentemente, era da cabra, não e sabe se por revolta ou prazer [mas olhando bem a cara de Mr. Tombe deve ter sido puro desgosto, meditemos... ] 

Mr. Alifi conta: "Quando eu perguntei a ele o quê ele estava fazendo [pergunta redundante!] ali, com a minha cabra ele largou "a bichinha" e tentou se evadir; mas eu o prendi na porta do curral!"

Prendeu e levou o caso ao conselho de anciões para que julgassem o caso. Ficou decidido que Mr. Tombe, um verdadeiro "cabra safado", deveria pagar 50 dólares [15 mil dinares sudaneses em 2006] a Mr. Alifi como dote de noivado pela cabra posto que havia se relacionado com o animal como se marido e mulher e como esposa deveria assumir sua fêmea quadrúpede. 

Além disso, teve de pagar o preço da "mercadoria" em si. Hoje, Mr. Tombe é o viúvo da cabra. Rose morreu em 03 de maio de 2007, vítima da própria ignorância gastronômica: sufocou, engasgada quando tentava degustar um saco plástico. Rose não foi uma esposa fiel; antes de morrer, tinha dado à luz um cabrito.

FONTE: Sudan man forced to 'marry' goat 

[http://www.blogger.com/news.bbc.co.uk/1/hi/world/africa/6619983.stm]
In NEWS-BBC/UK - publicado em24/02/2006

Nenhum comentário:

Arquivo do blog