segunda-feira, 28 de junho de 2010

Steap-tease no Uluru Revolta Aborígenes Australianos



AUSTRÁLIA – A striper francesa Alizee Sery, 25 anos [em 2010] está ocupando as manchetes dos jornais depois dançar nua no topo da formação rochosa chamada Uluru [Ayers Rock]. O Uluru é um monolito de arenito rochoso, lugar reverenciado como sagrado pelos aborígenes locais. Houve protestos e a polêmica instaurou-se: a striper está no YouTude tendo seus quinze minutos de fama global.




Para ela, excelente. Mas para os aborígenes, um desrespeito! O monte Uluru é alugado pelo povo Anagu para o Parques Austrália mas algumas áreas desta reserva são fechadas aos visitantes. Nestes locais é proibido tirar fotografias. Apesar de cedido pelos nativos, eles conservaram o direitos de exclusividade de uso desse locais em suas cerimônias religiosas tradicionais.

O Diretor do Central Land Concil [Conselho Central da Terra], David Ross, que representa os proprietários aborígenes da área disse que a striper tinha de ser deportada. Os anciãos do povo Anagu foram ainda mais duros e comparam o ato da dançarina como alguém que acha que pode defecar no Vaticano!

Já o membro do Conselho de Administração Uluru-Kata Tjuta comentou: Eu estou irritado e revoltado com esse episódio. Uluru é um santuário espiritual. Isso é importante. Essa dança foi um insulto e não homenagem à cultura local.

Na TV, Alizee Sery se defende: Non! Non! Eu não queria de forma alguma ofender a cultura aborígene, eu respeito a cultura aborígene. O que eu fiz foi um tributo a essa cultura. Precisamos lembrar que, tradiconalmente, o povo aborígene vivia nu... Tirar a roupa no topo do Uluru foi algo como um retorno aos costumes antepassados.

O probleminha de Mrs. Sery foram as reboladinhas e os gritinhos que ela deu enquanto subia o Uluru e tirava a roupa. Se fosse uma dança tosca e nativa com a dançarina coberta de lama talvez a recepção tivesse sido outra. Que podemos dizer sobre isso nesta pós-modernidade? Bien, há crimes piores. Meditemos...

FONTE: WELCH, Dylan. No frock on the rock was tribute, says stripper.
IN the Age, Austrália – publicado em 28/06/2010
[http://www.theage.com.au/travel/travel-news/no-frock-on-the-rock-was-tribute-says-stripper-20100627-zc2g.html?autostart=1]



Nenhum comentário:

Arquivo do blog