sábado, 9 de maio de 2015

Mestre Kabir Decide Morrer

 

ÍNDIA. No vilarejo de Kanhiya, em Supol, distrito do estado Bihar - Índia, o mestre espiritual Baba Ram Prasad, de 80 anos, foi enterrado vivo por seus seguidores, do culto religioso Kabir Panth. 

Os discípulos de Baba Ram disseram que o mestre anunciou que entraria em Samadhi - ou seja, deixaria seu corpo físico voluntariamente, às 8:40 do dia 28 de novembro de 2006. O "feito" do "homem santo" é a realização de uma máxima iogue segundo a qual: "O iogue morre quando quer".

No dia e hora anunciados, o místico entrou em um caixão de madeira que foi depositado em uma cova previamente preparada. O enterro prosseguiu normalmente com a realização de rituais. 

Moradores do vilarejo assistiram à cerimônia e ninguém parecia incomodado por estarem sepultando uma pessoa viva. Nenhuma autoridade local interferiu. O sepulcro deverá se tornar um lugar de adoração. 

Kabir Panth é uma seita que segue os ensinamentos de KABIR (1440-1512), um reformador social, revolucionário, santo e poeta do século 16. Há monastérios dos Kabir Panths em muitos locais da Índia. 

Os centros principais ficam em Kabirchaura Math em Benares, Uttar Pradesh e Dharam Das Math em Kawardha, Chhatisgarh. A ideologia original não admite o sistema de castas e muitos dalits (casta "inferior" indiana, os intocáveis) são seguidores ou simpatizantes da seita.   

FONTE: Man Buried Alive, People Call it Samadhi 
WEIRD INDIA, 30.11.2006
[http://weirdindia.blogspot.com.br/2006/11/man-buried-alive-people-call-it_30.html]
(texto recuperado)

Nenhum comentário:

Arquivo do blog