terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Nabau, a Cobra Gigante de Bornéu



Aqui, a serpente nas vizinhanças de uma aldeia


Nabau, fotografada nas águas do rio Baleh, Bornéu

Era apenas uma lenda de Bornéu: Nabau, a serpente gigante, tinha mais de 30 metros de comprimento, uma cabeça de dragão com seis narinas e o poder de tomar a aparência de outros animais. Hoje, ao longo do rio Baleh, ribeirinhos e aldeões acreditam que a mítica criatura está de volta. O monstro foi fotografado em diferentes pontos do rio. As imagens aéreas foram obtidas durante um vôo do helicóptero que transportava uma equipe encarregada de monitorar enchentes fluviais. Até agora, nenhuma evidência de montagem gráfica computadorizada foi apontada nas fotos.

No início do mês [de fevereiro], cientistas encontraram, na ilha, um fóssil que reforça a idéia de que gigantecas cobras são normais na fauna de Bornéu, que parece ter preservado espécimes de antigas eras. O fóssil pertence a uma serpente assassina tão comprida quanto um ônibus, tão forte quanto um automóvel utilitário e capaz de devorar um animal do tamanho de uma vaca. Chamada Titanoboa, Pesando 1,25 toneladas, sua dieta era constituída de crocodilos e tartarugas-gigantes, que eram esmagados no abraço mortal para serem engolidos em seguida. Sessenta milhões de anos atrás, a Titanoboa viveu, também, nas florestas sul-americanas.

Bornéu é uma ilha asiática. Seu território de 743.294 km² é dividido entre a soberania de três países: a maior parte, pertence à Indonésia; a segunda, à Malásia e a menor parte é de Brunei. Seu nome em javanês, Puradvipa, significa "ilha Diamante" ou, ainda, Karpuradvipa, Ilha da Cânfora. Para os indianos é Suvarnabhumi, "Terra de Ouro". Seus nativos, atualmente entre são os Dayak Austronésios, um povo dividido em mais 30 sub-etnias, muitas em extinção, que falam diferentes dialetos e têm diferentes costumes, leis, cultura.

FONTE: SHEARS, Richard.
Picture of 100ft-long 'snake' sparks fears of mythical monster in Borneo
In Daily Mail/UK publicado em 20/02/2009



2 comentários:

Anônimo disse...

Tá mt boa a explicação, mas eu não acredito nessas coisas eu só acredito no que vejo

Anônimo disse...

SÉRIO VOÇÊ ACREDITA?

Arquivo do blog