quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Idéia Russa: Maconha no Picles


maconha da Ossétia
Globalização da Maconha: Ganja da Ossétia do Sul...


Moscou: Eis uma coisa que jamais passou em cabeça desse editor ─ que mora na Bahia: maconha na Rússia! Jamais imaginei que neste lugar tão distante das históricas origens Africanas da Ganja pudesse existir maconha em estado natural; no máximo, em pó ou em pílulas! Uma "boca de fumo russa? Nem pensar! "Santa ignorância e santa ingenuidade, Batman!" Deveria ter imaginado que o Papa é pop, a diamba também e globalização não poupa coisa nenhuma.

Mas vamos aos fatos, ocorridos em 2005: a polícia de Moscou prendeu três mulheres, mãe e duas filhas, que traficavam "a erva" camuflada em potes de picles! Elas foram apanhadas em flagrante quando caíram no velho truque do policial disfarçado de usuário querendo comprar a droga. A maconha era misturada entre tomates e pepinos ucranianos; quem diria que Ucrânia podia ser uma espécie de Juazeiro russo!

Bien ─ era um negócio familiar: a matriarca e uma de suas filhas cultivavam a planta até "frutificassem" as berlotas, que são gomos formados pelas folhas entranhadas em si mesmas e compactadas pela secreção da resina THC, tetra-hidro-canabinol. O material era embalado em plásticos e misturado aos ingredientes do picles. Cada vidro de picles continha até 50 gramas da "verdura".

Da Ucrânia, as "paradas" seguiam para Moscou de trem, cujo condutor, envolvido na "jogada" sabia a natureza das encomendas que transportava e fazia "vista grossa" mediante o pagamento de pequena comissão. Os "aviões" ─ que são os vendedores ─ eram uma outra filha da matriarca e dois amigos da família, que distribuíam a "merenda" na cidade.

Durante um ano o esquema, aparentemente, funcionou; mas agentes policiais descobriram a conexão e, assim, "a casa caiu". Não se sabe exatamente como a suspeita foi levantada mas, como diria Mr. Moreira da Silva, "tá assim de dedo de seta para apontar os irmãos". E, ainda, como adverte um conhecido repórter baiano: "Seu vizinho tá olho em VOCÊ!!!" Moral milenar de história: no picles non compensa. Meditemos...


FONTE: To cheat the police women pickled marijuana like cucumber
In FUN REPORTS publicado em 05/03/2005





Um comentário:

Anônimo disse...

Ops, não seria o o outro da Silva, o Bezerra?

Arquivo do blog