sábado, 14 de julho de 2012

O Misterioso Ambiente Dentro do OSNI do Mar Báltico



OSNI DO MAR BÁLTICO. O Objeto Submarino Não-Identificado (OSNI ou, em inglês USO) do Mar Báltico continua envolto em mistério. Recentemente, (aqui mesmo neste Blog) foi divulgado que a estranha formação estava apresentando dificuldades impensadas para ser investigada: equipamentos elétricos e eletromagnéticos simplesmente param de funcionar quando chegam à uma proximidade de 200 metros do objetivo. Até as câmeras de vídeo ficam inoperantes.

Especulou-se, então, que o objeto poderia ser uma instalação de espionagem ou mesmo uma arma desconhecida - alemã, datada da Segunda Guerra Mundial.

No começo deste mêsde julho, o Pravda/English publicou uma matéria sobre o assunto revelando detalhes minuciosos da estrutura que tornam a descoberta ainda mais enigmática. 

Localizado 275 metros abaixo da superfície da água, sua forma tem sido comparada à de um cogumelo porque o disco, em si mesmo, com 180 metros de diâmetro e 4 metros de espessura (ou altura) esta fixado sobre uma base cilíndrica, um pilar - que se eleva a 8 metros do leito do mar e tem, por sua vez, um diâmetro de 60 metros.

O disco é um círculo perfeito e, em seu topo, distingue-se uma esfera com quatro metros de diâmetro que apresenta irregularidades em sua superfície. As irregularidades, também esféricas, parecem canais de combustão, como se por elas tivesse passado o fluxo de alguma forte fonte de calor (que o texto do Pravda define como áreas ardidas ou fogueiras).

Também surpreendente é o quê as varreduras do sonar 3-D têm revelado dentro do objeto: paredes lisas, corredores e uma escadaria que leva paraa parte inferior da estrutura.

Essas paredes internas são perfeitamente alinhadas em ângulos retos, de 90 graus, em ralação ao piso. Além disso, o sonar mostrou, dentro do disco, a existência de uma passagem que assemelha-se a uma janela gótica (em arco). Agora, novas especulações surgem e há quem arrisque supor que o OSNI do Mar Báltico é um portal de transcendência Espaço-Tempo.

Nesta segunda quinzena de julho (2012) os mergulhadores Equipe Ocean-X, liderada por Peter Lindberg e Asberg Dennis (da Suécia) voltarão ao fundo do Golfo de Bótnia acompanhados de por um novo grupo de peritos investigadores. 

FONTE: BELOV, Timofei. Baltic Anomaly: Gateway to where, when or what?
Pravda/English, publicado em 01/07/2012.
[http://english.pravda.ru/science/mysteries/01-07-2012/121526-baltic_anomaly_pravda-0/]

Nenhum comentário:

Arquivo do blog