quarta-feira, 14 de maio de 2014

O Adventos das Roupas Anti-Redes Sociais



JAPÃO. A nova coleção do se designer japonês Kunihiko Morinaga gerou repersussão e provoca reflexões por sua funcionalidade estranha, inovadora e muito emblemática dos anseios contraditórios de uma Era cibernética. 

A coleção, chamada de Focus: Gear Life  (Foco: Engrenagem da Vida), é toda confeccionada com material especial que bloqueia ondas eletromagnéticas. Uma vez que qualquer dispositivo móvel de comunicação seja guardado em uma bolsa, jaqueta, um bolso, protegido por calças sapatos e meias feitos de tal 'tecido  de uma dessas roupas, qualquer daqueles dispositivos torna-se não-localizável - não transmite nem recebe sinais telefônicos ou multimídia.


 
Making of Focus Life Gear 
YOUTUBE, publicado em 2014/03/2014
[http://youtu.be/xDnMPSOd1g0]

A idéia de Morinaga responde a uma demanda. É uma alternativa para pessoas que, hoje, têm mais uma compulsão para lhes a vida: a ansiedade em função dos constantes alertas de Facebook, Twiter, chamadas comuns, mensagens de texto. 

As pessoas não se dão conta que os dispositivos móveis de comunicação foram feitos PARA SERVI-LAS. São ou deveriam ser SERVICAIS. A máquina serve à pessoa. 

O contrário é uma relação doentia da pessoa com a máquina. É uma situação cada vez mais comum:  já há ao menos uma década, os aparelhos de comunicação móvel individual - essas máquinas passaram a ser  'o mundo'  para muitos usuários


Morinaga comentou: A internet e os telefones inteligentes tornam tudo [aparentemente] mais confortável porém passamos mais tempo no mundo virtual que com pessoas reais. Por isso decidimos criar esta coleção de roupas. Para ajudálos a se livrar dessas distrações [solicitações, monitoramento] e se concentrar na vida real.


Criativo, muito genuinamente 'japonês mas, Morinada está falando de uma conduta que já se tornou viciada; um vício, sim, para muita gente. E como para todo o viciado em terapia a questão é: quanto tempo até o inteneólatra tirar a roupa ou tirar o aparelho do bolsinho fechado a velcro e saciar sua ansiosa ilusória necessidade de conexão?

É muito possível que a tecnologia do estilista acabe bem colocada em outras aplicações, como na espionagem e em outras atividades pouco desejáveis. A bandidagem com certeza logo aprenderá a usar esse material para inutilizar mecanismos de rastreamento de veículos e tornozeleiras de monitoramento de criminosos, por exemplo. Meditei...

FONTE: El último grito de la moda: diseñan ropa "anti" redes sociales.
LAVOZ/ARGENTINA, 14/05/2014
[http://vos.lavoz.com.ar/moda/el-ultimo-grito-de-la-moda-disenan-ropa-anti-redes-sociales]

Nenhum comentário:

Arquivo do blog