segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

CASAQUISTÃO: A ESTRANHA EPIDEMIA DO SONO




IMAGEM/YOUTUBE , Published on Jan 25, 2014
[В селе Калачи Акмолинской области разразилась эпидемия сна. Новости КТК ]

CASAQUISTÃO. "Epidemia do Sono", é como os médicos, perplexos, estão chamando uma estranha doença que espalhou-se entre os moradores da aldeia de Kalachi (ou Kalachev) - região de Akmola, no Casaquistão.

O canal de TV local - KTK, informou que nada se sabe sobre a causa do transtorno. Foi apurado que as pessoas afetadas não são próximas nem tiveram contato fortuito umas com as outras. 

As queixas relacionam sintomas como fraqueza, mal-estar, desmaios, perda parcial da memória e, em casos piores, até alucinações. Todas as vítimas sucumbem a um irresistível desejo de dormir - querem apenas sono.

As autoridades sanitárias, tomadas de surpresa, têm de se apressar na identificação das vítimas a fim de serem examinadas. Em princípios, os especialistas estão centrados na ideia de um virus e por isso, os testes virológicos foram priorizados e serão realizados por virologistas no Centro Regional (de saúde) em Kokshetau. 


Hope Yakimova, residente na aldeia contou: As pessoas adormecem de repente, em qualquer lugar. As veses em massa, como em um linha reta, em pé, sentadas. Um estudante do 9º ano teve alucinações e caiu (no  sono), ele foi um dos primeiros. Os casos multiplicam-se na enfermaria do lugar, onde adultos e crianças dormem em meio a delírios mais ou menos acentuados.

O marco zero - primeiro caso - de manifestação dessa doença do sono, em Kalachi, ocorreu entre março e abril de 2013, segundo o portal de notícias Tengrinews. Na ocasião dez pessoas, com idades variando em 14 e 70 anos foram internadas. Desde então, os surtos da doença têm acontecido regularmente.

Em dezembro de 2013, 12 pessoas foram afetadas pelo sono delirante. Neste início de 2014, em janeiro, são sete as vítimas registradas. Muitos cidadãos acreditam que a doença é uma consequência 'do aquecimento' - elevação da temperatura ambiente. Outros associam o sono anormal (e os outros distúrbios) à existência de minas urânio abandonadas na vizinhança do vilarejo mas que eram ativas há 30 anos atrás.   

As autoridades investigam possibilidades mas nada de objetivo foi descoberto até agora (janeiro de 2014). O chefe do Departamento de Saúde, do Hospital Distrital de Yesil - Kabdrashit Almagambetov - por exemplo - informou que 

...os níveis de radiação foram medidos em toda localidade, casa por casa sem achar qualquer anormalidade. Também foram examinadas amostras de ar, água, solo. O sangue das vítimas também foi analisado em busca de traços de metais pesados e outras substâncias tõxicas. Nada foi descoberto.  

Na internet, a ministra da Saúde - Veronika Skvortsova (2014) - disse a doença apresenta sinais clássicos de narcolepsia: o adormecimento súbito, perda do tônus muscular e as alucinações hipnagógicas (em estado de mera sonolência pré-sono ou ao ser acordado).


FONTE:  В Казахстане вспышка странной сонной болезни (russo)
(CASAQUISTÃO: ESTRANHA EPIDEMIA DE UMA DOENÇA DO SONO)
PARANORMAL-NEWS/RÚSSIA. 

[http://paranormal-news.ru/news/v_kazakhstane_vspyshka_strannoj_sonnoj_bolezni/2014-01-27-8428] 
ESPAÑOL
Una extraña enfermedad adormece a los habitantes de una aldea de Kazajistán. 
[http://www.entornointeligente.com/articulo/1941631/VENEZUELA-Una-extrana-enfermedad-adormece-a-los-habitantes-de-una-aldea-de-Kazajistan-27012014] 
trad. L. Cabus

Nenhum comentário:

Arquivo do blog