quarta-feira, 16 de outubro de 2013

PAPUA-NOVA GUINÉ. Vampiro devora a própria filha

ESTA IMAGEM É PESADA. ACESSÁ-LA SERÁ RESPONSALIBILIDADE DO LEITORES. DESACONSELHÁVEL PARA MENORES DE DE IDADE

SE QUIZER ARRISCAR VER HORRENDA IMAGEM:
IN VIDEO/YOUTUBE, 13/10/2013
[http://whispernaija.com/archives/4340]

PAPUA-NOVA GUINÉ (Estado Independente da Papua-Nova Guiné, país da Oceania). QUARTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2013

Em um assentamento próximo Lae, capital da província de Morobe, segunda maior cidade daquele país, um homem, descrito como um vampiro, foi preso depois de supostamente assassinar sua filha, uma menina, três anos de idade.

O "vampiro" mordeu o pescoço da criança, bebeu seu sangue e comeu sua carne. De acordo com informações do Papua New Guinea’s post courier, o vereador local, John Kenny, que foi um dos primeiros a chegar no local do crime, contou que a garota, em companhia da mãe, estava em visita ao pai quando ele a arrebatou e fugiu para um matagal próximo.

Dois rapazes que estavam na mata escalando um coqueiro perceberam o movimento suspeito e rapidamente, correram para dar o alarme. John Kenny relata, ainda, que o criminoso viu os jovens, riu para eles e continuou sua macabra refeição.

Flagrado por alguns cidadãos da população local, o assassino jogou o corpo no chão e ainda tentou evadir-se; em vão. Foi capturado e entregue à polícia.

Papua-Nova Guiné é um país em crescimento mas ali ainda persistem práticas místicas primitivas que incluem a feitiçaria (ou magia negra) e, muitas vezes, prática de canibalismo. 

FONTE: ADENIYI, Opemipo. Vampire: Man Kills And Eats Flesh Of 3-Year Old Daughter.
WHISPER NAIJA/NIGERIA, 13/10/2013   
[http://whispernaija.com/archives/4340]

Um comentário:

Super Visitas disse...

Ganhe mais visitas em seu blog, cadastre-se no Super Visitas.
O Super Visitas é um sistema de trocas de banners entre blogs, não é preciso gerar créditos e nem comprar
para ter visitas, basta fazer um cadastro e depois incluir seus blogs, é totalmente grátis.

Super Visitas: http://www.supervisitas.com.br/web

Arquivo do blog