terça-feira, 2 de julho de 2013

Bigfoot - O Retorno do Minnesota Iceman



LINK RELACIONADO
[http://www.sofadasala.com/misterios/historiadezana.htm]

USA. Em Austin, capital do estado norte-americano do Texas, a partir de 03 de Julho (2013) o famoso Minnesota Iceman, depois de décadas, misteriosamente desaparecido, será exibido novamente no Museum of The Weird.

Aquele que ficou conhecido como The Iceman Cometh fez sucesso em feiras e Parques de todo o país em turnês realizadas durante o fim da década de 1960 e durante os anos de  1970. A informação foi divulgada pelo dono do Museu, Steve Busti.


Iceman, Abominável Homem das Neves, Ieti, Sasquash (nos Estados Unidos). Um mito, uma realidade jamais provada porém muitas vezes, alegadamente, uma criatura registrada em fotos e filmes. Como nesta fotografia, de 2007, obtida na Pensilvânia.


Capa do livro Bigfoot Exposed: An Anthropologist Examines America's Enduring Legend, 2004.
[books.google.com.br/books?isbn=0759105391]

Este Abominável Homem das Neves - The Siberskoye Creature, apareceu em 1968. Morto, peludo, 1,83 m de altura conservado em um bloco de gelo dentro de um caixão refrigerado, exibido pela primeira vez por Frank Hansen, que alegava ter capturado a criatura - segundo o livro Bigfoot Exposed: An Anthropologist Examines America's Enduring Legend (Bigfoot exposto: Um antropólogo examina uma tradicional lenda da América) de David J. Daegling.



The Siberskoye Creature. Seu primeiro exibidor, Frank Hansen, é contraditório no que se refere à origem de sua presa. À princípio, disse que descobriu o espécime na Sibéria/Rússia (daí o nome Siberskoye). 

Mais tarde, disse que abateu a fera pessoalmente, a tiros, em Minnesota/EUA. Teria ocultado essa verdade com medo de ser investigado por assassinato.

Dois criptozoólogos, Ivan Sanderson e Bernard Heuvelmans, examinaram "a peça". Ambos acreditavam que que a criatura poderia ser, verdadeiramente, um indivíduo humanoide de espécie desconhecida. 


Sanderson comentou que podia sentir o cheiro do cadáver em decomposição através das rachaduras do túmulo gelado. Heuvelmans chegou a cunhar um nome para o Pé Grande: era o Homo pongoides.

Estes pesquisadores estavam tão convencidos que convidaram um especialista do Smithsonian Institute para uma investigação formal. 


Porém, quando a equipe do Smithsonian apareceu, Frank Hansen alegou que havia substituído a "peça" original por uma réplica. 

De fato, os investigadores do Instituto descobriram que Hansen havia encomendado a cópia em uma empresa da Costa Oeste e que este fabricante, nunca tinha visto o original.
 
No início dos anos de 1970, o empresário e a atração desapareceram e assim permaneceram até 10 anos atrás. O dono do Museum of The Weird, Steve Busti, diz que procurou o paradeiro dos dois durante os últimos dois anos. Rastreou a família de Hansen e comprou o Bigfoot congelado (ou a peça de borracha, isso é um mistério).

LINK RELACIONADO
[http://www.sofadasala.com/misterios/historiadezana.htm]

FONTE: Is this Bigfoot? Hairy 6ft beast shot in the 1960s and kept in a Minnesota freezer to go on display in Texas.
DAILY MAIL/UK, publicado em 29/06/2013
[http://www.dailymail.co.uk/news/article-2351440/Is-Bigfoot-Minnesota-Iceman-display-Museum-Weird.html]

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...