terça-feira, 2 de novembro de 2010

Exobiologia: O Planeta Gliese-581g


A estrela anã Gliese-581 comparada ao
Sol e sua distância em relação à zona
cósmica habitável, a faixa em tons azuis
.

Seu nome é GLIESE 581g. É um planeta. Os cientistas reconheceram nele um orbe não somente habitável mas provavelmente já habitado no presente momento cósmico. E mais: recentemente, foi detectado um sinal de comunicação alienígena proveniente daquela região do espaço onde localiza-se o GLIESE 581g.

Os astrofísicos dizem que a Via Láctea [galáxia que abriga este sistema solar] contém cerca de 200 bilhões de estrelas [e outros corpos celestes]. Entre estes, em torno de 10% a 20% poderiam suportar formas de vida o que resulta em mais ou menos 40 bilhões de esferas habitáveis somente na Via Láctea.

Segundo o pesquisador e escritor Terrence Aym, em seu artigo Scientist declares alien signal sent from extrasolar planet Gliese 581g os sinais capturados do Gliese foram descobertos pela astrofísico australiano Dr. Ragbir Bhatal, da University of Western – Sydney. Bhatal registrou que 

...os impulsos luminosos padronizados foram detectados em 2008 provenientes da região do espaço onde o planeta extra-Solar Gliese 581g orbita uma estrela anã vermelha...

Ragbir Bathal é membro do SETI (Search for Extra-Terrestrial Intelligence), entidade sem fins lucrativos, organização científica que trabalha com a prospecção, pesquisa e educação nas áreas de exobiologia/astrobiologia.

Sobre este assunto, o professor de astronomia e astrofísica da University of California, Steven Vogt, declarou que o Gliese 581g está situado dentro de uma zona habitável de uma estrela e explica:  

...dada a onipresença e a propensão da Vida de florescer onde seja possível, eu diria que meu sentimento pessoal é que as chances de haver vida no planeta [no Gliese...] são de 100%.

Todavia, mesmo entre os membros do SETI há os que não arriscam tanta convicção. Um dos pioneiros do instituto, professor Frank Drake, ex-diretor do Observatório Raditelecópio de Arecibo, em Porto Rico, diz que as evidências estão confusas:  

O sinal foi descoberto dois anos antes que fosse determinada sua origem (2008). Somente depois o planeta foi descoberto e, finalmente, em setembro de 2010. Na época também desconhecia-se mesmo a existência de planetas orbitando a estrela do Sistema, a estrela Gliese-581, que empresta o nome a todo o seu séquito de orbes.

A descoberta de que a estrela é orbitada por planetas somente foi revelada em setembro deste ano [2010] na National Science FoundationCarnegie Instituition – Washington – USA, pelos professores Steven Vogt e Paul Butler.

FONTE: Alien lifeforms: Contact made!
IN Pravda Engish – publicado em 12/10/2010
[http://english.pravda.ru/science/earth/12-10-2010/115338-alien_contact-0/]

Nenhum comentário:

Arquivo do blog