quinta-feira, 27 de novembro de 2014

As Ruínas Submarinas da Ilha de Delos


+ LEMÚRIA, O CONTINENTE DA 3ª RAÇA por Ernesto Ribeiro 
[http://www.sofadasala.com/mundosperdidos/ernestoribeiro/lemuria01.htm] 

+ JAPÃO - AS RUÍNAS SUBMERSAS DE YONAGUNI 
[http://www.sofadasala.com/noticia/yonaguni00.htm] 
 
+ ARQUEOLOGIA. Sinais de Atlântida na Península Ibérica, 14/03/2011 [http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2011/03/sinais-de-atlantida-na-peninsula.html]



GRÉCIA/ITÁLIA. ARQUEOLOGIA. No mar Egeu, há apenas pouco menos de 2 metros de profundidade, na costa nordeste da ilha de Delos, pesquisadores descobriram ruínas que estão chamadas de Pompeia submarina. Ali foram encontradas instalações completas de oficinas de antigos oleiros com seus fornos embutidos, cerca de 16 vasos de terracota além de restos de outras edificações, como colunas e paredes.

Estruturas semelhantes foram achadas em Pompeia e Herculano e, muitas delas, possivelmente, abrigavam casas de comércio. Historiadores esperam que esses achados acrescentem novos conhecimentos sobre papel comercial da ilha (de Delos) durante o período romano.

DELOS


    Os Leões de Delos + FOTOS DE DELOS

A ilha de Delos faz parte do arquipélago das Cíclades, conjunto de ilhas do mar Egeu. É um local associado a mitos poderosos, a fatos históricos destacados sendo, por isso, um dos sítios arqueológicos mais importantes da Grécia. Ali, as escavações estão entre as mais numerosas e extensas da região do Mediterrâneo.

Delos era um santuário, lugar sagrado, muito antes do surgimento da cultura dos Deuses Olímpicos. Durante seu apogeu urbano, entre os séculos VIII a.C. (anos 800) a século 1ª da Era Cristã, foi um porto movimentado onde comerciavam-se, principalmente, escravos.



  
Latona transforms the peasants into frogs. Giulio Carpioni, 1670


Uma lenda ou história famosa associada a Delos é que ali, naquela ilha, nasceram as divindades Apolo-Hélio (o Sol, música, poesia) e Diana-Artemis (caça, Lua).

Filhos de Zeus, os gêmeos e sua mãe, a mortal Latona (ou Leto), perseguidos  pela esposa enciumada do Senhor dos deuses do Olimpo - Hera ou Juno - foram amaldiçoados a não terem permissão de nascer em nenhum pedaço de chão ligado à terra firme.

Delos, considerada uma ilha flutuante, sem laços com a terra, aceitou a parturiente. Mas a ilha continuou marcada pela lenda de Apolo e Diana e durante muito tempo, na Antiguidade, ninguém mais teve permissão nascer ou morrer em Delos.

O declínio de Delos começou no ano de 88 a.C., quando foi invadida por Mitríades VI, rei do Ponto. 20 mil habitantes foram mortos. Tomada por piratas e aventureiros, Delos foi abandonada por volta do século V d.C. (anos 400) e muitos dos mármores que faziam seu esplendor foram vandalizados para servir de material de construção por habitantes de ilhas vizinhas. 

+ LEMÚRIA, O CONTINENTE DA 3ª RAÇA por Ernesto Ribeiro 
[http://www.sofadasala.com/mundosperdidos/ernestoribeiro/lemuria01.htm] 

+ JAPÃO - AS RUÍNAS SUBMERSAS DE YONAGUNI 
[http://www.sofadasala.com/noticia/yonaguni00.htm]  

+ ARQUEOLOGIA. Sinais de Atlântida na Península Ibérica, 14/03/2011 [http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2011/03/sinais-de-atlantida-na-peninsula.html]


FONTE
PRIGG, Mark. The 'underwater Pompeii': Remains of an ancient settlement complete with a ruined pottery workshop found on the bottom of the Aegean sea
DAILY MAIL, 27/11/2014
[http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-2848061/Remains-ancient-settlement-bottom-Aegean-sea.html]

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...