domingo, 16 de maio de 2010

Homo Sapiens... mas nem tanto



As mais recentes pesquisas da antropologia genética comprovam que o atual homo sapiens, está longe de ser algum tipo de raça pura da espécie humana [fato do qual desconfia-se há muito tempo]. Os sapiens misturaram-se com outras espécies humanóides contemporâneas ao surgimento do que viria a ser a espécie atual. Joao Zilhao, da University of Bristol ̶ UK, sugere que houve miscigenação entre o tipo emergente, sapiens, e outras espécies humanas que atualmente, são consideradas completamente extintas. Na Alemanha, pesquisadores do Max Planc Institute for Evolutionary Antropology, Leipzig, descobriram a primeira evidencia desta miscigenação. Descobriram que o genoma dos homens pós-modernos possui material entre 1% e 4% de origem Neanderthal.

Mas os Neanderthais não foram os únicos a participar do processo de mistura racial. A equipe alemã anunciou, em março [2010] a descoberta de um DNA hominídeo que não é nem do sapiens nem do Neanderthal. O indivíduo, fêmea, viveu entre 50 mil a 30 mil anos atrás em uma caverna do sul da Sibéria. Os cientistas apelidaram-na X-woman...

Francamente, deixando de lado considerações de natureza estética, religiosa, moral, ético-social e outras, é fato que muitos indivíduos, homens e mulheres, têm mesmo cara de Neanderthal. E mais, tem gente com cara de gorila, cavalo, tartaruga, buldogue e até com cara de gaveta etc.

SABEDORIA MILENAR: Em todas as épocas, homem faminto e brutal come qualquer coisa que se mexe. Se for o caso, prefira jejum. Evite ser animal. Meditemos...


Fonte: Not just Neanderthal, theres's X-man too
IN Phenomenica ̶ publicado em 13/05/2010
[http://www.phenomenica.com/2010/05/theres-x-men-in-us-too.html]


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...