segunda-feira, 31 de agosto de 2009

O Celacanto do Rio Ganges



Calcutá, Índia ─ Paleontógos indianos estão em Calcutá, oeste de Bangala, depois que pescadores locais retiraram das água do rio Ganges um celacanto gigante [foto]. O celacanto é uma espécie de peixe pré-histórico, fóssil vivo, remontando o período Cretáceo [período da Era Mesozóica compreendido 145 a 65 milhões de anos atrás].

Durante décadas, conhecido somente através de fósseis muito antigos, o celacanto surpeendeu os cientistas quando um espécime vivo foi encontrado na costa leste da África do Sul, em 1938. Desde então, eles têm sido vistos em Comoros [União das Comores, uma república federal insular, compreende 3 das 4 ilhas do arquipélago das Comores, costa leste da África], Kênia, Tanzânia, Moçambique e Madagascar.

O espantoso neste celacanto retirado do Ganges são suas dimensões: 2,40 m de comprimento, 90 cm de largura, 320 quilos. O animal, que boiava no rio, assustou um grupo de crianças, que demoraram a perceber que o animal estava morto. O exame do cadáver mostrou que o peixe apresentando um corte no ventre, provavelmente foi capturado por pescadores mas, como é costume, foi devolvido ao mar, embora sem mais nenhuma expectativa de vida.

O celacanto é descartado porque sua pele exuda um óleo fétido em um processo que torna sua carne intragável e seu cheiro, insuportável. Para os cientistas o grande mistério é: como este inexplicavelmente gigantesco celacanto foi parar no rio Ganges.

Fonte: Prehistoric monster terrorises kids in the Ganges
In Austrian Times ─ publicado em 27/08/2009



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...