sexta-feira, 6 de junho de 2014

O Mistério dos Liliputianos do Irã



A múmia do 'homem de Liliput, encontrada no Irã em 2005

IRÃ. Ao sul da Província de Khorasan, cerca de 100 km leste do distrito de Kerman, em uma antiga aldeia iraniana chamada Makhunik (Makhoonik), arqueólogos descobriram os restos de uma estranha cidade: uma cidade de 'homens pequenos (cujas múmias estão sendo chamadas de 'os liliputianos, referência ao povo mencionado no romance de aventuras Viagens de Guliver de Jonathan Swift, 1667-1745).

São os restos da antiga civilização Aratta, datada em 6 mil anos a.C.. A fama de liliputianos deve-se ao achado, em 2005, de uma múmia bizarra, um humanoide medindo cerca de 25 cm de altura. Encontrado por traficantes - caçadores ilegais de relíquias que tentaram vendê-lo no mercado negro por 3 milhões de dólares - o 'liliputiano do Irã foi resgatado por cientistas.

Desde então, as análises de antropologia forense não puderam determinar a idade exata do cadáver porém, estima-se que a criatura poderia ter entre 16/17 anos anos de idade na época de sua morte.

A pesquisa na região revelou que, mesmo, ainda há alguns poucos anos atrás, a altura das pessoas na aldeia de Makhunik raramente alcançava a 1,5 m. Só mais recentemente tem-se verificado uma elevação de estatura da população local. Em Makhunik também foram encontradas ruínas de edificações com dimensões igualmente pequenas.

FONTES
'Gulliver's experience' can come true in Iran’s dwarf city.
PRESS TV/Ir, 27/05/2014
[http://www.presstv.ir/detail/2014/05/27/364383/iran-old-dwarf-city-astonishes-visitors/]
Una Liliput en el mundo real: descubren una ciudad antigua de enanos en Irán.
RT, 28/05/2014
[http://actualidad.rt.com/cultura/view/129448-iran-ciudad-enanos-viajes-gulliver]


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...