quarta-feira, 22 de julho de 2015

Canibalismo - A Tragédia Macabra da Expedição Franklin


HMS Erebus and Terror in the Antarctic by John Wilson Carmichael 
Recentemente, cientistas que têm estudado uma das naves britânicas que transportaram para a morte, no século XIX, a funesta 'expedição Franklin - fizeram descobertas chocantes sobre os últimos dias da tripulação. 

[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2011/03/historia-de-pirata-o-navio-do-barba.html

[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2015/07/blackbeard.html]

A EXPEDIÇÃO FRANKLIN. A expedição, que partiu em 1845 em viagem de exploração do Ártico, liderada pelo Capitão - Oficial da Marinha Real do Reino Unido - 'Sir John Franklin, contava com dois navios o HMS Erebus* e o HMS Terror. 

* EREBUS, na mitologia grega, é a personificação das trevas e seus domínios são escuros e sem vida.

A jornada marítima, repleta de incidentes, chegou ao fim no Estreito de Vitória, próximo à Ilha do Rei Guilherme - Canadá, quando os dois navios ficaram presos no gelo. Todos os membros da tripulação, 128 homens, morreram - mais cedo ou mais tarde.



ACHADOS


Aprisionados na brancas águas pétreas, os homens foram definhando lentamente. Além do sofrimento com a hipotermia, padeceram de doenças várias: escorbuto, pneumonia, tuberculose além de envenenamento pela comida enlatada, água contaminada, fome e - finalmente, hipotermia. Porém, os males foram mais além.

Desde o desaparecimento da expedição numerosas buscas foram empreendidas; em vão. Em janeiro de 2008, mergulhadores e arqueólogos canadenses engajaram-se na caça aos navios desaparecidos.

Em setembro de 2014, o primeiro ministro do Canadá (ainda no cargo, 2015), Stepen Harper - divulgou em primeira mão aos midia mundiais:

'Tenho o prazer de anunciar que a expedição ao Estreito de Victoria resolveu um dos grandes mistérios do Canadá com a descoberta de um dos navios que integraram a Expedição Franklin.


CANIBALISMO



Um dos cadáveres de marujo da expedição, examinado pela equipe de acadêmicos canadenses

Mais recentemente, em 2015 - os pesquisadores confirmaram uma suspeita macabra: a ocorrência de canibalismo extremo entre aqueles que sobreviveram, ainda que por pouco tempo, à tragédia do Terror e do Érebus.

Os exames dos restos mortais dos marinheiros, submetidos à autópsia forense, revelaram que os últimos sobreviventes não somente se alimentaram da carne de companheiros mortos (necrofagia) mas, também - chegaram a rachar os ossos dos defuntos para sugar o tutano dos ossos.

A bioarqueóloga da Trent University, Canadá - Anne Keenleyside, que participa das pesquisas, destaca que as descobertas de laboratório confirmam os relatos dos nativos canadenses, os Inuit - que sempre afirmaram terem encontrado, na Ilha do Rei Guilherme, pilhas de ossos fraturados para extração da medula.

Sobre o HMS Terror, não há pistas no navio, que permanece sepulto em algum lugar nas águas gélidas do Ártico canadense. 


[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2011/03/historia-de-pirata-o-navio-do-barba.html

[http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/2015/07/blackbeard.html]

FONTES
British seamen turn out to be cannibals
PRAVDA/ENGLISH, 22.07.2015
[http://english.pravda.ru/news/science/22-07-2015/131428-cannibalism-0/]
“Heart and soul” of HMS Erebus revived
FACTS&OPINIONS, 06.11.2014
[http://www.factsandopinions.com/dispatches/geo/heart-and-soul-of-hms-erebus-revived/]
Canadenses encontram navio lendário desaparecido no século 19
G1/GLOBO, 09.09.2014
[http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2014/09/canadenses-encontram-navio-lendario-desaparecido-no-seculo-19.html]
Expedição de John Franklin
WIKIPEDIA, 22.07.2015
[https://pt.wikipedia.org/wiki/Expedição_de_John_Franklin]
EREBUS 
WIKIPEDIA, 22.07.2015
[https://pt.wikipedia.org/wiki/Érebo]

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...