quarta-feira, 15 de julho de 2015

A Estranha estátua Alienígena de Israel



ISRAEL. ARQUEOLOGIA. Nas cercanias das escavações arqueológicas do Kibbutz de Magen, em um local situado na fronteira da Faixa de Gaza - ao sul de Israel, em meio a ruínas bizantinas - no começo deste ano (2015), arqueólogos descobriram uma estranha estátua. 

A peça, datada em 2 mil anos, feita de mármore - representa uma criatura zoo-mórfica, algo entre o humano e cetáceo. 

Porém, a representação também remete àqueles entalhes, pinturas e estátuas de outras civilizações que são associadas a extraterrestres ou alienígenas (criaturas inteligentes não-humanas).

O chefe da equipe de escavações empreendidas pela Israel’s Antiquities Authority (IAA) - Alex Fraiberb, informa que a origem da estátua é um mistério.

Além do aspecto intrigante, ela foi encontrada em um local separado do conjunto do sítio. Apesar de assemelhar-se a um ser marinho ou aquático, estava soterrada distante quase 20 quilômetros do mar Mediterrâneo.



A arqueóloga especialista nos períodos romano e bizantino - Rina Avner, comentou: 'Acreditamos que esta peça é somente uma parte de uma obra maior que foi danificada.

O Busto foi removido do lugar de origem e removido para cá. A estátua completa que pode ter sido dedicada a Afrodite - deusa do amor e da beleza, nascida da espuma do mar ou - Poseidon, o Senhor dos Oceanos na mitologia grega.

Avner tenta fundamentar suas hipóteses pela associação de Afrodite com o mar e os golfinhos, que aparecem nas representações do nascimento da deusa.

A relação de Poseidon com cetáceos de todas as espécies é mais robusta, posto que esse deus foi frequentemente associados a estes animais, que nas pinturas e esculturas antigas ou renascentistas, sempre acompanham o rei dos mares como um cortejo de súditos.





Mas, se assim for, essa estátua tem de ser mais antiga que os dois mil anos estimados. Há dois mil anos a arte grega representava esses deuses de modo muito mais realista. 

A estátua de Gaza não se encaixa no estilo daquele naquele período mas sua estética aproxima-se bastante das imagens das divindades produzidas por culturas mais remotas, tanto no tempo quanto no espaço (IMAGENS ABAIXO E ACIMA).


Culturas que existiam muito antes do período romano-bizantino da ocupação de Israel e que floresceram muito tanto nas proximidades quanto muito longe do Oriente Médio.

Estátuas exóticas e relevos - por exemplo - cuja aparência é assemelhada ou tão exótica quanto a do Delfim Branco de Gaza, quase monolíticas, são encontradas entres os mistérios da cultura egípcia, suméria, fenícia e, ainda, do outro lado do mundo, entre povos da América pré-colombiana.

Dentre essas estranhas figuras muitas têm sido apontadas como registro de presença de alienígenas, extraterrestres, vivendo entre os povos da Antiguidade conhecida e em um passado ainda mais distante.

FONTE
Mysterious 2,000-year-old marble dolphin surfaces near Gaza
TIMES OF ISRAEL, 25.06.2015
[http://www.timesofisrael.com/2000-year-old-marble-dolphin-surfaces-near-gaza-strip/]

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...