quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Funeral - O Sentimento de Luto nos Pássaros


Scrub Jays, sensíveis diante da morte dos semelhantes.

USA. Um novo estudo, realizado por Pesquisadores da University of California, na cidade de Davis (Yolo County - USA) - conduzido por Teresa Iglesias - sugere que alguns tipos de aves praticam ritos fúnebre. Isso implica admitir que essas aves e, possivelmente outras, possuem um significativo grau de consciência.

Os cientistas descobriram que os SCRUB JAYS ocidentais (Aphelocoma californica ou, traduzindo a expressão popular, algo como esfregão tagarela ou esfregão cantador), ao se depararem com um de seus semelhantes, morto - praticam um estranho ritual jamais observado no contexto da vida das aves.

Uma vez que um só indivíduo encontre o cadáver de outro de sua espécie, ele pára o que estiver fazendo, mesmo em pleno vôo ou, ainda, preparando seu ninho ou alimentando-se. Imediatamente emite um chamado que reúne outros iguais.

Os pássaros, então, reúnem-se em torno da carcassa. Os pesquisadores ainda não sabem ao certo - se isto é, de fato, um ritual funerário ou uma providência para obtenção de informação, no caso - descobrir, reconhecer e evitar a ameaça que deu causa à morte do companheiro. 


(De todo modo, o comportamento dos Scrub Jays demonstra um nível de inteligência surpreendente, superior ao se pode observar em muitos seres humanos, cuja insensibilidade egoísta beira à desinteligência em termos de senso de estratégia de sobrevivência. Meditemos...)


A observação mostrou que a reunião é, de fato, consciente e em função do evento de morte. Os cientistas utilizaram vários objetos, incluindo peças de madeira que imitavam jays mortos.

Esses objetos foram colocados em quintais freqüentados pela espécie. Os Jays ignoraram todos os objetos e somente se manifestaram no procedimento de reunião quando, de fato, havia um pássaro semelhante a eles - morto.

É um fato já reconhecido que outros animais são sensíveis à morte de seus semelhantes: girafas, elefantes, ursos polares e os chimpanzés, que chegam a entrar em depressão quando morre um parente ou companheiro, são exemplos deste fato.


Curioso fenômeno da pós-modernidade. Existe algo de assustador na constatação de que enquanto os cientistas descobrem a consciência e a sensibilidade emocional em animais, por outro lado, cresce o número de ocorrências que testificam uma assustadora brutalização ou animalização dos seres humanos, que parecem cada vez menos conscientes em termos ético-morais e menos capazes de sentimentos solidários em relação às outras criaturas vivas, especialmente, indiferentes ao sofrimento de sua própria espécie.

FONTES
WALKER, Matt. Birds hold 'funerals' for dead.
BBC/UK, publicado em 01/09/2012.
[http://www.bbc.co.uk/nature/19421217]
BESANT, Alexander. Birds hold funerals for their fallen, study says.
global post, publicado em 04/09/2012.
[http://www.globalpost.com/dispatch/news/science/120904/birds-hold-funerals-their-fallen-study-says]

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...