domingo, 3 de junho de 2012

Wild Child: Menino Abandonado Vivia Entre Caprinos

O garoto. Mais uma vítima do egoísmo maldoso e selvagem das pessoas nesta pós-modernidade.

RÚSSIA. Na cidade de Shakti, região de Rostov, um menino de dois anos foi encontrado por assistentes sociais em uma casa, vivendo em um quarto, em clausura entre bodes e cabras. 

O garoto, que está sendo chamado de Sasha T. apresentava desnutrição e um grau zero de socialização comportando-se como um animal selvagem. 

Ele não aprendeu a falar, comer ou usar um simples penico. Durante seu curto período de vida neste mundo, até o resgate, Sasha T. parece ter tido, como única companhia, os animais.

De acordo com a vice-chefe do serviço de assistência social municipal, Irina Bochkova, no momento em a criança foi resgatada por funcionários da assistência social municipal, sua mãe, identificada como Marina, 40 anos, não estava na casa. 


Bochkova informou, ainda: Ele estava semi-despido, sentado em quarto gelado. (A situação era de extremo risco). Cada hora poderia tornar-se a última. Além de frio o lugar estava extremamente sujo e malcheiroso. 

Nós o agarramos e levamos às pressas para o hospital da cidade. Os médicos disseram que, por causa do modo como tem vivido, o cérebro do garoto não se desenvolveu corretamente. Ele pesa menos de um terço do que deveria para um menino normal de sua idade.

A pediatra Natalya Simonina contou: Ele recusou-se a dormir no berço. Tentou entrar debaixo do berço para dormir ali e estava com muito medo dos adultos. Também tentou quebrar tudo o que viu, janelas, móveis. Não é capaz de falar ou segurar uma colher. Não faz ideia do quê fazer com brinquedos. Mostrou-se completamente indiferentes a eles. A providências legais para tirar da mãe a guarda do garoto já foram tomadas.

Sasha não é o primeiro caso de criança, na Rússia e no mundo a crescer no meio de animais. Em 2009, uma menina de cinco anos foi encontrada na cidade de Chita - Sibéria, vestindo roupas sujas e latindo para as pessoas. 

Conhecida apenas como Natasha, ele tinha sido mantida trancada em um apartamento durante seus cinco anos de vida tendo apenas cães e gatos como companhia. Natasha também não sabia falar.

Em 2004, foi descoberto um outro menino, Andrei Tolstyk, sete anos, abandonado pelos pais aos três meses. Quem cuidava dele, como se fosse um filhote, era o cachorro da "família", que também foi abandonado. Em consequência, Andrei somente andava de quatro, cheirava a comida e era agressivo com pessoas e tentava mordê-las.

LINK RELACIONADO

FONTE: 
STEWART, Will. Raised by goats: Starving two-year-old Russian boy who was forced to sleep and play with animals is rescued by social services.
DAILY MAIL-UK, publicado em 01/06/2012.
[http://www.dailymail.co.uk/news/article-2153232/Raised-goats-Social-services-rescue-underweight-year-old-Russian-boy-played-slept-animals.html]

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...