sexta-feira, 25 de maio de 2012

O Hotel-presídio Karostas. Gosto prá tudo.


O Hotel-presídio Karostas. Gosto prá tudo.

LETÔNIA. Na República da Letônia (Latvijas Republika), situada às margens do Mar Báltico, leste europeu, o antigo presídio de Karostas, localizado em Liepaja, transformou-se em um estranho hotel que oferece serviços de cárcere para os turistas que desejem viver a experiência de ser prisionairos naquele lugar que foi considerado uma prisão intransponível pois, segundo sua história, jamais um detento conseguiu fugir dali.

Com sua aparência e dependências inalteradas, o - agora - hotel-presídio de Karostas cobra para receber hóspedes que desejam ser tratados como se fossem prisioneiros. Dormem em macas ou camas de ferro, comem no refeitório a comida típica dos tempos do cárcere (um tipo de iguaria que, no Brasil, é conhecida pela alcunha de o grude) e cumprem os horários que regiam a vida dos cativos.

O programa de atividades inclui excursões nas dependências mais obscuras do lugar, visita a um museu temático onde é possível testar os efeitos de uma máscara de gás no limite da morte ou, ainda, desfrutar de uma autêntica noite de terror de presidiário em uma penitenciária de segurança máxima.

FONTE: Los turistas que pagan para hospedarse en una cárcel.
TERRA/Peru, publicado em 25/05/2012.
[http://vidayestilo.terra.com.pe/los-turistas-que-pagan-para-hospedarse-en-unacarcel,f1bdb66f99587310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html]

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...