sexta-feira, 4 de maio de 2012

O Despertar das Pirâmides


Por muito tempo, ao menos até o advento da Arqueologia como uma ciência sistemática, a partir do século XIX, essas colossais e intrigantes estruturas, as pirâmides foram quase que exclusivamente associadas ao Egito.

Depois, edificações semelhantes descobertas na América pré-colombiana começaram a revelar que as pirâmides, como fenômeno cultural, pertencem a culturas das mais diversas partes do mundo. Erguem-se, enigmáticas, na China, no leste europeu e até nas profundezas dos oceanos.

Essas descobertas tornaram o mistério das pirâmides ainda mais espantoso. Os primeiros estudiosos acreditaram e escreveram nos livros de História que as pirâmides seriam, essencialmente, gigantescos monumentos funerários que abrigavam os restos mortais de personagens poderosos, governantes de nações da Antiguidade. Porém, com avanço das pesquisas essa idéia tornou-se insatisfatória para explicar o verdadeiro propósito destas construções, sobretudo, as mais antigas.

Entretanto, já há mais de um século, estudiosos mais ousados têm proposto uma hipótese, considerada algo fantástica, de que várias das pirâmides que hoje, sabe-se, estão espalhadas pelo mundo, são na verdade gigantescas máquinas, objetos tecnológicos avançados, usinas que, supõe-se, poderiam servir para projetar e/ou absorver energias de modo completamente desconhecido pela a ciência contemporânea. Essa tecnologia misteriosa é associada à inteligências extraterrestres.

Recentemente e coincidentemente nestes tempos de proximidade de realização da famosa profecia maia, que prevê o Fim de Uma Era no próximo mês de dezembro (2012) e, ainda, com parte desta profecia se realizando no que diz respeito às intensas e violentas tempestade solares que as agências espaciais têm monitorado entre 2011 e o ano presente, 2012, um estranho fenômeno vem ocorrendo em algumas das mais famosas pirâmides do mundo.

Pouco divulgado nos midia e quando divulgado, subestimado, desacreditado, este fenômeno tem sido descrito pelos estudiosos como uma ATIVIDADE OU ATIVAÇÃO de pirâmides na América Latina, nas edificações das culturas maia e asteca, na China e, também, na Bósnia.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...