terça-feira, 1 de maio de 2012

Atlantes, Suástica & O Segredo dos Árias




A ideologia nazista fez mais de um desserviço á humanidade. Um deles foi difundir à idéia historicamente e antropologicamente errada de que existe uma Raça Ariana com características físicas extremamente específicas: pessoas louras,altas, de olhos azuis; e  ̶  pior, de que esta é uma raça de seres humanos superiores, seja intelectualmente, espiritualmente ou biologicamente, geneticamente de modo geral  ̶   a todos aqueles que não apresentem esses traços.


É uma idéia equivocada. Um erro acadêmico mesmo. O termo "ariano" tem, muitos significados que foram sendo agregados à palavra ao longo de milênios....

Alguns estudiosos rastrearam a trajetória dos arianos desde o leste do Cáucaso chegando até o Tibete, o lugar conhecido como "teto do Mundo", a cordilheira Himalaia.

De acordo com estes estudos, formulou-se a teoria de que estes povos foram refugiados Atlantes, sobreviventes do Dilúvio que destruiu a Civilização de Atlântida e encontraram segurança na migração nas altas montanhas tibetanas onde, mantiveram-se seguros por muitas gerações...

O filósofo grego Platão (século IV a.C.), autor de um dos mais antigos registros sobre os Atlantes da cultura Ocidental, em suas obras Timeu e Crítias, descreveu a Atlântida como um império sofisticado...

Platão afirma que os Atlantes... possuíam uma sabedoria e uma religião extremamente espiritualizada que lhes permitia "ver" sua divina e eterna alma, seu verdadeiro Eu Superior no corpo físico. Isso tornava os atlantes detentores de poderes, sentidos, percepções faculdades superiores...

Em Crítias, Platão conta que o fim da Atlântida tinha ocorrido há mais de nove mil anos antes de sua época [dele, Platão], quando uma série de desastres naturais afundou seu continente...

Os sobreviventes, dispersaram-se dirigido-se para diferentes partes do mundo, seguindo rotas marítimas e terrestres.

Para lugares distantes levaram uma marca de sua religiosa e científica de sua civilização, as pirâmides. Hoje, muitos pesquisadores acreditam que as civilizações da Antiguidade, separadas no tempo e no espaço têm, nas pirâmides, a lembrança remota compartilhada de sua cultura-mãe, a herança Atlante...

Mas, as pirâmides não são o único elemento cultural legado pelos misteriosos Atlantes. Um símbolo, ainda mais antigo que a Civilização Atlante, atravessou mais que centenas de milênios e tendo sua origem recuada em milhões de anos, permaneceu sendo adotado por mais de uma Humanidade...

A Cruz Suástica pertence a uma simbologia que remonta à origem do Universo muito antes de ser um emblema associado aos seguidores do arianismo alemão... LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...