quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

O Caso dos OVNIs Submersos no Mar Báltico


IMAGEM: Daily Mail|CNN

SUÉCIA/FINLÂNDIA. Em agosto de 2011, alguns jornais do mundo publicaram a notícia da descoberta de um OVNI submerso nas águas do Mar Báltico, mais precisamente no Golfo de Bótnia, situado entre Finlândia e Suécia. (Este blog resgistrou o fato no post OVNI: Mistério no Mar Báltico, conforme uma das versões da notícia, traduzida do espanhol, no caso, publicada pelo periódico digital ABC, Espanha).

A descoberta em si, proeza do caçador de tesouros submersos, o sueco Peter Lindberg, ocorreu, de fato, em junho de 2011. Em 29 de janeiro deste ano (2012) o Daily Mail divulgou: Shipwreck hunters find mysterious object at bottom of Baltic Sea.

De acordo com a reportagem as investigações estão em curso à cargo da empresa sueca Ocean Explorer, que vem utilizando a tecnologia do sonar para descobrir o quê realmente repousa no fundo do mar. Até agora, o tempo ruim, o caos de correntes revoltas na região e a falta de recursos não permitiram enviar uma equipe de mergulhadores, diretamente, ao local.


IMAGEM: Daily Mail|CNN


Todavia, há novidades sobre a descoberta. Não somente um mas, dois objetos não identificados foram descobertos há 60 metros de profundidade. Ambos com a forma discóide, distantes entre si cerca de 200 metros.

Especialistas, com base nos dados obtidos pelo sonar, descartam que os objetos possam ser restos de um naufrágio. Os objetos são descritos como cilindros; a forma de disco parece ser apenas parte dos volumes semi-enterrados no leito do mar. Possuem, ambos, diâmetro em torno de 400 metros. A imagem, obtida por sonar e a reconstituiçao da possível configuração de um dos discos é surpreendente (acima).

A reconstituição está provocando polêmicas especulações. A idéia mais óbvia é de que trata-se de uma nave espacial; outros acreditam que a formação pode ser algo diferente, como um portal para um "mundo interior". O Daily Mail usa a expressão Portal para o Inferno (a gateway to Hell), emprestada de declarações do próprio descobridor, Peter Lindberg.

Há também quem duvide das imagens, da precisão do sonar e subestimam o achado afirmando que, no passado, a mesma tecnologia já produziu confusões sensacionalistas. Os objetos podem ser meras formações rochosas, opinião, por exemplo, do chefe de Arqueologia do Sweden’s Maritime Museum (Museu Marítimo da Suécia), Andreas Olssons.



IMAGEM: Daily Mail|HandOut


A Ocean Explorer espera a calmaria das águas para deslindar a questão com o envio de uma missão tripulada ao fundo do golfo. A incerteza dificulta a captação de recursos para a pesquisa. Porém, a empresa não está parada, simplesmente - esperando financiamentos.

Seus próprios cientistas e técnicos criaram um submarino (acima) e esperam, com ele, vender pacotes para turistas e caçadores de tesouros que podem pagar para ver a descoberta. As perspectivas são animadoras. Afinal, com OVNI ou sem OVNI, o mar Báltico tem recompensado as buscas dos caçadores em vários casos. Estima-se que 100 mil objetos estão perdidos naquela área.

FONTES:
'It's either the Millennium Falcon or a gateway to hell': Shipwreck hunters find mysterious object at bottom of Baltic Sea
IN Daily Mail, publicado em 29/01/2012
[http://www.dailymail.co.uk/news/article-2093279/Shipwreck-hunters-mysterious-UFO-like-object-the-Baltic-Sea.html#ixzz1lAyzwcpY]
Treasure Hunters Discover Unidentified Objects Underwater
IN French Tribune, publicado em 02/01/2012
[http://frenchtribune.com/teneur/129175-treasure-hunters-discover-unidentified-objects-underwater]



2 comentários:

Docinho disse...

Também fiquei super curiosa pra saber do que se trata....

Anônimo disse...

se realmente for uma nave alienigena sera que o governo vai assumir a existencia de vida fora da terra.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...