quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

As Estranhas Esferas de Fogo do Céu de Fevereiro




COSMOLOGIA. Estranhas esferas de fogo apareceram no céu neste mês de fevereiro (2012). Não são - absolutamente - objetos desconhecidos pelos astrofísicos porém, corpos celestes semelhantes foram observados até então, somente no céu de Vênus. Ainda assim, já chamavam a atenção dos cientistas por sua aparência e trajetória incomuns. Não puderam ser identificados como meteoros, por exemplo.

O especialista em meteoros, professor de física da University of Western/Ontario - USA, Peter Brown explica: Essas esferas são [movimentam-se de forma] particularmente lentas e penetrantes. Elas atingem o topo da atmosfera [ou - quando penetram na atmosfera] a uma velocidade de 15 km por segundo, desaceleram rapidamente e (nos casos agoras observado na atmosfera da Terra) essa desaceleração foi registrada quando estão há 50 km da superfície do planeta.



EXPLOSÃO

A atividade dessas esferas começou em 1º de fevereiro (2012) quando um suposto meteoro apareceu na região central do estado do Texas (USA), em Dallas-Fort Worth. Uma testemunha, Daryn Morran relatou: Foi prolongado [o fenômeno], a coisa mais brilhante que eu já vi. Demorou cerca de 8 segundos para cruzar o céu e, então, começou a desacelerar. Foi quando explodiu, como uma bomba, como os fogos de artifício, com seus fragmentos cintilando.


Brilhante como a lua cheia, essa bola de fogo foi flagrada pelas câmeras da NASA instaladas no Novo México e de acordo com os cientistas da agência o objeto deveria ter em torno de uma dois metros de diâmetro.

O especialista do Escritório do Meio-ambiente de Meteoróides do NASA's Marshall Space Flight Center in Huntsville, Alabama - Bill Cooke confirmou: Este mês (fevereiro) algumas grandes rochas têm atingido a atmosfera da Terra, houve cinco ou seis ocorrências notáveis que podem ter sido meteoritos que caíram no território dos Estados Unidos.



ESTRANHAS FIREBALLS

A NASA's All-Sky Fireball Network, uma instalação de monitoramento que possui seis câmeras nos estados de Geórgia, Alabama, Novo México e
Tennessee confirma: cerca de seis desses objetos já foram fotografados. São lentos e seus tamanhos variam, de uma bola de basquete até a dimensão de um ônibus.

Bill Cooke, (citado acima) analiza as órbitas deste possíveis meteoros tão incomuns e concluiu alguns podem ser provenientes do chamado Belt Asteroid, uma formação deste sistema solar localizada entre Marte e Júpiter. Todavia, constatou que nem todos parecem vir daquela região do espaço e considera este fato intrigante.

Essas Bolas de Fogo de Fevereiro têm ocupado os astrônomos por décadas e a observação de sua existência remonta aos anos de 1960. Até hoje, a pesquisa sobre o assunto tem sido inconclusiva. Os cientistas não sabem porque o fenômeno manifesta-se sempre no mês de fevereiro.

FONTE: Slow-moving fireballs light up February skies.
IN MSNBC, publicado em 23/02/2012
[http://www.msnbc.msn.com/id/46505241/ns/technology_and_science-space/#.T04yXoEW5u5]


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...