sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Vulcanismo: O Despertar do Shinmoedake


Shinmoedake é um vulcão situado na ilha japonesa de Kyushu.
Sua idade idade é estimada em dezenas de milhares de anos.
É um vulcão ativo e suas erupções têm sido registradas desde
1716 até hoje.


JAPÃO – Em Kyushu, (cujo nome significa Nove Províncias), a terceira maior ilha do arquipélago japonês, o vulcão Shinmoedake, localizado no monte Kirishima, acordou, entrou em erupção ejetando rochas e aspergindo uma densa nuvem de cinzas por todo o sul do Japão. A fumaça tomou a atmosfera com uma camada de poeira vulcânica que, além de extensa, alcançou até um quilômetro e meio de altura.


Um relâmpago corta os céus abalados pela erupção
Shinmoedake. Demonstração de poder da Natureza.


Especialista da Agência de Vulcanologia, Sei Lijima explicou que a erupção não representa ameaça para as cidades próximas e, ao que tudo indica, uma erupção de maiores proporções não é iminente. Todavia, as autoridades estabeleceram um perímetro de segurança de dois quilômetros em torno do vulcão: Nunca se pode, realmente prever, quando uma erupção é iminente. O indicador geológico de um evento deste tipo é a constatação de que existe magma se movimento próximo à superfície, o que não acontece, neste momento, com o Shinmoedake.

O Shinmoedake faz parte de um complexo de 20 vulcões, todos situados no monte Kirishima. A erupção começou na madrugada, por volta da 7:30 da noite do dia 26 alcançando grande intensidade de emissão de fumaça no meio da tarde do dia 27 (janeiro, 2011). Embora seja freqüente a atividade moderada constante dos vulcões no monte Kirishima, esta é a maior erupção observada desde 1959.



Embora, oficialmente, o espaço aéreo acima da montanha tenha permanecido aberto neste dia 27, as companhias aéreas cancelaram vôos por falta de condições de visibilidade. O mesmo ocorreu nas estradas da região, que foram fechadas. A emissão de cinzas foi tão intensa que os trilhos da Japan Rail ficaram cobertos com densa camada do pó; as linhas foram canceladas.

Um pequeno centro de recepção de desalojados eventuais foi criado ainda durante a noite na cidade de Takaharu, sete milhas aleste de Kirishima. Gerente de Assuntos Gerais da Cidade, Yuji Nakashima ouviu alguns relatos. Moradores assustados disseram que suas janelas estavam chacoalhando e podia-se ouvir os sons dos rugidos da montanha.

FONTE: Lightning and fire: Japan on alert after volcano's biggest eruption in 50 years.
IN Daily Mail, UK - publicado em 27/01/2011.
[http://www.dailymail.co.uk/news/article-1351064/Japan-raises-alert-following-volcanos-biggest-eruption-50-years.html]



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...