sábado, 24 de julho de 2010

Sacrifícios Humanos na América Pré-Colombiana


Antropóloga-pesquisadora, Maria Del Pilar diante das
ruínas deuma edificação de pedra que está sendo
examinada na ilha de San Lorenzo, Peru. Foto: REUTERS


PERU – Quinta-feira, 23 de julho, 2010. Na costa norte, arqueólogos anunciaram a descoberta de um campo de sacrifícios humanos da época pré-colombiana, estrutura pertencente à cultura do povo chamado Moche, uma civilização agrícola que floresceu na região entre os anos 100 a.C. a 800 d.C..

A descoberta reforça teorias sobre uma cerimônia conhecida como A Apresentação. O diretordo Bruning Museum, no Peru e chefe das escavações, Carlos Wester La Torre, explica que o local foi utilizado para rituais de assassinato de prisioneiros de guerra. No chão do que seria o pátio da construção, foram fotografados mais de meia dúzia de esqueletos.

No principal ponto do sítio arqueolígico, no que restou de pirâmide, um corredor de 200 metros conduz a uma espécie de salão dotado de três pórticos e cinco tronos. Um mural que decora o corredor permite identificar as figuras de três sacerdotes ou membros de uma elite, muito possivelmente, aqueles que presidiam os sacrifícios.


FONTE: Evidence of human sacrifices found on Peru's northern coast.
IN Telegraph, UK – publicado em 23/10/2010
[http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/southamerica/peru/7905792/Evidence-of-human-sacrifices-found-on-Perus-northern-coast.html]




INCAS



Os sacrifícios humanos na América Pré-Colombiana, como de resto em algumas outras civilizações da Antiguidade, foram uma prática comum na cultura de diferentes povos do continente Sul e Centro-Americano. Em 2009, a 2 km da cidade costeira de Chiclayo, próximo à Tumba do Senhor de Sipán, um dos mais importantes entre os achados arqueológicos do século passado [século XX].

No sítio arqueológico, conhecido com campo de Chotuna-Chornancap, uma área de 235 acres, apesar dos arqueólogos encontrarem, com certa freqüência evidências de sacrifícios humanos, das culturas Inca e pré-Inca, é raro um achado de restos de 33 pessoas em um só lugar. Esses sacrifícios eram comuns na cultura Inca, que estava no auge pouco antes da chegada dos Espanhóis, entre os anos de 1400 e 1500.




Múmia de Chotuna-Chornancap


Carlos Webster, chefe das escavações informa: Muitos dos restos mortais pertencem a mulheres jovens, [vítimas que tinham] em torno de 15 anos de idade. Uma delas, ao que parece, estava grávida; no abdomen, foi encontrado um colar de ossos humanos, de um feto morto por volta dos 4 meses de gestação. A maioria dos corpos estava em boas condições: tecido da pele e cabelos bem preservados. Eles foram encontrados em uma área muito seca, enterrados a pouco mais de 2 metros de profundidade.

FONTE: Human sacrifice: Dozens of Incas killed in ritual found in Peru
IN Telegraph, UK – publicado em 04/06/2009
[http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/southamerica/peru/5447853/Human-sacrifice-Dozens-of-Incas-killed-in-ritual-found-in-Peru.html]



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...