quarta-feira, 23 de junho de 2010

A Música do Sol



Cientistas da University of Sheffield descobriram que o campo magnético da chamada coroa solar, que é a camada exterior da atmosfera do Sol, produz uma estranha harmonia musical. A descoberta pode ser o ponto de partida para o desenvolvimento de uma nova tecnologia que permita compreender a dinâmica do astro-rei e prever erupções, tempestades solares antes que elas aconteçam.

Este campo energético foi observado e configura-se em enorme laços magnéticos que vibram como cordas de um instrumento musical. Em outros casos, as curvas destes laços propagam-se como ondas sonoras de um instrumento de sopro. Usando imagens de satélite desses laços e curvas foi possível medir o comprimento das ondas, que podem chegar até 60 mil quilômetros de comprimento. Os cientistas também podem recriar o som das vibrações, traduzindo-os em ruídos e acelerando a freqüência tornando o fenômeno perceptível para audição humana.

O chefe do Solar Physics Research Group da Sheffield University, Prof. Robertur von Fay-Siebenbrgen, comentou: Foi estranhamente bonito eemocionante ouvir esses ruídos. É um tipo de música, como se tivesse uma harmonia. Isso [também] nos fornece uma nova maneira de aprender sobre o Sol, uma nova visão da Física do que acontece nas camadas externas do Sol onde as temperaturas alcançam milhões de graus.

Essas formações em ondas estão relacionadas com a produção das explosões [erupções] solares que arremessam partículas altamente carregadas [de energia] no espaço, configurando o fenômeno conhecido como clima espacial [deste sistema solar, um clima espacial cosmicamente regional, pode-se dizer].

Quando as erupções solares se intensificam, em gigantescas explosões, o clima espacial do nosso Sistema cósmico-planetário pode tornar-se extremamente hostil à vida na Terra, afetando muito especialmente a infra-estrutura da civilização globalizada, destruindo equipamentos eletrônicos, redes de energia, danos aos satélites; e na esfera ecológica, superaquecendo o clima terrestre.

Recentemente, [neste mês de junho, 2010], a NASA – Agência Espacial Norte Americana, alertou o mundo sobre a intensificação de atividades [vulcânicas, eruptivas, explosivas] na superfície do Sol; isso, depois de um prolongado período de baixaatividade. Hoje, o Sol parece estar em vias de emitir um volume de energias magnéticas sem precendentes. Segundo os cientista, esse em vias significa um pico de atividade solar que deve ocorrer em 2013.

Fay-Siebenbrgen espera que o estudo da música do sol proporcione um novo conhecimento da atividade solar permitindo prever erupções solares antes que elas aconteçam.

[Este editor, se não falha memória, lembra que parece que os cucarachas Maias andaram, justamente, ocupados em elaborar um calendário capaz de prever essas crises eruptivas do Sol. Recordemos algo sobre as Profecias Maias:


Os Maias são reconhecidos por seu avançado conhecimento de astronomia e pela precisão de seus diferentes calendários, como o calendário anual, solar, com 365 dias, chamado Haab. Outro destes calendários, o de 'Longa Contagem', foi desenvolvido para computar extensos períodos de tempo ou ciclos, de 5.125 anos.

Foi com base naquele calendário do longos ciclos que se estabeleceu a tradição da profecia maia do fim dos tempos. Os astrônomos desta singular cultura pré-colombiana previram para 2012 atividades cósmicas impactantes para o planeta Terra. Quando chegar esta época, o Sol deverá sofrer violentas tempestades emitindo poderosas chamas e partículas cuja potência alcançará este planeta azul causando o colapso de campos de campos magnéticos que certamente produzirão danos nos satélites e outros dispositivos eletrônicos [CABUS, in Morte Súbita].


Esperemos que certas músicas do Sol não sejam o prelúdio de grande tragédia... e Meditemos...]. LINK RELACIONADO: O Fim do Mundo Maia

FONTE: Scientists discover music in Sun!
IN Discoveryon publicado em 21/06/2010
[http://www.discoveryon.info/2010/06/scientists-discover-music-in-sun.html]



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...