quarta-feira, 16 de junho de 2010

Laos - O Mistério da Planície dos Jarros



LAOS – Neste país asiático localizado na região chamada Indochina, a planície de Xieng Khouang é conhecida como A Planície dos Jarros. O nome procede. Ali a paisagem é dominada por uma estranha coleção de gigantescos jarros de pedra; pedra constituída de arenito, granito e coral calcificados. O lugar também é chamado de Stonehenge asiática.

Mistério fascinante para arqueólogos e outros cientistas, o local foi descoberto no final dos anos de 1920. Os vasos pesam até 13 toneladas e têm entre 1 a 3 metros de altura. Foram datados em cerca de 200 anos a 300 anos passados e seu propósito é completemente desconhecido dos estudiosos. [Há quem diga que os jarros têm milênios de idade].

A arqueóloga francesa Madeleine Colani que estuda há algum tempo o enigma da planície acredita que esses megalitos foram confeccionados/modelados por uma civilização ou nação já extinta e que os jarros, possivelmente, foram usados como crematórios não se sabe exatamente de quê. A arqueóloga ainda chama a atenção para o fato deque os jarros estão dispostos segundo um padrão que segue uma antiga rota de comércio.

A Planície dos Jarros é bastante vasta porém nem todas as áreas são abertas ao público. Infelizmente, o sítio arqueológico, embora remoto, não escapou da guerra do Vietnã. Durante os anos de 1960 e 1970, o Laos foi o país mais bombardeado do mundo. Muitas das gigantescas peças foram danificadas. Crateras foram abertas na planície e, pior, muitas das bombas lançadas, não explodiram e são um perigo para visitantes, um perigo que só não é maior do que o das minas terrestres que também infestam, silenciosas e letais, enterradas, o subsolo da região.



Estima-se que existam mais de 250 mil dessas minas esperando para matar e mutilar. Os acidentes acontecem quase que semanalmente. É curioso como avançam as técnicas e os fantásticos meios para fazer guerra enquanto, a passos de tartaruga, a ciência e a tecnologia não encontraram até agora um meio eficiente de acabar com essa praga das minas terrestres que assombra tantos países há tantas décadas.

A ciência, eficaz para matar mostra-se irresponsável, desleixada, incapaz! incompetente! na missão de resgatar seus erros, de corrigir suas péssimas idéias e evitar que mais pessoas sejam vitimadas pelas conseqüências das políticas bélicas maldosas e burras, como essas, de transformar a terra em campos de morte com essa maldição que são as minas terrestres. Meditemos...



FONTE: The Asian Stonehenge: The Mysterious Plain of Jars
IN Asia Weird News – publicado em 09/06/2010
[http://www.weirdasianews.com/2010/06/09/asian-stonehenge-mysterious-plain-jars/]




Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...