quinta-feira, 7 de maio de 2009

Bruxaria no Terceiro Milênio



O imperador Bokassa [assim proclamado por ele mesmo] tinha um trono digno de carro alegórico de escola de samba. Governou a República Centro Africana entre 1976 e 1979, quando foi deposto. Julgado em seu país, foi condenado à morte mas escapou da pena porque estava exilado em Paris.

As acusações contra ele eram macabras: além de traição e apropriação indébita de verbas do governo [ladrão mesmo], o desgraçado era assassino e canibal! Apesar de ter voltado ao país, de ter sido preso e novamente condenado, valendo-se de manobras políticas, corrupção, conseguiu comutações e reduções de pena. No fim foi anistiado. Este filho da ignorância teve 17 esposas e mais de 50 filhos. Enfim, esticou as canelas em 1996: ataque cardíaco.


Neste final da primeira década do Século XXI, o mundo assiste ao declínio da Igreja Católica, pela evasão de fiéis; enquanto isso, crescem os evangélicos curandeiros e outras linhas de religiosidade espantosamente primitivas. O cientista político russo Sergey Mikheyev estuda o fortalecimento da tradições pagãs nos dias atuais.


O revival ocultista é óbvio. Esta relacionado, em primeiro lugar à crise das religiões tradicionais do Ocidente. Depois de ter-se estabelecido como referência de poder espiritual em todo o planeta, as Igrejas cristãs, [especialmente a Católica-Vaticano] sofre, hoje, de um esvaziamento de valores [uma perda de credibilidade] justamente porque [sendo Cristã, distanciou-se do Cristianismo]. Norte-americanos e europeus que romperam com cristianismo voltam-se, então, para tradições de outras culturas [e/ou tradições antigas, ancestrais] sem refletir sobre a natureza dessas tradições.

A tendência do ocultismo [popular, exotérico, a bruxaria] é se espalhar por todo o mundo e setornar um elemento da cultura de massa [ou cultura popular mundial]. Talvez na América e na Europa isso permaneça em uma esfera superficial porém na África, o atavismo pagão pode ser muito forte Lembremos de Jean-Bedel Bokassa [1921-1976], que governou a República Centro-Africana entre as décadas de 1960 e 1970; esta criatura simplesmente comeu seus oponentes e mais um tanto de gente simplesmente porque apreciava o quitute.

Meditemos...


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...